milan milan milan milan-brasil milan milan milan

ÚLTIMOS JOGOS DO MILAN


26ª rodada, Domingo 25 Fevereiro 2018, ROMA  0 X 2  MILAN

Marcadores: Cutrone aos 3 st e Calabria aos 28 st.

.

Escalação do Milan (4-3-3)
Donnarumma
Calabria, Bonucci, Romagnoli, Rodriguez
Kessié, Biglia, Bonaventura (Montolivo)
Suso (Borini), Cutrone (Kalinic), Çalhanoglu


25ª rodada, Domingo 18 Fevereiro 2018, MILAN  1 X 0  SAMPDORIA

Marcador: Bonaventura aos 14 pt.

A torcida do Milan ficou satisfeita com o desempenho de seu time que, neste domingo, derrotou a Sampdoria por 1 a 0, no estádio San Siro, com um gol de Bonaventura, aos 14 minutos do primeiro tempo, após cruzamento da direita de Calabria.
Com esta vitória o Milan alcançou a mesma Sampdoria no 6º lugar da classificação. Trata-se do sétimo jogo seguido do Milan sem perder (5 vitórias e 2 empates).
O Milan foi superior à Sampdoria durante todo o jogo e poderia ter feito mais gols. De fato:
- aos 7 pt, o lateral-esquerdo Ricardo Rodriguez perdeu um pênalti. O jogador suíço bateu no lado esquerdo do goleiro Viviano que adivinhou o canto e defendeu.
- aos 44 pt, o zagueiro e capitão do Milan, Leonardo Bonucci, estufou as redes após cruzamento de Çalhanoglu, mas o juiz Doveri não convalidou após consultar a VAR. Bonucci estava impedido.
- aos 7 st, Çalhanoglu acertou o travessão em chute de fora da área.

Escalação do Milan (4-3-3)
Donnarumma
Calabria, Bonucci, Romagnoli, Rodriguez
Montolivo (Locatelli), Biglia, Bonaventura
Suso, Cutrone (André Silva), Çalhanoglu


24ª rodada, Sábado 10 Fevereiro 2018, SPAL  0 X 4  MILAN

Marcadores: Cutrone aos 2 pt e aos 20 st, Biglia aos 28 st e Borini aos 45 st.

Neste sábado, na cidade de Ferrara, o Milan não tomou conhecimento da Spal que foi goleada por 4 a 0. Com esta vitória, o Milan subiu para a 7ª posição na classificação.
O Milan passou em vantagem logo aos 2 minutos quando Cutrone aproveitou rebote do goleiro Meret e chutou para o fundo das redes. Com isso, a Spal que pretendia jogar nos contra-ataques, teve que mudar seu estilo de jogo e partir para cima do Milan, que por sua vez se defendia com muita segurança e buscava atacar com rapidez quando tinha a bola em sua posse.
A Spal, aos poucos, ganhava terreno e ia chegando ao ataque com mais confiança e, no fim do primeiro tempo, teve a chance de empatar com Viviani, em cobrança de falta, mas a bola bateu no poste e saiu.
No segundo tempo, a Spal foi ficando sem ideias e o Milan chegou ao segundo gol aos 20 minutos quando Suso fez grande jogada e chutou para o gol. Meret rebateu, a bola bateu em Cutrone, no poste, em Cutrone novamente e entrou para o fundo das redes. Um gol bastante "chorado", mas que deu muita tranquilidade ao Milan que pôde controlar a partida do jeito que quis.
O Milan marcou mais dois gols, com Biglia aos 28 minutos e Borini aos 45 minutos.

Escalação do Milan (4-3-3)
Donnarumma
Abate, Bonucci, Romagnoli, Rodriguez
Kessié (Borini), Biglia (Montolivo), Bonaventura
Suso, Cutrone (André Silva), Çalhanoglu


23ª rodada, Domingo 4 Fevereiro 2018, UDINESE  1 X 1  MILAN

Marcadores: Suso aos 9 pt e gol-contra de Donnarumma aos 30 st.

O Milan iniciou a partida com um futebol ofensivo e passou em vantagem aos 8 minutos com um golaço de Suso. A trama do gol se iniciou com Kessié que tocou para Suso. O espanhol ajeitou a bola e, de uma distância de 30 metros, mandou de pé esquerdo um chutaço no ângulo do goleiro. A bola ainda tocou no travessão antes de entrar (0 a 1).
Depois disso, a Udinese avançou um pouco as suas linhas e passou a atacar mais. O Milan continuou controlando a partida e parecia que conseguiria defender a vitória até o fim. Mas, na metade do segundo tempo, Calabria recebeu ingenuamente o segundo cartão amarelo e foi expulso deixando o seu time em inferioridade numérica.
A partir daí a Udinese se jogou para o ataque impulsionada pela sua torcida e, aos 30minutos, Lasagna cruzou na área. A bola bateu em Bonucci, depois em Donnarumma, e entrou para o fundo das redes (1 a 1).
O gol do empate teve o efeito inverso na Udinese que, ao invés de pressionar ainda mais pela virada, se contentou em empatar a partida. Foi a quinta partida seguida sem perder para o Milan que caiu para a 8ª posição na classificação do Campeonato Italiano.

