milan milan milan milan-brasil milan milan milan
para o Banco de Dados Voltar para o Banco de Dados

ELIMINATÓRIAS DA ITÁLIA PARA A COPA DO MUNDO DE 2010

GRUPO 8: Itália, Irlanda, Bulgária, Montenegro, Geórgia e Chipre

 6 Setembro   2008:    Chipre         1 X 2  Itália
                       Geórgia        1 X 2  Irlanda
                       Montenegro     2 X 2  Bulgária

10 Setembro   2008:    Itália         2 X 0  Geórgia
                       Montenegro     0 X 0  Irlanda

11 Outubro    2008:    Bulgária       0 X 0  Itália
                       Geórgia        1 X 1  Chipre

15 Outubro    2008:    Itália         2 X 1  Montenegro
                       Irlanda        1 X 0  Chipre
                       Geórgia        0 X 0  Bulgária

11 Fevereiro  2009:    Irlanda        2 X 1  Geórgia

28 Março      2009:    Montenegro     0 X 2  Itália
                       Chipre         2 X 1  Geórgia
                       Irlanda        1 X 1  Bulgária

 1 Abril      2009:    Itália         1 X 1  Irlanda
                       Bulgária       2 X 0  Chipre
                       Geórgia        0 X 0  Montenegro

 6 Junho      2009:    Chipre         2 X 2  Montenegro
                       Bulgária       1 X 1  Irlanda

 5 Setembro   2009:    Geórgia        0 X 2  Itália
                       Chipre         1 X 2  Irlanda
                       Bulgária       4 X 1  Montenegro

 9 Setembro   2009:    Itália         2 X 0  Bulgária
                       Montenegro     1 X 1  Chipre

10 Outubro    2009:    Irlanda        2 X 2  Itália
                       Chipre         4 X 1  Bulgária
                       Montenegro     2 X 1  Geórgia

14 Outubro    2009:    Itália         3 X 2  Chipre
                       Irlanda        0 X 0  Montenegro
                       Bulgária       6 X 2  Geórgia
CLASSIFICAÇÃO DO GRUPO 8
  Pontos Jogos Gols
ITÁLIA 24 10 18 - 7
IRLANDA 18 10 12 - 8
BULGÁRIA 14 10 17 - 13
CHIPRE 9 10 14 - 16
MONTENEGRO 9 10 9 - 14
GEÓRGIA 3 10 7 - 19

A ITÁLIA se classifica para o Mundial 2010.

Jogos da ITÁLIA

Parma, Quarta-feira 14 de Outubro de 2009, ITÁLIA  3 X 2  CHIPRE

Marcadores: Okkas aos 12pt, Michail aos 3 pt e Gilardino aos 34 st, aos 36 st e aos 47 st.

Já classificada para a Copa do Mundo, a Itália encerrou sua participação nas Eliminatórias com uma vitória nos acréscimos, contra o Chipre, na cidade de Parma.
O cipriota Okkas abriu o placar da partida aos 12 minutos do primeiro tempo e Michail ampliou a vantagem dos visitantes aos 3 minutos do segundo tempo. Até os 30 minutos da segunda etapa, parecia que a Itália sairia derrotada, mas Gilardino, que no último Sábado já tinha marcado o gol da classificação para o Mundial 2010, brilhou e marcou três gols (aos 34 minutos, aos 36 minutos e aos 47 minutos), dando a vitória à Seleção Italiana.

Escalação da Itália (4-3-3)
Buffon
Santon, Gamberini, Cannavaro, Bocchetti
Gattuso, D'Agostino (De Rossi), Pepe (Camoranesi)
Rossi (Di Natale), Gilardino, Quagliarella


Dublin, Irlanda, Sábado 10 de Outubro de 2009, IRLANDA  2 X 2  ITÁLIA

Marcadores: Whelan aos 7pt, Camoranesi aos 26 pt, Ledger aos 41 st e Gilardino aos 44 st.

