milan milan milan milan-brasil milan milan milan
para o Banco de Dados Voltar para o Banco de Dados

ELIMINATÓRIAS DA ITÁLIA PARA A COPA DO MUNDO DE 2018

Na Europa, 54 times disputaram 13 vagas para a Copa do Mundo de 2014 a ser realizada na Rússia. Os 54 times foram divididos em 9 grupos. Se classificaram para a Copa do Mundo os 9 times classificados em primeiro lugar nos respectivos grupos e, após uma repescagem, 4 times entre os classificados em segundo lugar.
A Itália fazia parte do Grupo G junto com Espanha, Albânia, Macedônia, Israel e Liechtenstein. A seguir são mostrados os jogos do Grupo da Itália.

GRUPO G: Itália, Espanha, Albânia, Macedônia, Israel e Liechtenstein.

 5 Setembro   2016:    Israel         1 X 3  Itália
                       Espanha        8 X 0  Liechtenstein
                       Albânia        2 X 1  Macedônia

 6 Outubro    2016:    Itália         1 X 1  Espanha
                       Liechtenstein  0 X 2  Albânia
                       Macedônia      1 X 2  Israel

 9 Outubro    2016:    Macedônia      2 X 3  Itália
                       Albânia        0 X 2  Espanha
                       Israel         2 X 1  Liechtenstein

12 Novembro   2016:    Liechtenstein  0 X 4  Itália
                       Espanha        4 X 0  Macedônia
                       Albânia        0 X 3  Israel

24 Março      2017:    Itália         2 X 0  Albânia
                       Espanha        4 X 1  Israel
                       Liechtenstein  0 X 3  Macedônia

11 Junho      2017:    Itália         5 X 0  Liechtenstein
                       Macedônia      1 X 2  Espanha
                       Israel         0 X 3  Albânia

 2 Setembro   2017:    Espanha        3 X 0  Itália
                       Albânia        2 X 0  Liechtenstein
                       Israel         0 X 1  Macedônia

 5 Setembro   2017:    Itália         1 X 0  Israel
                       Liechtenstein  0 X 8  Espanha
                       Macedônia      1 X 1  Albânia

 6 Outubro    2017:    Itália         1 X 1  Macedônia
                       Espanha        3 X 0  Albânia
                       Liechtenstein  0 X 1  Israel

 9 Outubro    2017:    Albânia        0 X 1  Itália
                       Israel         0 X 1  Espanha
                       Macedônia      4 X 0  Liechtenstein


CLASSIFICAÇÃO DO GRUPO G
  Pontos Jogos Gols
ESPANHA 28 10 36 - 3
ITÁLIA 23 10 21 - 8
ALBÂNIA 13 10 10 - 13
ISRAEL 12 10 10 - 15
MACEDÔNIA 11 10 15 - 15
LIECHTENSTEIN 0 10 1 - 39

A ESPANHA se classifica para o Mundial 2018. A ITÁLIA deverá disputar a repescagem.

Repescagem

 9 Novembro   2017:    Croácia           4 X 1  Grécia
                       Irlanda do Norte  0 X 1  Suíça

10 Novembro   2017:    Suécia            1 X 0  Itália

11 Novembro   2017:    Dinamarca         0 X 0  Irlanda


12 Novembro   2017:    Grécia            0 X 0  Croácia
                       Suíça             0 X 0  Irlanda do Norte

13 Novembro   2017:    Itália            0 X 0  Suécia

14 Novembro   2017:    Irlanda           1 X 5  Dinamarca
                         

Croácia, Suíça, Suécia e Dinamarca se classificam para o Mundial 2018.

Jogos da ITÁLIA

Milão, 13 Novembro de 2017, ITÁLIA  0 X 0  SUÉCIA

Como esperado, a Seleção Italiana iniciou o jogo pressionando a Suécia, mas a falta de qualidade na troca de passes era evidente. Recuada e apostando nos contra-ataques, a Suécia não tinha grandes dificuldades para neutralizar os ataques dos italianos. Tanto que no primeiro tempo a Azzurra teve apenas duas chances reais de gol.
A tônica da partida permaneceu a mesma no segundo tempo: enquanto a Suécia recuava, a Itália tentava evitar o vexame com uma pressão confusa. A tensão aumentava a cada minuto. A Itália ainda acertou o travessão, em cruzamento de Florenzi que desviou na zaga. Era pouco. A partida terminou empatada em 0 a 0 e a Itália protagonizou um vexame histórico. Após 60 anos, desde 1958, não disputará uma Copa do Mundo. Além disso, é a única campeã mundial não classificada para a Copa da Rússia.
A eliminação fez com que o goleiro ídolo da seleção, Gianluigi Buffon, não chegasse ao seu sexto Mundial. Ele se despediu da Azzurra ao final da partida.