Escalação do Milan (4-3-3)
Donnarumma
Abate, Bonucci, Romagnoli, Calabria
Kessié, Biglia, Bonaventura (Antonelli)
Suso, André Silva (Kalinic), Çalhanoglu (Borini)


22ª rodada, Domingo 28 Janeiro 2018, MILAN  2 X 1  LAZIO

Marcadores: Cutrone aos 15 pt, Marusic aos 20 pt e Bonaventura aos 44 pt.

O Milan abriu o placar aos 15 minutos do primeiro tempo com um polêmico gol de Cutrone. Çalhanoglu cobrou falta para a área adversária e o jovem atacante tentou cabecear, mas acabou desviando com o braço para o gol. A VAR falhou porque se limitou a verificar se Cutrone estivesse impedido no momento da cobrança da falta e não analisou como o jogador marcou o gol. Tudo mundo achou que Cutrone tivesse marcado de cabeça e o juiz confirmou o 1 a 0 para o Milan.
A Lazio reagiu rapidamente e empatou cinco minutos depois com Marusic que driblou Antonelli e bateu no canto direito de Donnarumma (1 a 1). Mas o Milan conseguiu retornar em vantagem no placar antes do intervalo. Aos 44 minutos, Calabria cruzou da direita para Bonaventura cabecear livre na área para fazer 2 a 1.
No segundo tempo, a Lazio buscou o empate, mas o Milan se esforçou para segurar a vitória até o fim. Trata-se da terceira vitória seguida do Milan que permaneceu na 7ª posição da classificação.

Escalação do Milan (4-3-3)
Donnarumma
Calabria, Bonucci, Romagnoli, Antonelli (Abate)
Kessié, Biglia, Bonaventura
Suso (Borini), Cutrone (André Silva), Çalhanoglu


21ª rodada, Domingo 21 Janeiro 2018, CAGLIARI  1 X 2  MILAN

Marcadores: Barella aos 8 pt, Kessié de pênalti aos 35 pt e Kessié aos 42 pt.

O Milan começou o jogo tomando a iniciativa das ações ofensivas, mas foi surpreendido logo aos 8 minutos. O jovem Barella recebeu a bola pelo lado esquerdo do ataque do Cagliari, invadiu a área e chutou no canto, Donnarumma foi para a bola, mas errou o tempo e não impediu o gol. Foi um frango!
O Cagliari quase aumentou o placar aos 29 minutos quando, após boa trama ofensiva, Diego Farias chutou para o gol. Mas, desta vez, Donnarumma fez defesa milagrosa defendendo com os pés. No rebote, a defesa afastou.
O Milan conseguiu empatar aos 35 minutos. Kalinic recebeu na área e foi derrubado, pênalti para o Milan. Na cobrança, Kessié bateu com muita categoria e igualou o marcador.
Não contente com o empate, o time dirigido por Gattuso seguiu pressionando o Cagliari e virou aos 42 minutos. Kalinic inteligentemente tocou para trás para Kessié que completou para o fundo das redes, marcando seu segundo gol no jogo.
Na segunda etapa, o Milan conseguiu acalmar o ímpeto do Cagliari que tentava o gol do empate e ganhou três pontos muito importantes para a classificação. De fato, o Milan subiu para a 7ª posição.

Escalação do Milan (4-3-3)
Donnarumma
Calabria, Bonucci, Romagnoli, Rodriguez
Kessié (Borini), Biglia, Bonaventura (Locatelli)
Suso (Abate), Kalinic, Çalhanoglu


20ª rodada, Sábado 6 Janeiro 2018, MILAN  1 X 0  CROTONE

Marcador: Bonucci aos 9 st.

O Milan dominou por completo o primeiro tempo, mas não conseguiu abrir o placar. Os comandados de Gattuso martelaram a meta do goleiro Cordaz que fez defesas milagrosas. A melhor oportunidade do Milan veio aos 42 minutos: Suso cruzou para a área, ninguém desviou, e Cordaz conseguiu dar um leve toque na bola que bateu no poste.
O Milan manteve o controle do jogo no segundo tempo e abriu o placar aos 9 minutos. Çalhanoglu cobrou escanteio, Cordaz saiu mal do gol, a bola bateu em Bonucci e entrou. Foi o primeiro gol do zagueiro usando a camisa do Milan.
Em seguida, o Milan fez mais um gol com Kessié, mas o juiz Maresca anulou após consultar a VAR: o mesmo Kessié tinha feito uma falta em um adversário.
Após esta vitória o Milan subiu para a 8ª posição na classificação. Está com 28 pontos junto com Fiorentina, Torino e Udinese (que está com um jogo a menos).

Escalação do Milan (4-3-3)
Donnarumma
Calabria, Bonucci, Romagnoli, Rodriguez
Kessié (Locatelli), Biglia, Bonaventura
Suso, Cutrone (Kalinic), Çalhanoglu


19ª rodada, Sábado 30 Dezembro 2017, FIORENTINA  1 X 1  MILAN

Marcadores: Simeone aos 26 st e Çalhanoglu aos 29 st.