A Seleção Italiana empatou com a Irlanda, em Dublin, e garantiu a classificação para a Copa do Mundo de 2010 na África do Sul. O jogo foi equilibrado e com um final emocionante. Com o empate, a Azzurra chegou aos 21 pontos, assegurando a primeira colocação do Grupo 8. A Irlanda, com 17, garantiu o segundo lugar e uma vaga na repescagem.
Logo aos 7 minutos do primeiro tempo, a Irlanda saiu na frente com Whelan, mas Camoranesi empatou aos 26 minutos.
Em seguida o jogo se manteve equilibrado até aos 41 minutos do segundo tempo quando Ledger, em cobrança de falta, aproveitou um vacilo da defesa italiana e, sozinho, empurrou de peixinho a bola para as redes de Buffon.
Os irlandeses já festejavam a chance de se classificar para o Mundial sem ter que disputar a repescagem, mas a Itália empatou novamente aos 44 minutos: Gilardino recebeu de Iaquinta na área e acertou o gol (2 a 2) garantindo assim a classificação para o Mundial 2010.

Escalação da Itália (4-2-3-1)
Buffon
Zambrotta, Legrottaglie, Chiellini, Grosso (Bocchetti)
De Rossi, Palombo
Camoranesi, Pirlo, Di Natale (Gilardino)
Iaquinta


Turim, Quarta-feira 9 de Setembro de 2009, ITÁLIA  2 X 0  BULGÁRIA

Marcadores: Grosso aos 11 pt e Iaquinta aos 39 pt.

Com dois gols de jogadores da Juventus, a Itália derrotou a Bulgária por 2 a 0, nesta Quarta-feira, no estádio Olímpico de Turim.
O lateral-esquerdo Grosso, recém-contratado pela Juventus junto ao Lyon, “estreou” na casa do seu novo clube em grande estilo. Aos 11 minutos do primeiro tempo, após avançar pela ponta, ele tocou para Pirlo no meio e correu na área. O meia do Milan, de primeira, lhe devolveu a bola nos pés e Grosso só teve o trabalho de fazer o gol que abriu o placar (1 a 0).
Tranquila na partida, a seleção italiana ampliou aos 39 minutos do primeiro tempo, com um gol de outro atleta da Juventus, Iaquinta, após triangulação espetacular com Gilardino (2 a 0).
No segundo tempo, o time do técnico Marcello Lippi administrou o resultado e cozinhou a partida até o apito final. Se a Itália empatar o próximo jogo contra a Irlanda, fora de casa, se classificará matematicamente para o Mundial de 2010 na África do Sul.

Escalação da Itália (4-3-1-2)
Buffon
Zambrotta, Cannavaro, Chiellini, Grosso
Camoranesi, De Rossi, Marchisio (Pepe)
Pirlo
Iaquinta (D'Agostino), Gilardino (Rossi)


Tbilisi, Geórgia, Sábado 5 de Setembro de 2009, GEÓRGIA  0 X 2  ITÁLIA

Marcadores: gols-contra de Kaladze aos 11 st e aos 21 st.

Com uma enorme ajuda do zagueiro milanista Kaladze, que fez dois gols-contra, a Itália derrotou a Geórgia por 2 a 0, neste Sábado, fora de casa. Com este resultado, a Azzurra segue na liderança do grupo com 17 pontos, um à frente da Irlanda que derrotou a seleção do Chipre por 2 a 1.
Depois de um primeiro tempo sem muitas emoções, Geórgia e Itália voltaram com tudo para segunda etapa. Aos 11 minutos, o meia Palombo arriscou de fora da área e o zagueiro e capitão georgiano Kaladze, desviou de cabeça marcando gol-contra (0 a 1).
Atrás do marcador, a Geórgia se lançou ao ataque e abriu espaços para os contra-ataques italianos. Aos 21minutos, após cruzamento de Criscito, Kaladze foi tentar cortar a jogada e, de forma bisonha, colocou, mais uma vez, a bola dentro da própria rede (0 a 2).

