milan milan milan milan-brasil milan milan milan
para o Banco de Dados Voltar para o Banco de Dados

EUROCOPA 2012 na Polônia e na Ucrânia (Espanha campeã)

FINAL

 1 Julho  2012:  Espanha         4 X 0   Itália

A Espanha ganha a EuroCopa 2012.

SEMIFINAIS

27 Junho  2012:  Espanha         0 X 0   Portugal (após prorrogação)
                                         (A Espanha ganha 4 a 2 nos pênaltis)

28 Junho  2012:  Alemanha        1 X 2   Itália

ESPANHA e ITÁLIA se classificam para a Final.

QUARTAS DE FINAL

21 Junho  2012:  Portugal        1 X 0   República Tcheca

22 Junho  2012:  Alemanha        4 X 2   Grécia

23 Junho  2012:  Espanha         2 X 0   França

24 Junho  2012:  Itália          0 X 0  Inglaterra (após prorrogação)
                                        (A Itália ganha 4 a 2 nos pênaltis)

PORTUGAL, ALEMANHA, ESPANHA e ITÁLIA se classificam para as Semifinais.

1ª Fase

CHAVE A: Polônia, Grécia, Rússia e República Tcheca

 8 Junho  2012:  Polônia              1 X 1   Grécia
                 Rússia               4 X 1   República Tcheca

12 Junho  2012:  Grécia               1 X 2   República Tcheca
                 Polônia              1 X 1   Rússia

16 Junho  2012:  Grécia               1 X 0   Rússia
                 República Tcheca     1 X 0   Polônia

CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
REPÚBLICA TCHECA 6 4 - 5
GRÉCIA 4 3 - 3
RÚSSIA 4 5 - 3
POLÔNIA 2 2 - 3

A REPÚBLICA TCHECA e a GRÉCIA se classificam para as Quartas-de-final.

A GRÉCIA se classifica em segundo lugar porque ganhou o confronto direto com a RÚSSIA.


CHAVE B: Holanda, Dinamarca, Alemanha e Portugal

 9 Junho  2012:  Holanda              0 X 1   Dinamarca
                 Alemanha             1 X 0   Portugal

13 Junho  2012:  Dinamarca            2 X 3   Portugal
                 Holanda              1 X 2   Alemanha

17 Junho  2012:  Portugal             2 X 1   Holanda
                 Dinamarca            1 X 2   Alemanha

CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
ALEMANHA 9 5 - 2
PORTUGAL 6 5 - 4
DINAMARCA 3 4 - 5
HOLANDA 0 2 - 5

A ALEMANHA e o PORTUGAL se classificam para as Quartas-de-final.


CHAVE C: Itália, Espanha, Irlanda e Croácia

10 Junho  2012:  Itália               1 X 1   Espanha
                 Irlanda              1 X 3   Croácia

14 Junho  2012:  Itália               1 X 1   Croácia
                 Espanha              4 X 0   Irlanda

18 Junho  2012:  Itália               2 X 0   Irlanda
                 Croácia              0 X 1   Espanha

CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
ESPANHA 7 6 - 1
ITÁLIA 5 4 - 2
CROÁCIA 4 4 - 3
IRLANDA 0 1 - 9

A ESPANHA e a ITÁLIA se classificam para as Quartas-de-final.


CHAVE D: França, Inglaterra, Ucrânia e Suécia

11 Junho  2012:  França               1 X 1   Inglaterra
                 Ucrânia              2 X 1   Suécia

15 Junho  2012:  Ucrânia              0 X 2   França
                 Suécia               2 X 3   Inglaterra

19 Junho  2012:  Suécia               2 X 0   França
                 Inglaterra           1 X 0   Ucrânia

CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
INGLATERRA 7 5 - 3
FRANÇA 4 3 - 3
UCRÂNIA 3 2 - 4
SUÉCIA 3 5 - 5

A INGLATERRA e a FRANÇA se classificam para as Quartas-de-final.

Jogos da ITÁLIA

Kiev, Ucrânia, Domingo 1° de Julho de 2012. ESPANHA  4 X 0  ITÁLIA.

Marcadores: David Silva aos 14 pt, Jordi Alba aos 41 pt, Fernando Torres aos 39 st e Juan Mata aos 43 st.