O Milan jogou contra a Fiorentina apenas 3 dias após ter disputado o dérbi contra a Inter, válido para as quartas-de-final da Copa Itália. O Milan conseguiu derrotar a Inter e se classificou para as Semifinais após 120 minutos de jogo.
Milan e Fiorentina fizeram um primeiro tempo fraco e os gols ficaram para a etapa final. Aos 26 minutos, Biraghi recebeu a bola sozinho na esquerda e cruzou na cabeça de Simeone, que mandou para o fundo do gol, fazendo 1 a 0 para a Fiorentina. A resposta do Milan veio logo em seguida. Em rebote do goleiro Sportiello, após chute de Suso, Calhanoglu aproveitou na pequena área e igualou o placar.
Com este empate, o Milan perdeu uma posição na classificação do Campeonato Italiano. Agora ocupa o 10º lugar.

Escalação do Milan (4-3-3)
Donnarumma
Calabria, Bonucci, Romagnoli, Rodriguez
Kessié (Locatelli), Montolivo, Bonaventura (André Silva)
Suso, Cutrone, Borini (Çalhanoglu)


18ª rodada, Sábado 23 Dezembro 2017, MILAN  0 X 2  ATALANTA

Marcadores: Cristante aos 32 pt e Ilicic aos 26 st.

Jogando um futebol pobre, o Milan perdeu para a Atalanta, neste sábado, por 2 a 0, em Milão, e caiu para a 9ª posição da tabela.
O Milan realizou um primeiro tempo fraco. Até teve mais presença no ataque durante os 20 minutos iniciais, mas era ineficiente. Além disso, a equipe sentia falta do suspenso Suso, um dos principais nomes do time. Aos 13 minutos, Bonaventura chegou a colocar a bola para dentro, mas, com o auxílio da VAR, o juiz Fabbri anulou o gol porque antes a bola tinha batido em um braço de Cutrone.
Mais organizada e melhor na partida, a Atalanta abriu o placar aos 32 minutos. Após falta cobrada na área, o goleiro Donnarumma não conseguiu segurar a bola e Cristante – cria das categorias de base do Milan – aproveitou o rebote e empurrou para as redes.
No segundo tempo, o Milan subiu de produtividade, porém ainda assim não conseguia gerar boas chances de gol e a Atalanta aproveitou para fazer o segundo gol. Em rápido contra-ataque, aos 26 minutos, o esloveno Ilicic aproveitou passe preciso de Spinazzola e tocou na saída de Donnarumma que nada pôde fazer.
O Milan amargou assim mais uma derrota, a oitava, nesta temporada e saiu do campo vaiado pelos torcedores.

Escalação do Milan (4-3-3)
Donnarumma
Abate, Musacchio, Bonucci, Rodriguez
Kessié, Montolivo (Biglia), Bonaventura (Çalhanoglu)
Borini, Kalinic (André Silva), Cutrone


17ª rodada, Domingo 17 Dezembro 2017, VERONA  3 X 0  MILAN

Marcadores: Caracciolo aos 24 pt, Kean aos 10 st e Bessa aos 32 st.

Após vencer sem dificuldades o Verona na última quarta-feira pelas oitavas-de-final da Copa Itália, o Milan foi surpreendido pelo mesmo Verona neste domingo pelo Campeonato Italiano e "levou o troco", sendo derrotado por 3 a 0.
O Milan impôs o ritmo da partida desde o início, mas não conseguia levar perigo ao gol adversário nem converter a boa atuação em gols. O Verona começou a se soltar em campo e, aos 24 minutos, abriu o placar com Caracciolo em cobrança de escanteio.
Logo na volta do intervalo, aos 10 minutos, o Milan foi surpreendido mais uma vez. Em falha da defesa milanista, Kean recebeu passe em profundidade e finalizou no canto direito de Donnarumma, ampliando a vantagem no marcador. O terceiro gol do Verona foi marcado por Bessa, aos 32 minutos, em ação de contra-ataque.
O juiz Orsato utilizou a VAR duas vezes durante a partida. A primeira vez para dar cartão amarelo a Borini. A segunda para expulsar Suso.
Apesar da derrota o Milan permaneceu na 7ª posição da classificação, com 24 pontos, junto com a Atalanta.

Escalação do Milan (4-3-3)
Donnarumma
Calabria, Bonucci, Romagnoli, Rodriguez (Cutrone)
Kessié, Montolivo (Locatelli), Bonaventura
Suso, Kalinic (André Silva), Borini


16ª rodada, Domingo 10 Dezembro 2017, MILAN  2 X 1  BOLOGNA

Marcadores: Bonaventura aos 10 pt, Verdi aos 23 pt e Bonaventura aos 30 st.

