milan milan milan milan-brasil milan milan milan
para o Banco de Dados Voltar para o Banco de Dados

EUROCOPA 2004 (GRÉCIA Campeã)

FINAL

 4 Julho  2004:  Grécia               1 X 0   Portugal

A GRÉCIA ganha a Eurocopa 2004.

SEMIFINAIS

30 Junho  2004:  Portugal             2 X 1   Holanda

 1 Julho  2004:  Grécia               1 X 0   República Tcheca (gol de prata da Grécia)

O PORTUGAL e a GRÉCIA se classificam para a Final.

QUARTAS DE FINAL

24 Junho  2004:  Portugal             2 X 2   Inglaterra (6 X 5 nos pênaltis)

25 Junho  2004:  Grécia               1 X 0   França

26 Junho  2004:  Holanda              0 X 0   Suécia (5 X 4 nos pênaltis)

27 Junho  2004:  República Tcheca     3 X 0   Dinamarca

O PORTUGAL, a GRÉCIA, a HOLANDA e a REPÚBLICA TCHECA se classificam para as Semifinais.

1a Fase

CHAVE A: Portugal, Grécia, Espanha e Rússia

12 Junho  2004:  Portugal             1 X 2   Grécia
                 Espanha              1 X 0   Rússia

16 Junho  2004:  Grécia               1 X 1   Espanha
                 Rússia               0 X 2   Portugal

20 Junho  2004   Rússia               2 X 1   Grécia
                 Espanha              0 X 1   Portugal
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
PORTUGAL 6 4 - 2
GRÉCIA 4 4 - 4
ESPANHA 4 2 - 2
RÚSSIA 3 2 - 4

O PORTUGAL e a GRÉCIA se classificam para as Quartas de Final.

(A Grécia se classifica por ter marcado mais gols do que a Espanha: 4 contra 2.)


CHAVE B: França, Inglaterra, Suíça e Croácia

13 Junho  2004:  Suíça                0 X 0   Croácia
                 França               2 X 1   Inglaterra

17 Junho  2004:  Inglaterra           3 X 0   Suíça
                 Croácia              2 X 2   França

21 Junho  2004   Croácia              2 X 4   Inglaterra
                 Suíça                1 X 3   França
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
FRANÇA 7 7 - 4
INGLATERRA 6 8 - 4
CROÁCIA 2 4 - 6
SUÍÇA 1 1 - 6

A FRANÇA e a INGLATERRA se classificam para as Quartas de Final.


CHAVE C: Suécia, Bulgária, Dinamarca e Itália

14 Junho  2004:  Dinamarca            0 X 0   Itália
                 Suécia               5 X 0   Bulgária

18 Junho  2004:  Bulgária             0 X 2   Dinamarca
                 Itália               1 X 1   Suécia

22 Junho  2004   Itália               2 X 1   Bulgária
                 Dinamarca            2 X 2   Suécia
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
SUÉCIA 5 8 - 3
DINAMARCA 5 4 - 2
ITÁLIA 5 3 - 2
BULGÁRIA 0 1 - 9

A SUÉCIA e a DINAMARCA se classificam para as Quartas de Final.

(A Suécia e a Dinamarca eliminam a Itália por ter marcado mais gols nos confrontos diretos: Suécia: 3 gols, Dinamarca 2 gols, Itália 1 gol.)


CHAVE D: República Tcheca, Letônia, Alemanha e Holanda

15 Junho  2004:  Alemanha             1 X 1   Holanda
                 República Tcheca     2 X 1   Letônia

19 Junho  2004:  Letônia              0 X 0   Alemanha
                 Holanda              2 X 3   República Tcheca

23 Junho  2004   Holanda              3 X 0   Letônia
                 Alemanha             1 X 2   República Tcheca
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
REPÚBLICA TCHECA 9 7 - 4
HOLANDA 4 6 - 4
ALEMANHA 2 2 - 3
LETÔNIA 1 1 - 5

A REPÚBLICA TCHECA e a HOLANDA se classificam para as Quartas de Final.