Escalação da Itália (4-4-2)
Buffon
Zambrotta, Cannavaro, Chiellini, Criscito
Marchionni (D'Agostino), Pirlo, Palombo, Camoranesi (Santon)
Iaquinta, Rossi (Quagliarella)


Bari, Quarta-feira 1° de Abril de 2009, ITÁLIA  1 X 1  IRLANDA

Marcadores: Iaquinta aos 11 pt e Keane aos 43 st.

A partida começou nos piores dos modos para a seleção italiana. De fato, logo após três minutos de jogo, o atacante Pazzini foi expulso após dar uma cotovelada no irlandês O'Shea, que deixou o gramado sangrando. Assim a Itália jogou praticamente toda a partida com um jogador a menos.
Apesar de estar em inferioridade numérica, a Itália abriu o placar aos 11 minutos do primeiro tempo com Iaquinta que desviou para o gol um ótimo cruzamento do lateral Grosso.
Com a vantagem, o time do técnico Lippi recuou e foi pressionado na maior parte do jogo. E, de tanto insistir, a Irlanda chegou à igualdade quando faltavam poucos minutos para acabar o jogo: o goleiro irlandês Shay Given deu um chutão para frente e a bola chegou ao companheiro Keane que teve condições de marcar o gol do empate. Este resultado manteve a Itália na liderança do Grupo 8 com dois pontos de vantagem sobre a Irlanda. Itália 14 pontos, Irlanda 12 pontos.

Escalação da Itália (4-2-1-3)
Buffon
Zambrotta, Cannavaro, Chiellini, Grosso
De Rossi, Brighi
Pirlo (Palombo)
Pepe (Dossena), Pazzini, Iaquinta (Rossi)


Podgorica, Montenegro, Sábado 28 de Março de 2009, MONTENEGRO  0 X 2  ITÁLIA

Marcadores: Pirlo de pênalti aos 11 pt e Pazzini aos 29 st.

A Seleção Italiana não teve dificuldades para bater o Montenegro por 2 a 0, fora de casa, em Podgorica, e agora lidera o Grupo 8 das Eliminatórias Européias para o Mundial de 2010 (Itália 13 pontos, Irlanda 11 pontos).
A Itália passou em vantagem logo aos 11 minutos do primeiro tempo quando o zagueiro montenegrino Batak cortou uma bola com a mão dentro da sua grande área e o milanista Pirlo converteu o pênalti. O segundo gol foi marcado por Pazzini aos 29 minutos do segundo tempo com uma cabeceada perfeita após cruzamento do companheiro Pepe. Pazzini acabara de estrear na Seleção Italiana 15 minutos antes!

Escalação da Itália (4-2-3-1)
Buffon
Zambrotta, Cannavaro, Chiellini, Grosso
Palombo, De Rossi
Quagliarella, Pirlo (Brighi), Di Natale (Pepe)
Iaquinta (Pazzini)


Lecce, Quarta-feira 15 de Outubro de 2008, ITÁLIA  2 X 1  MONTENEGRO

Marcadores: Aquilani aos 8 pt, Vucinic aos 19 pt e Aquilani aos 28 pt.

A seleção da Itália tinha derrotado Chipre com dois gols de Di Natale e a Geórgia com dois de De Rossi. Nesta Quarta-feira ganhou do Montenegro com dois gols de Aquilani.
A Itália começou a partida pressionando o Montenegro e chegou com facilidade ao gol aos 8 minutos do primeiro tempo. Gattuso lançou Di Natale, que foi à linha de fundo e rolou para Aquilani abrir o placar.
No entanto, com o gol, a Azzurra diminuiu o ritmo e acabou sofrendo o empate aos 19 minutos. O gol foi marcado por Vucinic, atacante da Roma.
O empate despertou novamente os italianos que, depois de pressionar bastante, passaram novamente em vantagem aos 28 minutos, Dossena cruzou e a bola sobrou para Aquilani, que soltou uma bomba de direita. A bola desviou em Tanasijevic e entrou.
No segundo tempo, os italianos diminuíram o ritmo mais uma vez, mas, desta vez, seguraram o resultado.