Nesta partida contra o Bologna, o treinador Gattuso abandonou os esquemas 3-5-2, 3-4-1-2 e 3-4-2-1 introduzidos por Montella e voltou ao esquema 4-3-3. Parece que esta mudança deu certo porque Gattuso obteve a sua primeira vitória como técnico dos rubro-negros.
O Milan começou a partida dando a entender que faria um jogo avassalador e, pressionando desde o começo, abriu o placar aos 10 minutos quando Abate lançou em direção à área, Kalinic desviu para trás de cabeça e a bola sobrou limpa para Bonaventura. O meio-campista acertou um chute de primeira, que ainda desviou em um defensor do Bologna e foi parar no fundo da rede.
O Milan continuou mantendo a posse de bola e praticamente não dava espaços aos adversários, mas, na primeira chegada com mais perigo, o Bologna empatou: Destro não encontrou dificuldades para driblar Musacchio e rolar para trás. Verdi teve tranquilidade e tempo para dominar e colocar no ângulo de Donnarumma.
Na volta do intervalo, o Milan começou a apostar nas bolas aéreas e assim conseguiu o segundo gol aos 30 minutos. Borini levantou para a área e encontrou Bonaventura que subiu bonito e cabeceou para marcar o segundo dele no jogo.
O Milan segurou o resultado de forma inteligente por mais 15 minutos e garantiu mais três pontos na tabela. Na classificação, o Milan permaneceu na 7ª posição.

Escalação do Milan (4-3-3)
Donnarumma
Abate (Cutrone), Musacchio, Bonucci, Rodriguez
Kessié, Montolivo, Bonaventura
Suso, Kalinic (André Silva), Borini (Calabria)


15ª rodada, Domingo 3 Dezembro 2017, BENEVENTO  2 X 2  MILAN

Marcadores: Bonaventura aos 37 pt, Puscas aos 5 st, Kalinic aos 12 st e Brignoli aos 50 st.

Esta foi a primeira partida de Gattuso como treinador do Milan e ele não poderia esperar um adversário mais fácil. O recém-promovido Benevento ocupava a última posição na classificação com zero pontos (14 derrotas em 14 jogos), tinha o pior ataque com 6 gols marcados e a pior defesa com 34 gols sofridos.
Quando faltavam 15 minutos para acabar o jogo, o Milan conduzia por 2 a 1, gols de Bonaventura, Puscas e Kalinic, e os três pontos pareciam assegurados. Mas ...
Aos 30 minutos, Romagnoli foi expulso após receber o segundo cartão amarelo deixando o Milan em inferioridade numérica. Com um a mais em campo, o Benevento foi para cima, buscando o seu primeiro ponto na Série A e, aos 50 minutos, no último minuto dos acréscimos, em cobrança de falta, o goleiro Brignoli foi para a área e, com bela cabeceada, empatou o jogo e se tornou o herói da partida, para a festa da torcida no estádio Ciro Vigorito.
É a primeira vez que o Milan, na sua história centenária, sofre um gol marcado pelo goleiro adversário! O Milan continua na 7ª posição na classificação.

Escalação do Milan (3-4-3)
Donnarumma
Musacchio, Bonucci, Romagnoli
Borini (Abate), Kessié, Montolivo (Biglia), Rodriguez
Suso (Zapata), Kalinic, Bonaventura


14ª rodada, Domingo 26 Novembro 2017, MILAN  0 X 0  TORINO

O Milan lutou, criou e dominou as ações, mas saiu do estádio San Siro com um empate frustrante porque os seus atacantes erraram nas finalizações e o goleiro do Torino, Sirigu, fez defesas milagrosas. Após este empate o Milan permaneceu na 7ª posição da classificação com 20 pontos, junto com Bologna e Chievo. As principais chances de gol do Milan foram:
- Aos 5 pt, Kalinic recebeu livre na área e teve nos pés grande chance de abrir o marcador, mas sua finalização bateu na trave de Sirigu e saiu.
- Aos 9 pt, em belíssima cobrança de falta de Suso, o goleiro do Torino fez incrível defesa.
- Aos 23 pt, Zapata descolou cruzamento perfeito para André Silva, mas o atacante português não conseguiu direcionar bem a finalização.
- Aos 6 st, Bonucci arrancou do campo de defesa, fez bela tabela com Suso mas chutou na rede pelo lado de fora.
- Aos 22 st, Kalinic teve duas chances claras consecutivas, mas parou em dois milagres de Sirigu.
- Aos 47 st, Çalhanoglu chutou de dentro da área, mas Sirigu conseguiu espalmar para cima do travessão.

Escalação do Milan (3-4-1-2)
Donnarumma
Zapata, Bonucci, Romagnoli
Bonaventura (Çalhanoglu), Kessié, Montolivo, Rodriguez
Suso
André Silva, Kalinic (Cutrone)


13ª rodada, Sábado 18 Novembro 2017, NAPOLI  2 X 1  MILAN

Marcadores: Insigne aos 33 pt, Zielinski aos 28 st e Romagnoli aos 47 st.