Escalação da Itália (3-5-2)
Buffon
Barzagli, Bonucci, Chiellini
Candreva (Bernardeschi), Florenzi, Jorginho, Parolo, Darmian (El Shaarawy)
Immobile, Gabbiadini (Belotti)


Estocolmo, 10 Novembro de 2017, SUÉCIA  1 X 0  ITÁLIA

Marcador: Johansson aos 17 st.

No jogo de ida da repescagem, a Suécia e a Itália fizeram um jogo de muita marcação, de disputas intensas, de faltas e de poucos gols. A Suécia venceu por 1 a 0 e irá com a vantagem do empate para o jogo de volta em Milão, na próxima segunda-feira.
Os italianos tiveram mais posse de bola na partida, mas sofreram com a forte marcação dos suecos que sempre tinham muitos jogadores atrás da linha da bola. A Itália tinha dificuldade para entrar na área adversária.
O primeiro tempo da partida foi sem lances de perigo. Na segunda etapa, a Itália começou melhor e criou alguns perigos para o gol adversário, mas foi a Suécia quem abriu o placar aos 17 minutos: Toivonen ajeitou de cabeça e Johansson – que tinha entrado minutos antes – chutou. A bola desviou em De Rossi e acabou enganando Buffon (1 a 0).
Depois do gol, os suecos se fecharam. Os minutos seguintes foram da Itália e Darmian quase empatou o jogo com um forte chute de fora da área, mas a bola bateu no poste. Em seguida a Suécia se defendeu com tranquilidade e manteve a vantagem até o fim.

Escalação da Itália (3-5-2)
Buffon
Barzagli, Bonucci, Chiellini
Candreva, Parolo, De Rossi, Verratti (Insigne), Darmian
Belotti (Eder), Immobile


Shkoder, 9 de Outubro de 2017, ALBÂNIA  0 X 1  ITÁLIA

Marcador: Candreva aos 28 st.

A última rodada do Grupo G das Eliminatórias não valia muito em termos de classificação para o Mundial na Rússia porque a líder Espanha já estava garantida na Copa e a Itália já tinha um lugar garantido na repescagem.
Apesar de apresentar, mais uma vez, um jogo muito fraco, a Seleção Italiana conseguiu derrotar a Albânia com o placar de 1 a 0. O gol da vitória veio aos 28 minutos do segundo tempo quando, após um cruzamento de Spinazzola, a defesa da Albânia se atrapalhou e Candreva, deixado sozinho, se aproveitou e colocou para dentro do gol de Berisha.
Na repescagem, a ser disputada no próximo mês de Novembro, a Itália deverá encontrar uma entre as quatro seleções seguintes: Suécia, Grécia, Irlanda e Irlanda do Norte. O adversário será sorteado nos próximos dias.

Escalação da Itália (4-4-2)
Buffon
Darmian (Zappacosta), Bonucci, Chiellini, Spinazzola
Candreva, Parolo, Gagliardini, Insigne (El Shaarawy)
Immobile, Eder (Gabbiadini)


Turim, 6 de Outubro de 2017, ITÁLIA  1 X 1  MACEDÔNIA

Marcadores: Chiellini aos 40 pt e Trajkovski aos 32 st.

A Seleção da Itália, apesar de apresentar um futebol burocrático e de poucas emoções, conseguiu passar em vantagem aos 40 minutos do primeiro tempo quando Insigne tocou para Immobile na área, que ajeitou para Chiellini bater por baixo do goleiro e balançar as redes (1 a 0).
Mesmo jogando contra um adversário frágil, a Itália pareceu se contentar com a vitória por 1 a 0 e voltou para o segundo tempo em ritmo ainda mais lento. Sem criar jogadas de perigo, viu a Macedônia se animar com a possibilidade de reverter o resultado.
O gol do empate veio aos 32 minutos. Pandev, que atua no Genoa, passou para Trajkovski, que atua no Palermo, bater cruzado e deixar tudo igual (1 a 1). No fim, os italianos ainda ensaiaram uma pressão, mas não levaram perigo ao gol macedônio.
Quando ainda falta uma rodada para terminar as partidas do Grupo G, a Espanha com 25 pontos já está classificada para o Mundial da Rússia. A Itália, segunda com 20 pontos, deverá participar da repescagem.