Escalação da Itália (4-2-3-1)
Amelia
Zambrotta, Cannavaro, Chiellini, Dossena (Bonera)
Gattuso, De Rossi
Pepe, Aquilani (Perrotta), Di Natale (Quagliarella)
Gilardino


Sófia, Bulgária, Sábado 11 de Outubro de 2008, BULGÁRIA  0 X 0  ITÁLIA

A seleção da Itália conseguiu um empate sem gols com a Bulgária, fora de casa, na cidade de Sófia. Este resultado deve ser considerado positivo dado que a Itália jogou sem cinco titulares (Buffon, Grosso, Pirlo, Camoranesi e Iaquinta), todos lesionados. Com este empate a Itália manteve a liderança do Grupo 8, com sete pontos. Em segundo vem a Irlanda, que soma quatro, mas tem uma partida a menos.
Foi um jogo de baixo nível técnico. As poucas chances de perigo criadas na partida aconteceram na segunda etapa quando Gilardino, De Rossi e Berbatov (jogador búlgaro que joga no Manchester United) perderam boas chances.

Escalação da Itália (4-3-3)
Amelia
Zambrotta, Cannavaro, Chiellini, Dossena
Gattuso, De Rossi, Montolivo (Perrotta)
Pepe, Gilardino (Toni), Di Natale (Rossi)


Udine, Quarta-feira 10 de Setembro de 2008, ITÁLIA  2 X 0  GEÓRGIA

Marcadores: De Rossi aos 16 pt e aos 45 st.

A Itália recebeu nesta Quarta-feira, na cidade de Udine, a frágil seleção da Geórgia, e ganhou facilmente os três pontos apesar de não ter jogado bem. O destaque do jogo foi o romanista De Rossi que marcou os dois gols.
O resultado, que foi apertado até o finzinho, não refletiu o amplo domínio dos italianos, que fizeram seu primeiro gol aos 16 minutos do primeiro tempo, com uma bomba de fora da área do volante da Roma. A bola entrou no ângulo. Um golaço.
A partir daí, a “Azzurra” dominou e colecionou chances para ampliar, mas somente aos 45 minutos do segundo tempo conseguiu balançar novamente a rede: Del Piero achou De Rossi livre na área. O romanista bateu cruzado e fechou o placar.

Escalação da Itália (4-3-3)
Buffon
Zambrotta, Cannavaro, Legrottaglie, Dossena
Pirlo (Palombo), De Rossi, Aquilani
Camoranesi, Toni (Iaquinta), Di Natale (Del Piero)


Larnaca, Chipre, Sábado 6 de Setembro de 2008, CHIPRE  1 X 2  ITÁLIA

Marcadores: Di Natale aos 8 pt, Aloneftis aos 28 pt e Di Natale aos 47 st.

A estréia da Seleção Italiana nas eliminatórias para o Mundial de 2010 na África do Sul foi mais difícil que o esperado. A “Azzurra” conseguiu derrotar a fraca seleção de Chipre somente aos 47 minutos do segundo tempo.
A Itália saiu na frente aos 8 minutos de jogo com Di Natale em um belo chute de fora da área, mas acabou vendo a seleção cipriota empatar ainda na etapa inicial, com Aloneftis.
Tudo levava a crer que as duas equipes ficariam mesmo no empate por 1 a 1, mas Di Natale deu a vitória para a seleção de Marcelo Lippi nos instantes finais de jogo. No minuto derradeiro da partida, o atacante recebeu passe de Camoranesi e não perdoou, definido o triunfo por 2 a 1.

Escalação da Itália (4-3-3)
Buffon
Zambrotta, Cannavaro, Gamberini (Barzagli), Grosso (Cassetti)
Camoranesi, Pirlo, De Rossi
Gilardino, Toni (Gattuso), Di Natale


para o Banco de Dados Voltar para o Banco de Dados

logotipo do Milan
Valid XHTML 1.1!   Valid CSS!