Atuando diante de sua torcida, o Napoli derrotou o Milan com o placar de 2 a 1. O primeiro gol do Napoli saiu aos 33 minutos do primeiro tempo quando o ítalo-brasileiro Jorginho fez ótimo lançamento para Insigne que saiu livre na cara de Donnarumma para fazer 1 a 0. O bandeirinha tinha indicado impedimento, mas o juiz Doveri convalidou o gol após consultar a VAR que mostrou que a posição do atacante napolitano era regular. Romagnoli estava alguns centímetros na frente.
O segundo gol do Napoli veio aos 28 minutos do segundo tempo quando a defesa do Milan errou novamente na linha de impedimento. Em mais uma enfiada de bola, desta vez de Mertens, Zielinski pegou a zaga milanista desguarnecida e mandou por entre as pernas de Donnarumma. O Milan, de qualquer maneira, continuou acreditando e descontou aos 47 minutos, em bomba de Romagnoli do meio da rua.
Apesar da derrota o Milan continua na 7ª posição da classificação. Deve-se notar que o Milan já foi derrotado por todos os times que ocupam as 6 primeiras posições: 0 a 2 com a Sampdoria, 1 a 4 com a Lazio, 0 a 2 com a Roma, 2 a 3 no dérbi, 0 a 2 com a Juventus e, no fim, 1 a 2 com o Napoli.

Escalação do Milan (3-4-2-1)
Donnarumma
Musacchio, Bonucci, Romagnoli
Borini (Abate), Kessié, Montolivo (Biglia), Bonaventura
Suso (André Silva), Locatelli
Kalinic


12ª rodada, Domingo 5 Novembro 2017, SASSUOLO  0 X 2  MILAN

Marcadores: Romagnoli aos 39 pt e Suso aos 22 st.

Neste domingo, o Milan venceu fora de casa o Sassuolo, pelo placar de 2 a 0, e deu um importante passo para afastar a má fase que vinha assolando o time no último período: somente 4 pontos em 6 partidas.
O primeiro gol do Milan saiu aos 39 minutos da etapa inicial. Depois de cobrança ensaiada de tiro de canto, o turco Çalhanoglu cruzou com precisão na cabeça de Romagnoli que se antecipou ao goleiro Consigli e cabeceou para o fundo das redes, abrindo o placar.
No segundo tempo, Suso marcou o segundo gol e decretou a vitória de sua equipe. Borini lançou o espanhol em profundidade pela lateral direita do campo. Suso fez bela jogada individual, carregou a bola, limpou o defensor e bateu para o gol. O goleiro Consigli não conseguiu evitar o gol.
O Milan continua na 7ª colocação na tabela de classificação, com 19 pontos.

Escalação do Milan (3-4-2-1)
Donnarumma
Zapata, Bonucci, Romagnoli
Calabria (Abate), Kessié, Montolivo, Borini (Antonelli)
Suso, Çalhanoglu (Locatelli)
Kalinic


11ª rodada, Sábado 28 Outubro 2017, MILAN  0 X 2  JUVENTUS

Marcadores: Higuain aos 23 pt e aos 18 st.

A Juventus foi superior e, com dois gols do argentino Higuain, derrotou o Milan em pleno estádio San Siro. Apesar da derrota, o Milan continua na 7ª posição no Campeonato Italiano, mas a quarta posição, que garante a participação na Champions League, agora está distante 12 pontos!
O primeiro gol da Juventus foi marcado aos 23 minutos do primeiro tempo: Dybala encontrou Higuain na entrada da área, o atacante girou para cima de Romagnoli e mandou uma bomba no canto esquerdo de Donnarumma que nada pôde fazer para evitar o gol.
A desvantagem no marcador obrigou o Milan a sair para o jogo, mas não teve sorte. Pouco antes do intervalo, Kalinic bateu na saída do goleiro Buffon acertando o travessão. No rebote, Çalhanoglu cabeceou para o gol vazio, mas o juventino Rugani apareceu para afastar o perigo.
No início da etapa final, o Milan voltou a pressionar, mas em um contra-ataque a Juventus chegou ao segundo gol, ainda com Higuain que chutou no canto esquerdo: a bola bateu no poste e entrou.

Escalação do Milan (3-4-2-1)
Donnarumma
Zapata, Romagnoli, Rodriguez
Abate (Antonelli), Kessié, Biglia (Locatelli), Borini
Suso, Çalhanoglu (André Silva)
Kalinic


10ª rodada, Quarta-feira 25 Outubro 2017, CHIEVO  1 X 4  MILAN

Marcadores: Suso aos 35 pt, Cesar gol-contra aos 42 pt, Çalhanoglu aos 10 st, Birsa aos 16 st e Kalinic aos 19 st.

Após três derrotas e um empate, o Milan reencontrou a vitória nesta quarta-feira, e em grande estilo. A equipe visitou o Chievo na cidade de Verona, goleou por 4 a 1 e subiu para a 7ª posição na classificação, apesar de permanecer a 9 pontos do quarto lugar que garante a participação na Champions League.
Suso foi o nome do jogo ao participar de todos os gols de sua equipe. Aos 35 minutos do primeiro tempo, ele escapou de um adversário, limpou o lance e bateu colocado, em sua jogada característica, no canto direito do goleiro Sorrentino, para abrir o placar.
Sete minutos depois, o espanhol cruzou para a área, Cesar tentou tirar, mas acabou marcando gol-contra, ampliando a vantagem do Milan.
Aos 10 minutos do segundo tempo, Suso puxou um contra-ataque e passou para Kessié que encontrou Çalhanoglu avançando em velocidade pela esquerda. O camisa 10 turco ajeitou e finalizou de canhota para marcar o terceiro gol do Milan.
Suso completou seu show aos 19 minutos, quando deu belo passe para Kalinic que venceu o goleiro e transformou o triunfo em goleada.