Escalação da Itália (3-4-3)
Buffon
Barzagli (Rugani), Bonucci, Chiellini
Zappacosta, Parolo, Gagliardini (Cristante), Darmian
Verdi (Bernardeschi), Immobile, Insigne


Reggio Emilia, 5 de Setembro de 2017, ITÁLIA  1 X 0  ISRAEL

Marcador: Immobile aos 8 st.

Atuando em casa, a Seleção Italiana teve enormes dificuldades para superar a defesa de Israel, mas conseguiu arrancar uma suada vitória por 1 a 0, nesta terça-feira, em partida realizada na cidade de Reggio Emilia.
A Itália abriu o placar aos 8 minutos do segundo tempo. Candreva avançou pela direita, foi à linha de fundo e cruzou para Immobile que cabeceou firme no meio do gol, sem chances para o goleiro.
Com o resultado, a Itália ocupa a segunda posição no Grupo G com 19 pontos, três atrás da líder Espanha. A Albânia é terceira com 13 pontos. Tudo indica que a Itália terminará as Eliminatórias em segundo lugar e deverá passar pela repescagem europeia para se classificar para o Mundial 2018.

Escalação da Itália (4-2-4)
Buffon
Conti (Zappacosta), Barzagli, Astori, Darmian
De Rossi, Verratti (Montolivo)
Candreva (Bernardeschi), Immobile, Belotti, Insigne


Madri, 2 de Setembro de 2017, ESPANHA  3 X 0  ITÁLIA

Marcadores: Isco aos 13 pt e aos 40 pt e Morata aos 32 st.

Em um jogo crucial pela liderança do Grupo G das Eliminatórias para o Mundial 2018, a Espanha derrotou a Itália sem grandes dificuldades, por 3 a 0, neste sábado, em Madri, e deu um passo importante para a classificação para o Mundial. Isco foi o destaque da partida ao anotar dois gols. Morata fechou o placar e decretou a primeira derrota dos italianos nestas eliminatórias.
Vale citar que a Espanha encerrou uma invencibilidade impressionante de 56 jogos da Itália em eliminatórias, tanto para o Mundial quanto para a EuroCopa. A última derrota tinha acontecido em 6 de Setembro de 2006 para a França, fora de casa.
Com o triunfo, a Espanha chegou aos 19 pontos e se isolou na liderança da chave. A Itália está na segunda colocação, com 16 pontos, seguida pela Albânia com 12 pontos. O primeiro de cada um dos nove grupos vai diretamente para o Mundial, enquanto os oito melhores segundos colocados fazem um mata-mata para decidir os outros quatro classificados.

Escalação da Itália (4-2-4)
Buffon
Darmian, Barzagli, Bonucci, Spinazzola
De Rossi, Verratti
Candreva (Bernardeschi), Immobile (Gabbiadini), Belotti (Eder), Insigne


Udine, 11 de Junho de 2017, ITÁLIA  5 X 0  LIECHTENSTEIN

Marcadores: Insigne aos 35 pt, Belotti aos 6 st, Eder aos 29 st, Bernardeschi aos 38 st e Gabbiadini aos 46 st.

No primeiro tempo, a Seleção Italiana teve dificuldade para vencer a forte marcação dos visitantes e marcou somente um gol, com Insigne, aos 35 minutos. No entanto, no segundo tempo, o cansaço bateu no Liechtenstein e isto ajudou a equipe de Ventura a construir um placar elástico: Belotti, Bernardeschi, Eder e Gabbiadini marcaram mais quatro gols.
Com a vitória, a Itália chegou a 16 pontos no Grupo G das Eliminatória para o Mundial 2018. A pontuação é a mesma da Espanha, que bateu a Macedônia por 2 a 1 fora de casa, mas os italianos ficam atrás no saldo de gols: Espanha +18, Itália +14. A próxima partida do Grupo G, no próximo 2 de Setembro, será justamente entre a Itália e a Espanha e poderá decidir a primeira posição da chave que dá vaga direta para a Copa do Mundo.