Neste domingo, a Espanha mostrou por que não tem adversários no futebol: goleou a Itália por 4 a 0, em Kiev, na Ucrânia, e sagrou-se tricampeã da EuroCopa (1964, 2008 e 2012). Foi o terceiro título consecutivo de peso da Espanha que, além das duas últimas EuroCopas, levantou a taça da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. Os gols do título foram marcados por David Silva, Jordi Alba, Fernando Torres e Juan Mata.
A Espanha mostrou ao mundo que o futebol de posse e toque de bola, criticado em alguns momentos pela imprensa e por alguns torcedores, dá resultados. Foi justamente desta maneira que a Espanha superou a Itália e tornou-se a primeira seleção na história a vencer a EuroCopa duas vezes consecutivas.
A partida começou da maneira como todos esperavam: a Espanha tocando bola, e a Itália tentando marcar os rivais em busca de uma roubada de bola. Mas não deu nem tempo para a Azzurra entrar no jogo. Logo aos 14 minutos Iniesta fez um belo lançamento para Fabregas nas costas de Chiellini. O espanhol foi à linha de fundo e cruzou para David Silva, que cabeceou para abrir o marcador.
O segundo gol veio aos 41 minutos com Jordi Alba que, lançado por Xavi, avançou em velocidade nas costas dos zagueiros italianos, invadiu a área e tocou na saída de Buffon.
Aos 15 minutos do segundo tempo, mais um problema para a Itália. Thiago Motta, que havia acabado de entrar em campo, sentiu um problema muscular e deixou a equipe italiana. Com as três alterações já realizadas, a Azzurra ficou com um jogador a menos em campo e passou a ter ainda mais dificuldades.
A vida da Espanha ficou bem mais fácil. Se tocar a bola em 11 contra 11 já era fácil, com um a mais se tornou ainda mais tranquilo. E foi com a calma que a Espanha chegou ao terceiro e ao quarto gol.

Escalação da Itália (4-3-1-2)
Buffon
Abate, Barzagli, Bonucci, Chiellini (Balzaretti)
Marchisio, Pirlo, De Rossi
Montolivo (Thiago Motta)
Cassano (Di Natale), Balotelli


Varsóvia, Polônia, Quinta-feira 28 de Junho de 2012. ITÁLIA  2 X 1  ALEMANHA.

Marcadores: Balotelli aos 20 pt e aos 36 pt, Ozil de pênalti aos 47 st.

Apontado como um jogador que aparece mais por suas polêmicas do que por seu futebol, Mario Balotelli foi o herói da Seleção Italiana nesta quinta-feira. Com dois gols marcados por ele, a Azzurra derrotou a favorita Alemanha por 2 a 1, em Varsóvia, na Polônia, e se garantiu na final da EuroCopa contra a Espanha, no próximo domingo 1° de Julho.
Com mais torcedores presentes no estádio, a Alemanha começou impondo seu ritmo e encurralando a Itália no seu campo de defesa. Isto até os 20 minutos quando Cassano fez bela jogada pela esquerda, passou por dois marcadores com um só drible, e cruzou. Balotelli pulou mais alto que o zagueiro alemão Badstuber e, de cabeça, colocou no fundo da rede.
Aos 36 minutos, o meia Montolivo, recém-contratado pelo Milan, fez belo lançamento para Balotelli, nas costas de Lahm. O atacante dominou e, com uma bomba de pé direito, colocou no ângulo. Golaço e 2 a 0 para a Itália.
Os alemães só conseguiram furar a defesa italiana nos acréscimos do segundo tempo e, mesmo assim, numa penalidade cobrada por Ozil após mão na bola de Balzaretti.

Escalação da Itália (4-3-1-2)
Buffon
Balzaretti, Barzagli, Bonucci, Chiellini
Marchisio, Pirlo, De Rossi
Montolivo (Thiago Motta)
Balotelli (Di Natale), Cassano (Diamanti)


Kiev, Ucrânia, Domingo 24 de Junho de 2012. ITÁLIA  0 X 0  INGLATERRA (após prorrogação. A Itália ganha 4 a 2 nos pênalties).

A Seleção Italiana dominou os 90 minutos do tempo normal e os 30 da prorrogação, mas o placar não saiu do 0 a 0. A Azzurra teve 64% de posse de bola, finalizou 35 vezes contra apenas 9 da Inglaterra e acertou duas vezes os postes (com De Rossi e Diamanti).
Portanto a decisão foi nos pênaltis.
1) Balotelli foi o primeiro a cobrar: gol, no cantinho direito (Itália 1 X 0 Inglaterra).
2) Em seguida, Gerrard cobrou parecido e marcou (Itália 1 X 1 Inglaterra).
3) Montolivo tentou bater no mesmo canto de Gerrard e Balotelli, mas errou: mandou para fora (Itália 1 X 1 Inglaterra).
4) Rooney cobrou o segundo pênalti para a Inglaterra: gol e ingleses na frente (Itália 1 X 2 Inglaterra).
5) Pirlo bateu com cavadinha, enganou o goleiro Hart e marcou o segundo gol italiano (Itália 2 X 2 Inglaterra).
6) Young chutou forte, mas acertou o travessão (Itália 2 X 2 Inglaterra).
7) Nocerino bateu no canto direito e marcou (Itália 3 X 2 Inglaterra).
8) Chegou a hora do goleiro italiano Buffon brilhar: Ashley Cole cobrou no canto esquerdo, Buffon saltou bem e defendeu (Itália 3 X 2 Inglaterra).
9) O jovem atacante Diamanti bateu na direita do goleiro Hart, marcou e classificou a Itália para a semifinal contra a Alemanha na próxima quinta-feira (Itália 4 X 2 Inglaterra).