Escalação do Milan (3-4-2-1)
Donnarumma
Musacchio, Romagnoli, Rodriguez
Calabria, Kessié, Biglia (Locatelli), Borini
Suso (Montolivo), Çalhanoglu
Kalinic (André Silva)


9ª rodada, Domingo 22 Outubro 2017, MILAN  0 X 0  GENOA

Neste domingo o Milan recebeu o Genoa no estádio San Siro. Na tentativa de espantar a má fase que o clube está atravessando (3 derrotas nos últimos 3 jogos), o treinador Montella mudou novamente o esquema de jogo, passando do 3-5-2 para o 3-4-2-1.
A partida ficou marcada pela expulsão do zagueiro Bonucci, principal contratação da equipe para a temporada, na metade do primeiro tempo. O defensor acertou uma cotovelada no jogador adversário Rosi e a agressão foi percebida pelo árbitro Giacomelli após a utilização da VAR. Bonucci recebeu o cartão vermelho direto e o Milan teve que jogar o resto da partida em inferioridade numérica.
Apesar de ser obrigado a jogar mais do que uma hora em 10 contra 11, o Milan conseguiu evitar a quarta derrota seguida. O jogo terminou empatado em 0 a 0 e o Milan continua na 9ª posição.

Escalação do Milan (3-4-2-1)
Donnarumma
Zapata, Bonucci, Rodriguez
Borini, Kessié, Biglia, Bonaventura (Calabria)
Suso, Çalhanoglu (Romagnoli)
Kalinic (Cutrone)


8ª rodada, Domingo 15 Outubro 2017, INTER  3 X 2  MILAN

Marcadores: Icardi aos 27 pt, Suso aos 11 st, Icardi aos 18 st, Bonaventura aos 36 st e Icardi de pênalti aos 45 st.

No primeiro tempo a Inter foi superior ao Milan e passou em vantagem aos 27 minutos quando Candreva fez boa jogada individual pelo setor direito e cruzou na medida para Icardi. O argentino ganhou dos zagueiros Bonucci e Musacchio e desviou de primeira no canto de Donnarumma (1 a 0).
Buscando uma reação, o treinador Montella deixou o time mais ofensivo após o intervalo: sacou da equipe o meio-campista Kessié e colocou o jovem Cutrone, mudando completamente o panorama do jogo. Aos 3 minutos André Silva bateu de perna esquerda, a bola carimbou a trave direita e sobrou para Musacchio estufar as redes da Inter, mas o assistente anulou o gol por impedimento.
Aos 11 minutos veio a recompensa para o Milan. Após tanto pressionar na volta do intervalo, Suso finalizou de fora da área, de perna esquerda, com curva, para empatar o derby (1 a 1).
A felicidade do Milan, porém, não durou tanto. Aos 18 minutos, Icardi roubou a bola de Biglia no meio-campo, puxou o contra-taque e rolou para Perisic. O croata devolveu para Icardi que de voleio recolocou os interistas em vantagem (2 a 1). Mas os comandados de Montella mostraram força para buscar o empate novamente. Aos 36 minutos Bonaventura foi oportunista na área e conseguiu colocar no fundo do gol: 2 a 2.
Aos 45 minutos, quando o empate parecia irretocável, Ricardo Rodriguez derrubou ingenuamente D'Ambrosio dentro da área e o árbitro Tagliavento marcou o pênalti. Icardi foi para a cobrança e decretou a vitória da Inter (3 a 2).
É a terceira derrota seguida do Milan que ocupa a 9ª posição no Campeonato e está a 7 pontos da 4ª posição que garante a participação à Champions League.

Escalação do Milan (3-5-2)
Donnarumma
Musacchio, Bonucci, Romagnoli (Locatelli)
Borini, Kessié (Cutrone), Biglia, Bonaventura, Rodriguez
Suso, André Silva


7ª rodada, Domingo 1° Outubro 2017, MILAN  0 X 2  ROMA

Marcadores: Dzeko aos 26 st e Florenzi aos 32 st.

Durante 70 minutos o Milan estava jogando melhor do que a Roma e, aos 17 minutos do segundo tempo, quase passou em vantagem quando Bonucci, dentro da área, soltou um petardo, obrigando o goleiro brasileiro Alisson a fazer uma defesa milagrosa.
O Milan era o dono do jogo, mas a sorte não ajudou. Aos 26 minutos do segundo tempo, o romanista Dzeko recebeu de Pellegrini, fez a proteção e finalizou. A bola desviou em Romagnoli e enganou Donnarumma (0 a 1). Foi um banho de água fria na equipe de Montella.
Alguns minutos mais tarde, a Roma fez o segundo. Nainggolan avançou pela esquerda, chutou de canhota, Donnarumma defendeu, mas não segurou. Florenzi, livre, pegou o rebote e estufou as redes (0 a 2).
Para completar a tragédia do Milan, Çalhanoglu cometeu falta em Nainggolan, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Com um a mais em campo, a Roma cadenciou o restante da partida e levou os três pontos para casa.