Jogos da ITÁLIA

Guimarães, Terça Feira 22 de Junho de 2004. ITÁLIA  2 X 1  BULGÁRIA

Marcadores: Petrov aos 45 pt, Perrotta aos 3st e Cassano aos 49 st

Aos 45 minutos do segundo tempo do jogo entre a Itália e a Bulgária o juiz concede 5 minutos de acréscimos: os dois times estão empatados em 1 a 1 (gols de Petrov e Perrotta). No outro campo a Dinamarca está derrotando a Suécia por 2 a 1 com dois gols do milanista Tomasson. Se os dois jogos terminassem com estes placares, a Itália estaria eliminada das Quartas de Final: Dinamarca 7, Suécia 4, Itália 3 e Bulgária 1.
Nos acréscimos a Itália continua atacando de maneira desordenada na tentativa de obter a classificação e finalmente aos 49 minutos Cassano faz o gol do 2 a 1 após cruzamento de Panucci. Os jogadores italianos exultam porque agora seriam a Dinamarca e a Itália a passar para as Quartas: Dinamarca 7, Itália 5, Suécia 4 e Bulgária 0.
Infelizmente as comemorações duram somente alguns segundos porque do outro campo chega a notícia do empate da Suécia e os três times passam a ter os mesmos pontos: Suécia 5, Dinamarca 5, Itália 5 e Bulgária 0. Para saber quais são os dois times que continuam na Eurocopa deve-se considerar a classificação avulsa, ou seja somente os encontros diretos: Itália 0 x 0 Dinamarca, Itália 1 x 1 Suécia, Suécia 2 x 2 Dinamarca.
O primeiro critério de desempate é a pontuação: os três times têm o mesmo número de pontos: 2.
O segundo critério é a diferença gols: os três times têm diferença gols igual a zero.
O terceiro critério é o número de gols marcados: Suécia 3 gols, Dinamarca 2 gols, Itália 1 gol. Portanto a Suécia e a Dinamarca passam para as Quartas e a Itália volta para casa.

Escalação da Itália (4-3-3)
Buffon
Panucci, Materazzi (Di Vaio), Nesta, Zambrotta
Perrotta (Oddo), Pirlo, Fiore
Cassano, Corradi (Vieri), Del Piero


Porto, Sexta Feira 18 de Junho de 2004. ITÁLIA  1 X 1  SUÉCIA

Marcadores: Cassano aos 37 pt e Ibrahimovic aos 40 st

A seleção italiana joga contra a Suécia sem Francesco Totti, o seu melhor jogador, suspenso por três turnos por ter cuspido na cara do adversário Poulsen na partida contra a Dinamarca. Os juízes da UEFA levaram em conta as imagens captadas por uma emissora de televisão dinamarquesa que flagrou o destempero de Totti cuja atitude foi considerada “falta antidesportiva grave”.
Os italianos impõem um ritmo fortíssimo na etapa inicial, encurralam a Suécia na própria área, criam muitas ações de gol, mas passam em vantagem somente aos 37 minutos quando Panucci faz jogada individual pela direita e cruza à meia altura para Cassano que se abaixa e raspa de cabeça no cantinho direito do goleiro Isaksson.
Na segunda metade do segundo tempo a Itália diminui o ritmo, a Suécia passa a ameaçar e traduz a sua pressão no gol de empate aos 40 minutos. Após um bate-rebate incrível na área italiana, o sueco Ibrahimovic toca meio de calcanhar e a bola entra por cima de Vieri, que está sobre a linha do gol e mesmo assim não consegue salvar.
Após duas rodadas a classificação da chave da Itália é a seguinte: Suécia e Dinamarca 4 pontos, Itália 2 pontos e Bulgária, já eliminada, 0 pontos.
A Itália, para passar para as Quartas de Final, é obrigada a ganhar o próximo jogo com a Bulgária e torcer para que não haja empate entre e a Suécia e a Dinamarca. Neste caso os três times chegariam aos 5 pontos e para decidir quem passa às Quartas devem ser levados em conta a classificação avulsa e os coeficientes técnicos. Se o empate for por 0 a 0 passaria a Itália, se for por 1 a 1 a Itália passaria se ganhasse da Bulgária por 2 a 0 ou mais, se for por 2 a 2, 3 a 3, etc., a Itália seria eliminada.

Escalação da Itália (4-2-3-1)
Buffon
Panucci, Cannavaro, Nesta, Zambrotta
Gattuso (Favalli), Pirlo, Perrotta
Cassano (Fiore)
Vieri, Del Piero (Camoranesi)


Guimarães, Segunda Feira 14 de Junho de 2004. ITÁLIA  0 X 0  DINAMARCA

A seleção da Itália estréia com um empate sem gols diante da Dinamarca. O time mostra as limitações de sempre: o meio-de-campo não cria, os volantes não sabem o que fazer com a bola e os laterais ajudam muito pouco o ataque. O interista Vieri, que prometeu fazer muitos gols no torneio, passa os 90 minutos à espera de um passe que o deixe de frente para o gol.

Escalação da Itália (4-2-3-1)
Buffon
Panucci, Cannavaro, Nesta, Zambrotta
Perrotta, Zanetti (Gattuso)
Camoranesi (Fiore), Totti, Del Piero (Cassano)
Vieri


para o Banco de Dados Voltar para o Banco de Dados

logotipo do Milan
Valid XHTML 1.1!  Valid CSS!