Escalação da Itália (4-2-4)
Buffon
Darmian, Barzagli, Chiellini, Spinazzola
Pellegrini, De Rossi
Candreva (Bernardeschi), Immobile (Eder), Belotti (Gabbiadini), Insigne


Palermo, 24 de Março de 2017, ITÁLIA  2 X 0  ALBÂNIA

Marcadores: De Rossi de pênalti aos 12 pt e Immobile aos 25 st.

Sem apresentar um futebol envolvente, a Seleção Italiana fez apenas o necessário para bater a Albânia que tem poucas pretensões neste Grupo G. O primeiro gol do jogo saiu aos 12 minutos do primeiro tempo, quando o volante De Rossi converteu pênalti sofrido pela revelação do Torino Andrea Belotti.
Depois, a Itália tratou apenas de administrar o resultado e só conseguiu ampliar aos 25 minutos da etapa complementar, quando o atacante Immobile marcou de cabeça. Com a vitória, a Itália segue empatada com a Espanha na liderança do grupo G, agora com 13 pontos. No entanto, a Espanha leva grande vantagem no saldo de gols: 17 a 9. Dada a fragilidade das outras equipes do Grupo, é provável que a vaga direta para o Mundial seja decidida no próximo dia 2 de setembro, quando a Espanha receberá a Itália. Quem ficar em segundo lugar terá de disputar a repescagem.
O jogo desta sexta-feira também marcou a milésima partida de Buffon na carreira. Aos 39 anos de idade, um dos maiores goleiros da história do futebol, vestiu a camisa da Juventus em 612 ocasiões, a do Parma em 220 e a da Itália em 168.

Escalação da Itália (4-2-4)
Buffon
Zappacosta, Barzagli, Bonucci, De Sciglio
De Rossi, Verratti
Candreva, Immobile, Belotti, Insigne


Vaduz, 12 de Novembro de 2016, LIECHTENSTEIN  0 X 4  ITÁLIA

Marcadores: Belotti aos 11 pt, Immobile aos 12 pt, Candreva aos 32 pt e Belotti aos 44 pt.

Jogando fora de casa contra o pior time do grupo G das eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2018, a Itália fez a sua obrigação e goleou o Liechtenstein por 4 a 0, neste sábado.
Todos os gols da Itália foram marcados no primeiro tempo. O técnico Gianpiero Ventura tinha escalado o seu time com quatro atacantes (Candreva, Immobile, Belotti e Bonaventura), e a tática funcionou.
Belotti abriu o placar aos 11 minutos de jogo. No minuto seguinte, Immobile deixou a sua marca. Aos 32 minutos, foi a vez de Candreva. E ainda sobrou tempo para Belotti, com assistência de Bonaventura, marcar pela segunda vez na partida. No segundo tempo, o jogo caiu de rendimento, e a Itália se acomodou com o resultado conquistado na primeira etapa.
Deve-se notar que seis jogadores do Milan foram convocados para esta partida: Donnarumma, Romagnoli, De Sciglio, Antonelli, Bonaventura e Lapadula. Três deles começaram a partida jogando: Romagnoli, De Sciglio e Bonaventura.

Escalação da Itália (4-2-4)
Buffon
Zappacosta, Bonucci, Romagnoli, De Sciglio
De Rossi, Verratti
Candreva (Eder), Immobile (Zaza), Belotti, Bonaventura (Insigne)


Skopje, 9 de Outubro de 2016, MACEDÔNIA  2 X 3  ITÁLIA

Marcadores: Belotti aos 24 pt, Nestorovski aos 12 st, Hasani aos 14 st e Immobile aos 30 st e aos 46 st.

