milan milan milan milan-brasil milan milan milan

Informações para os Torcedores do Milan no Brasil

www.milanbrasil.com.br

Este site é mantido por dois italianos, torcedores do MILAN, que vivem no Brasil, no Vale do Paraíba. É endereçado aos torcedores e admiradores deste grande time italiano, fornecendo-lhes as últimas notícias sobre o Campeonato Italiano, a Champions League, a Copa Itália, o Mundial de Clubes, a Copa UEFA, a Eurocopa e as Supercopas Européia e Italiana.

Últimos resultados do Milan

Sábado, 18 Março 2017, MILAN  1 X 0  GENOA

Domingo, 2 Abril 2017, PESCARA  1 X 1  MILAN

Domingo, 9 Abril 2017, MILAN  4 X 0  PALERMO

Sábado, 15 Abril 2017, INTER  2 X 2  MILAN

Domingo, 23 Abril 2017, MILAN  1 X 2  EMPOLI

Domingo, 30 Abril 2017, CROTONE  1 X 1  MILAN

Domingo, 7 Maio 2017, MILAN  1 X 4  ROMA

Sábado, 13 Maio 2017, ATALANTA  1 X 1  MILAN

Domingo, 21 Maio 2017, MILAN  3 X 0  BOLOGNA

Deulofeu Romagnoli Honda Montolivo Pasalic


NOTÍCIAS DE FUTEBOL

Muntari

5 Maio 2017. A Federação Italiana de Futebol revoga a suspensão de Muntari.

No domingo 30 de Abril o ex-jogador do Milan Sulley Muntari foi alvo de insultos racistas durante a partida Cagliari-Pescara e o árbitro Daniele Minelli se recusou a atender o pedido do jogador para que o jogo fosse paralisado com a intenção de conter os abusos. Pior, o árbitro mostrou cartão amarelo ao jogador que deixou o campo de jogo, em forma de protesto.
Na terça-feira 2 de Maio este caso foi julgado pelo Tribunal da Liga Italiana de Futebol e Muntari foi punido com um jogo de suspensão.
Mas, nesta sexta-feira, após a forte repercussão negativa no mundo inteiro, o Tribunal resolveu recuar e revogou a suspensão do jogador. Assim, ele estará à disposição do técnico Zeman para o confronto do fim de semana contra o Crotone.

Muntari

2 Maio 2017. Muntari é suspenso e o Cagliari não é punido.

A ONU defendeu Sulley Muntari, a FIFPro (Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol) também apoiou o ganês, e o Cônsul de Gana na Itália visitou o atleta do Pescara. Nada disso foi suficiente para sensibilizar o tribunal da Liga Italiana de futebol. Expulso no jogo contra o Cagliari no último domingo após reclamar de gritos racistas e abandonar o gramado, o ex-jogador do Milan teve a suspensão de um jogo mantida no julgamento desta terça-feira. Pior, o tribunal decidiu não punir a torcida do Cagliari.
A alegação do tribunal para não punir o Cagliari foi a quantidade de torcedores que protagonizaram os gritos racistas. De acordo com os relatórios, os cantos eram realizados por cerca de 10 torcedores, o que corresponderia a menos de 1% do público no estádio.
A decisão vai na contramão da repercussão do caso. O Cônsul de Gana foi ao treino do Pescara para manifestar solidariedade a Muntari. O Alto Comissário da ONU para os Direitos Humanos elogiou o jogador e pediu mais atenção com a questão do racismo no futebol. A FIFPro também se manifestou sobre o assunto, defendendo Muntari e pedindo que as autoridades italianas ouvissem a versão do atleta e retirassem a suspensão.

Muntari

30 Abril 2017. Alvo de racismo, Muntari abandona o campo após árbitro se recusar a parar o jogo.

Mais um triste episódio de racismo aconteceu no futebol italiano. Neste domingo, durante a partida entre Cagliari e Pescara, no estádio Sant'Elia, na Sardenha, o veterano meio-campista Sulley Muntari foi alvo de insultos racistas por parte dos torcedores do Cagliari. E não foram apenas as ofensas que incomodaram o ganês. O árbitro Daniele Minelli se recusou a atender o pedido do jogador para que o jogo fosse paralisado com a intenção de conter os abusos. Pior, Daniele Minelli ainda mostrou o cartão amarelo ao jogador.
Furioso e inconformado, Muntari abandonou o campo e deixou o Pescara com um jogador a menos na parte final da partida. Após a partida, Muntari comentou o caso e reiterou sua insatisfação com o árbitro dizendo que Minelli deveria ajudá-lo a combater o problema e não puni-lo por isso.
Os casos de racismo são recorrentes na Itália, principalmente nas divisões inferiores do futebol e, normalmente, as punições são leves.