Escalação do Milan (3-5-2)
Donnarumma
Musacchio, Bonucci, Romagnoli
Borini (Bonaventura), Kessié, Biglia, Çalhanoglu, Rodriguez
André Silva, Kalinic (Cutrone)


6ª rodada, Domingo 24 Setembro 2017, SAMPDORIA  2 X 0  MILAN

Marcadores: Duvan Zapata aos 27 st e Alvarez aos 46 st.

Logo aos 2 minutos de jogo, o sampdoriano Strinic cruzou na área e a bola bateu no braço de Kessié. O juiz Valeri assinalou pênalti, mas, após consultar a VAR, desistiu de marcar a penalidade porque o milanista estava com o braço colado ao corpo. Mais uma vez foi assim mostrada a utilidade da VAR!
Neste domingo o Milan não jogou bem e decepcionou os seus torcedores. O time estava pouco criativo e tinha dificuldade para impor o seu ritmo de jogo. A Sampdoria exercia forte marcação na saída de bola do adversário e os três jogadores centrais do meio-campo do Milan, Kessié, Biglia e Bonaventura, não conseguiam dar ritmo ao jogo.
No segundo tempo, a Sampdoria se aproveitou da passividade do Milan e marcou dois gols, ambos graças a erros de Christian Zapata. O treinador Montella foi muito criticado por não ter escalado Musacchio no seu lugar.
Os gols foram marcados por Duvan Zapata (Duvan é primo de Christian!) aos 27 minutos e pelo argentino Alvarez – que havia acabado de entrar em campo – aos 46 minutos.

Escalação do Milan (3-5-2)
Donnarumma
Zapata, Bonucci, Romagnoli
Abate (Borini), Kessié, Biglia, Bonaventura (Cutrone), Rodriguez
Suso (Çalhanoglu), Kalinic


5ª rodada, Quarta-feira 20 Setembro 2017, MILAN  2 X 0  SPAL

Marcadores: Rodriguez de pênalti aos 25 pt e Kessié de pênalti aos 15 st.

Bem posicionado em campo no esquema 3-5-2, o Milan vem a cada dia ganhando uma cara ofensiva e organizada. Com o fator torcida ao seu favor, o Milan partiu para cima da Spal impondo um ritmo veloz no ataque e ganhou a partida graças a dois pênaltis, um em cada tempo.
Aos 25 minutos do primeiro tempo, Kalinic recebeu a bola e foi derrubado pelo goleiro Gomis. O árbitro Abisso concedeu o pênalti que foi convertido por Ricardo Rodriguez com um forte chute no canto esquerdo do gol: 1 a 0.
Voltando do vestiário, o Milan começou a segunda etapa da mesma forma em que terminou o primeiro tempo, ou seja, atacando e controlando o jogo e chegou ao segundo gol novamente cobrando pênalti. Aos 15 minutos, Abate tocou para Kessié que foi derrubado e o arbitro assinalou pênalti que foi convertido pelo mesmo Kessié: 2 a 0.
A Spal não demostrou algum poder de reação e, nas subidas que tentava para o ataque, era facilmente desarmada pelos defensores do Milan. A partida esfriou e o Milan ganhou 3 pontos preciosos.

Escalação do Milan (3-5-2)
Donnarumma
Zapata, Bonucci, Romagnoli
Abate, Kessié, Biglia (Locatelli), Çalhanoglu (Bonaventura), Rodriguez
Kalinic (Suso), André Silva


4ª rodada, Domingo 17 Setembro 2017, MILAN  2 X 1  UDINESE

Marcadores: Kalinic aos 22 pt, Lasagna aos 28 pt e Kalinic aos 30 pt.

O Milan voltou a vencer na Série A após ter sido goleado pela Lazio na última rodada. O destaque do jogo foi o juiz Guida que com a ajuda da VAR (Video Assistant Referee, em inglês) anulou corretamente dois gols por impedimento e, mais importante, ele tomou as duas decisões muito rapidamente, em alguns segundos:
- na etapa inicial, quando o duelo estava ainda em 0 a 0, o jogador da Udinese Lasagna teve seu gol anulado;
- no segundo tempo, com o placar de Milan 2 X 1 Udinese, foi a vez de Kalinic ver seu gol anulado.
O destaque do Milan foi o croata Kalinic que marcou os dois gols. Aos 22 minutos do primeiro tempo, ele recebeu cruzamento de Calabria dentro da área, ganhou de Danilo e superou o goleiro Scuffet. Aos 28 minutos, ainda no primeiro tempo, após cobrança de escanteio, Kessié desviou de cabeça e Kalinic colocou a bola para dentro dando um golpe de coice.
Além disso, aos 18 minutos do primeiro tempo, com o placar de 0 a 0, em cobrança de escanteio, Kalinic cabeceou na trave, Bonucci pegou o rebote, mas Larsen tirou em cima da linha.
O empate da Udinese foi marcado por Lasagna após falha grotesca de Romagnoli que recuou uma bola de maneira errada.