No sofrimento, a Itália bateu a Macedônia, neste domingo, por 3 a 2, na cidade de Skopje, em jogo válido pela terceira rodada do Grupo G das Eliminatórias do Mundial de 2018.
A Itália dominou o primeiro tempo e tirou o zero do marcador aos 24 minutos quando Bernardeschi cobrou escanteio e Belotti pegou de pé direito e marcou o gol do 0 a 1. É o seu primeiro gol com a Seleção Italiana.
Já no segundo tempo a Itália sofreu um apagão e viu os donos da casa virarem o placar com gols de Nestorovski e Hasani (2 a 1). Por pouco a Azzurra não tomou o terceiro gol quando o zagueiro Mojsov obrigou o goleiro Buffon a fazer difícil defesa em cabeceada perigosa.
No entanto, embora a Macedônia estivesse dominando a partida, a Itália mostrou forças e buscou a reação. Aos 30 minutos, Candreva cruzou rasteiro na área e Immobile desviou para empatar o jogo (2 a 2). Já nos acréscimos, Candreva cruzou no segundo poste e Immobile subiu livre, meteu a cabeça na bola e garantiu a vitória da Itália fora de casa (2 a 3).

Escalação da Itália (3-5-2)
Buffon
Barzagli, Bonucci, Romagnoli
Candreva, Bernardeschi (Sansone), Verratti, Bonaventura (Parolo), De Sciglio
Immobile, Belotti (Eder)


Turim, 6 de Outubro de 2016, ITÁLIA  1 X 1  ESPANHA

Marcadores: Vitolo aos 10 st e De Rossi de pênalti aos 37 st.

Itália e Espanha empataram por 1 a 1 em jogo válido pela segunda rodada das eliminatórias do Mundial de 2018. Os espanhóis buscaram o gol mais que os italianos e conseguiram abrir o placar aos 10 minutos da segunda etapa após falha grotesca de Buffon que saiu do gol para fazer o corte de um passe em profundidade, mas acabou furando feio. A bola ficou com Vitolo que só empurrou para o gol vazio: 0 a 1!
Após sofrer o gol, a Itália não teve outra escolha a não ser sair em busca do empate e, aos 37 minutos, foi a vez do capitão espanhol Sergio Ramos falhar. Ele derrubou o atacante ítalo-brasileiro Eder dentro da área e o juiz, depois de consultar o auxiliar, apontou para a marca do pênalti. Na cobrança, De Rossi teve tranquilidade, cobrou com perfeição e empatou: 1 a 1.
No primeiro tempo, o milanista Montolivo sofreu dura entrada de Sergio Ramos e deixou o campo de maca. Ele rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e deverá ser operado. O tempo estimado para a recuperação é de seis meses.

Escalação da Itália (3-5-2)
Buffon
Barzagli, Bonucci, Romagnoli
Florenzi, Montolivo (Bonaventura), De Rossi, Parolo (Belotti), De Sciglio
Pellé (Immobile), Eder


Haifa, 5 de Setembro de 2016, ISRAEL  1 X 3  ITÁLIA

Marcadores: Pellé aos 14 pt, Candreva de pênalti aos 31 pt, Ben Haim aos 35 pt e Immobile aos 38 st.

A Seleção Italiana começou nesta segunda-feira a sua caminhada para o Mundial de 2018 com o novo treinador Giampiero Ventura que substituiu Antonio Conte, jogando contra a Seleção de Israel, fora de casa, na cidade de Haifa.
A partida começou bem para os italianos. Aos 14 minutos, o milanista Antonelli chegou à linha de fundo e cruzou para Pellé marcar. Aos 31 minutos, o outro milanista Bonaventura foi derrubado na área. O juiz concedeu o pênalti que foi convertido com precisão por Candreva. Este segundo gol parecia dar tranquilidade ao time italiano, mas isso não ocorreu.
Logo aos 35 minutos, após falha defensiva de Chiellini, o israelense Ben Haim anotou um golaço, por cobertura, da entrada da área (1 a 2). A situação dos italianos ficou ainda mais dramática aos 9 minutos da segunda etapa, quando Chiellini cometeu falta sobre um adversário e recebeu o segundo cartão amarelo, sendo expulso de campo, pela primeira vez nas suas 90 partidas jogadas com a camisa da Seleção Italiana.
Mas a Itália conseguiu controlar a pressão de Israel e fechou o placar com Immobile aos 38 minutos (1 a 3).

Escalação da Itália (3-5-2)
Buffon
Barzagli, Bonucci, Chiellini
Candreva (Florenzi), Parolo, Verratti, Bonaventura (Ogbonna), Antonelli
Pellé, Eder (Immobile)


para o Banco de Dados Voltar para o Banco de Dados

logotipo do Milan
Valid XHTML 1.1!   Valid CSS!