Fabregas

18 Abril 2017. Quem reforçará o Milan na próxima temporada? Luiz Gustavo? Fabregas? Morata?

Adquirido pelo investidor chinês Yonghong Li na semana passada, o Milan promete movimentar o próximo mercado de transferências. Agora com dinheiro em caixa para investir em grandes contratações, a nova direção do clube já começa a se mexer buscando reforçar o elenco do técnico Vincenzo Montella.
Segundo a imprensa italiana, o primeiro nome que surgiu foi o de Luiz Gustavo, volante do Wolfsburg da Alemanha, que recentemente conquistou a cidadania alemã. Luiz Gustavo tem contrato com o Wolfsburg até Junho de 2018.
Outro nome é o do espanhol Cesc Fabregas (na foto), de 29 anos, meio-campista do Chelsea. Os novos donos do Milan apostam em Fabregas para liderar a restruturação do time. Nesta temporada ele perdeu espaço no Chelsea de Antonio Conte, onde começou como titular em apenas nove partidas da Premier League.
Enfim, o jornal italiano La Repubblica informou que o atacante Morata, do Real Madrid, é o sonho da nova diretoria do Milan. Ele já jogou na Itália, na Juventus, de 2014 a 2016.

Yonghong Li

14 Abril 2117. Toma posse o novo Conselho de Administração do Milan.

Tomou posse nesta sexta-feira o novo Conselho de Administração do Milan composto por oito membros divididos exatamente a metade entre chineses e italianos. Os quatro chineses são o dono e presidente Yonghong Li (na foto), o seu braço direito Han Li, Bo Lu e Renshau Xu. Os quatro italianos são o administrador delegado Marco Fassone, Roberto Capelli, Marco Patuano e Paolo Scaroni.
Em entrevista coletiva na sede do clube, o novo presidente Yonghong Li e o novo administrador delegado Marco Fassone falaram sobre as expectativas para o futuro.
Yonghong Li disse: "Temos uma grande responsabilidade. Fassone irá desenvolver o trabalho para construir o Milan do futuro, ele é o melhor candidato para ser o administrador delegado do futuro. Com sua orientação em gestão, o Milan será sempre melhor. Temos de ser competitivos no mundo".
Em seguida falou Marco Fassone: "A ideia é retornar o mais rápido possível à Champions League. A nossa ausência dessa competição é muito longa. O objetivo é participar já na temporada 2018/19. Com relação a Donnarumma, posso confirmar que há toda vontade de resolver o mais rápido possível essa questão, fazendo dele uma coluna para o futuro".

Han Li, Berlusconi, Yonghong Li

13 Abril 2017. A venda do Milan aos chineses é finalizada.

Silvio Berlusconi, enfim, finalizou a venda do Milan aos chineses, representados pelo grupo Rossoneri Sport Investment com sede no Luxemburgo. O negócio foi concluído nesta quinta-feira no valor de 740 milhões de euros, incluindo 220 milhões de dívidas.
Com a venda concretizada, o Milan é mais um grande clube italiano que agora pertence aos chineses. No ano passado, a Inter também foi adquirida por um grupo de investimento da China.
Berlusconi encerra assim uma era de 31 anos à frente do Milan. Sob o seu comando, o time conquistou nada mais, nada menos que 29 títulos: 5 Champions Leagues, 3 Mundiais de Clubes, 8 Campeonatos Italianos, 5 Supercopas Europeias, 7 Supercopas Italianas e uma Copa da Itália.
A compra do clube pelos chineses também reacende a esperança dos torcedores milanistas em ter um time competitivo para brigar novamente pelas principais competições.

Izzo

12 Abril 2017. O jogador Izzo é suspenso por 18 meses.

A Federação Italiana de Futebol suspendeu nesta quarta-feira o zagueiro do Genoa Armando Izzo por 18 meses, por não ter denunciado tentativas de forjar resultados na temporada de 2013-14, quando jogava no Avellino, time da segunda divisão italiana. Izzo recebeu também uma multa de 50 mil euros e começará a cumprir a suspensão já a partir do próximo sábado, quando o Genoa receberá a Lazio. Por outro lado, o Avellino recebeu uma penalização de três pontos.
Tudo começou em 2016 quando a Polícia Italiana prendeu dez integrantes da máfia napolitana, a Camorra, após descobrir que eles tinham manipulado o resultado de pelo menos duas partidas do Avellino em maio de 2014: Modena 1 X 0 Avellino e Avellino 3 X 0 Reggina.
O meio-campista do Avellino Millesi era o responsável pelo contato com o mafioso Accurso que oferecia grandes quantidades de dinheiro aos jogadores para que participassem do esquema. O mafioso Accurso está preso e Millesi já foi banido do futebol por cinco anos.

Clique aqui para ler mais notícias de futebol de 2017, 2016, 2015, 2014, 2013, 2012, 2011, 2010, 2009, 2008, 2007, 2006, 2005 e 2004.


Veja os quizes e os bolões organizados até agora por este site.


Valid XHTML 1.1!   Valid CSS!
eXTReMe Tracker