Escalação do Milan (3-5-2)
Donnarumma
Musacchio, Bonucci, Romagnoli
Calabria, Kessié, Biglia, Bonaventura (Çalhanoglu), Rodriguez
Suso (Cutrone), Kalinic (Locatelli)


3ª rodada, Domingo 10 Setembro 2017, LAZIO  4 X 1  MILAN

Marcadores: Immobile de pênalti aos 38 pt, Immobile aos 41 pt e aos 3 st, Luis Alberto aos 5 st e Montolivo aos 11 st.

A forte chuva que caiu sobre a cidade de Roma neste domingo fez adiar em uma hora o início da partida entre Lazio e Milan, para permitir que os torcedores chegassem em tempo ao estádio. O gramado tinha sido protegido com telões durante a chuva o que permitiu normais condições de jogo.
Com show de Ciro Immobile, a Lazio goleou por 4 a 1 e acabou com o embalo do Milan que vinha de seis vitórias consecutivas nesta temporada: quatro na Europa League e duas no Campeonato. Immobile abriu o placar aos 38 minutos do primeiro tempo em cobrança de pênalti; três minutos depois, Lulic cruzou na área e Immobile pegou bonito, de voleio, para ampliar a vantagem.
O começo da etapa final foi um passeio para a Lazio! Aos 3 minutos Immobile, sozinho na área, recebeu de Parolo e anotou seu terceiro gol. No lance seguinte, ele forneceu assistência para Luis Alberto que anotou o quarto gol. O Milan descontou com Montolivo aos 11 minutos, mas não passou disso.
Após esta humilhante derrota, o treinador Montella informou que passará do esquema 4-3-3 para o esquema 3-5-2 que utiliza três zagueiros centrais e que parece mais apropriado para as características técnicas de Bonucci.

Escalação do Milan (4-3-3)
Donnarumma
Calabria, Bonucci, Musacchio, Ricardo Rodriguez
Kessié, Biglia, Montolivo
Suso (Bonaventura), Cutrone (Kalinic), Borini (Çalhanoglu)


2ª rodada, Domingo 27 Agosto 2017, MILAN  2 X 1  CAGLIARI

Marcadores: Cutrone aos 10 pt, João Pedro aos 11 st e Suso aos 25 st.

Com show de Suso, o Milan bateu neste domingo o Cagliari por 2 a 1, no estádio San Siro. O primeiro gol da partida saiu logo aos 10 minutos quando Suso, depois de uma bela jogada individual, cruzou para a área e encontrou Cutrone que teve apenas o trabalho de completar para o fundo das redes.
Após abrir o placar, o Milan caiu de rendimento, permitindo que o Cagliari criasse mais chances. Na metade do primeiro tempo, o atacante Sau desperdiçou uma ótima oportunidade: recebeu passe na entrada da área e acertou a trave à esquerda de Donnarumma.
Na segunda etapa o Milan continuou sem criatividade e aos 11 minutos Kessié perdeu a bola na meia lua e, após uma troca de passes, João Pedro apareceu de frente para o gol e não perdoou. Era o empate do Cagliari.
O Milan acordou para a partida após sofrer o gol de empate e voltou a pressionar. Aos 25 minutos, Suso cobrou uma falta com perfeição, não dando chances para o goleiro Cragno, colocando o Milan novamente na frente. O Cagliari tentou fazer pressão nos minutos finais, mas a defesa do Milan conseguiu se sobressair e garantir a segunda vitória no campeonato.

Escalação do Milan (4-3-3)
Donnarumma
Conti, Bonucci, Musacchio, Ricardo Rodriguez
Kessié, Montolivo, Çalhanoglu (Biglia)
Suso, Cutrone (Kalinic), Borini (Antonelli)


1ª rodada, Domingo 20 Agosto 2017, CROTONE  0 X 3  MILAN

Marcadores: Kessié de pênalti aos 6 pt, Cutrone aos 18 pt e Suso aos 23 pt.

A primeira rodada da temporada 2017/18 se anunciava muito dura para o Milan, mas logo nos primeiros minutos aconteceu a jogada que mudou completamente a história da partida. Cutrone recebeu a bola dentro da área e, quando preparava o chute, foi calçado por trás por Ceccherini. O árbitro Mariani não teve dúvidas, marcou pênalti e expulsou o zagueiro após verificar, com a ajuda da nova tecnologia VAR, que ele tinha impedido uma clara chance de gol. Kessié cobrou e marcou o primeiro gol para o Milan.
A partir daí, a partida se tornou de uma só equipe. O Milan, jogando em 11 contra 10, dominou amplamente as ações do jogo e marcou mais dois gols, ainda no primeiro tempo:
- aos 18 minutos, Suso passou por dois defensores e cruzou na área, Cutrone antecipou o goleiro e cabeceou para o fundo das redes;
- aos 23 minutos, Çalhanoglu lançou Cutrone em profundidade, o jovem atacante dominou e rolou para Suso que chegou chutando para o fundo do gol, para a festa da torcida milanista presente no estádio.

Escalação do Milan (4-3-3)
Donnarumma
Conti (Abate), Bonucci, Musacchio, Ricardo Rodriguez
Kessié, Locatelli (José Mauri), Çalhanoglu
Suso, Cutrone (André Silva), Borini


Valid XHTML 1.1!   Valid CSS!
eXTReMe Tracker