Escalação da Itália (4-3-1-2)
Buffon
Abate (Maggio), Barzagli, Bonucci, Balzaretti
Marchisio, Pirlo, De Rossi (Nocerino)
Montolivo
Balotelli, Cassano (Diamanti)


Poznan, Polônia, Segunda-feira 18 de Junho de 2012. ITÁLIA  2 X 0  IRLANDA.

Marcadores: Cassano aos 35 pt e Balotelli aos 45 st.

Nesta segunda-feira, a Itália garantiu a vaga nas quartas-de-final da EuroCopa 2012, mesmo sem mostrar um bom futebol. Cassano e Balotelli foram os heróis da vitória por 2 a 0 sobre a Irlanda ao marcar os gols do jogo.
Com a vitória da Espanha por 1 a 0 sobre a Croácia no outro jogo, a Itália ficou na segunda posição na Chave C e enfrentará a Inglaterra, líder da Chave D.
No primeiro tempo, mesmo tendo a obrigação de ganhar o jogo para passar às quartas-de-final, a Itália pouco conseguia pressionar a Irlanda. Até quando Pirlo entrou no jogo, começou a correr mais, apareceu para as jogadas e começou a distribuir o jogo. Em um dos momentos de pressão, veio o gol. Escanteio para a Itália, o mesmo Pirlo cobrou na cabeça de Cassano, que cabeceou de costas. O goleiro não defendeu, a bola foi para dentro do gol e a zaga tirou. A Irlanda ainda alegou que não tinha entrado, mas ela já tinha passado a linha branca e o juiz convalidou (Itália 1, Irlanda 0).
A etapa final começou com total domínio da Itália que chegou ao segundo gol aos 45 minutos com Balotelli que recebeu cruzamento e completou com um lindo voleio.

Escalação da Itália (4-3-1-2)
Buffon
Abate, Barzagli, Chiellini (Bonucci), Balzaretti
Marchisio, Pirlo, De Rossi
Thiago Motta
Di Natale (Balotelli), Cassano (Diamanti)


Poznan, Polônia, Quinta-feira 14 de Junho de 2012. ITÁLIA  1 X 1  CROÁCIA.

Marcadores: Pirlo aos 39 pt e Mandzukic aos 27 st.

Aos 39 minutos do primeiro tempo, Balotelli foi derrubado na entrada da área e Pirlo se posicionou para bater. Na cobrança, o goleiro croata Pletikosa não conseguiu parar o chute magistral do camisa 21, que finalizou com o capricho que lhe é peculiar. A bola passou sobre a barreira até cair no canto direito (1 a 0 para a seleção italiana).
A Azzurra continuou em vantagem até meados da segunda etapa, quando viu a defesa falhar e deixar Mandzukic livre para marcar o gol do empate.
O resultado deixou os italianos em uma situação perigosa na chave. Espanha e Croácia têm 4 pontos, segue a Itália com 2 pontos e a Irlanda com zero. Para se classificar para as quartas-de- final, a Itália deverá derrotar a Irlanda na próxima segunda-feira e torcer para que o jogo entre Espanha e Croácia não termine empatado.

Escalação da Itália (3-5-2)
Buffon
Bonucci, De Rossi, Chiellini
Maggio, Marchisio, Pirlo, Thiago Motta (Montolivo), Giaccherini
Balotelli (Di Natale), Cassano (Giovinco)


Gdansk, Polônia, Domingo 10 de Junho de 2012. ITÁLIA  1 X 1  ESPANHA.

Marcadores: Di Natale aos 16 st e Fabregas aos 19 st.

Itália e Espanha empataram, por 1 a 1, neste domingo, na estreia na EuroCopa 2012. A seleção espanhola teve mais posse de bola desde o apito inicial e fez valer a sua característica de time de rápida troca de passes. No entanto, tinha dificuldades para penetrar na defesa italiana. Com isso, quem criou as melhores chances de gol no primeiro tempo foi a Itália. Pelo menos três delas assustaram o adversário, e o goleiro Casillas teve que trabalhar bastante.
Após o intervalo, a Espanha continuou ficando por mais tempo no campo ofensivo e a Itália respondia. O confronto ganhou em qualidade e emoção.
Aos 16 minutos, Pirlo fez ótimo lançamento para Di Natale, que chutou para as redes na saída de Casillas e colocou a Itália em vantagem. O atacante da Udinese tinha acabado de entrar no lugar de Balotelli. No entanto, aos 19 minutos, David Silva tocou na área para Fábregas, que chutou para empatar a partida.
O empate acabou ficando de bom tamanho para as duas equipes e agradou os torcedores dos dois países, que aplaudiram os jogadores.

Escalação da Itália (3-5-2)
Buffon
Bonucci, De Rossi, Chiellini
Maggio, Marchisio, Pirlo, Thiago Motta (Nocerino), Giaccherini
Balotelli (Di Natale), Cassano (Giovinco)


para o Banco de Dados Voltar para o Banco de Dados

logotipo do Milan
Valid XHTML 1.1!  Valid CSS!