milan milan milan milan-brasil milan milan milan
para o Banco de Dados Voltar para o Banco de Dados

Copa Itália 2015/16 (JUVENTUS Campeã)

FINAL

Roma, 21 Maio 2016:     JUVENTUS     1 - 0  MILAN (após prorrogação)

A JUVENTUS ganha a Copa Itália 2015/16.

SEMIFINAIS

Jogos de ida:

26 Janeiro    2016:     ALESSANDRIA  0 - 1  MILAN

27 Janeiro    2016:     JUVENTUS     3 - 0  INTER

Jogos de volta:

1° Março      2016:     MILAN        5 - 0  ALESSANDRIA

 2 Março      2016:     INTER        3 - 0  JUVENTUS (após prorrogação)
                                                     (A JUVENTUS ganha 5 a 3 nos pênaltis)

MILAN e JUVENTUS se classificam para a Final.

QUARTAS-DE-FINAL

13 Janeiro    2016:     MILAN        2 - 1  CARPI

18 Janeiro    2016:     SPEZIA       1 - 2  ALESSANDRIA

19 Janeiro    2016:     NAPOLI       0 - 2  INTER

20 Janeiro    2016:     LAZIO        0 - 1  JUVENTUS

MILAN, ALESSANDRIA, INTER e JUVENTUS se classificam para as Semi-finais.

OITAVAS-DE-FINAL

15 Dezembro   2015:     GENOA        1 - 2  ALESSANDRIA  (após prorrogação)
                        INTER        3 - 0  CAGLIARI

16 Dezembro   2015:     ROMA         0 - 0  SPEZIA  (O Spezia ganha 4 a 2 nos pênaltis)  
                        FIORENTINA   0 - 1  CARPI
                        NAPOLI       3 - 0  VERONA
                        JUVENTUS     4 - 0  TORINO

17 Dezembro   2015:     LAZIO        2 - 1  UDINESE
                        SAMPDORIA    0 - 2  MILAN

MILAN, LAZIO, INTER, NAPOLI, JUVENTUS, ALESSANDRIA, SPEZIA e CARPI se classificam para as Quartas-de Final.

2° TURNO

1° Dezembro   2015:     MILAN        3 - 1  CROTONE  (após prorrogação)
                        TORINO       4 - 1  CESENA
                        SPEZIA       2 - 0  SALERNITANA

 2 Dezembro   2015:     PALERMO      2 - 3  ALESSANDRIA
                        UDINESE      3 - 1  ATALANTA
                        VERONA       1 - 0  PAVIA

 3 Dezembro   2015:     SASSUOLO     0 - 1  CAGLIARI
                        CARPI        2 - 1  VICENZA

1° TURNO

14 Agosto     2015:     BOLOGNA      0 - 1  PAVIA
                        CROTONE      1 - 0  TERNANA

15 Agosto     2015:     ATALANTA     3 - 0  CITTADELLA
                        SASSUOLO     2 - 0  MODENA
                        TRAPANI      1 - 1  CAGLIARI (O CAGLIARI ganha 4 a 2 nos pênaltis)
                        VERONA       3 - 1  FOGGIA
                        FROSINONE    0 - 0  SPEZIA   (O SPEZIA   ganha 6 a 5 nos pênaltis)
                        PALERMO      2 - 1  AVELLINO
                        ALESSANDRIA  1 - 0  JUVE STABIA
                        EMPOLI       0 - 1  VICENZA

16 Agosto     2015:     UDINESE      3 - 1  NOVARA
                        TORINO       4 - 1  PESCARA
                        CARPI        2 - 0  LIVORNO (após prorrogação)

17 Agosto     2015:     MILAN        2 - 0  PERUGIA
                        CHIEVO       0 - 1  SALERNITANA (após prorrogação)

20 Agosto     2015:     CATANIA      1 - 4  CESENA

Jogos do Milan

Roma, Sábado 21 de Maio de 2016: JUVENTUS  1 X 0  MILAN (após prorrogação)

Marcador: Murata aos 5 st da prorrogação.

Nesta final da Copa da Itália, o treinador Brocchi deixou de lado o esquema 4-3-1-2 e escalou o Milan no 4-3-3, com Bonaventura e Honda abertos e Bacca sendo o único atacante. Dessa forma, o Milan complicava a saída de bola da Juventus, com Kucka que anulava Pogba, principal criador do time adversário.
A Juventus não conseguia sair da forte marcação do Milan que estava melhor no jogo, dominava a partida. Infelizmente os jogadores rubro-negras estavam com o pé descalibrado nas finalizações.
Aos 5 minutos do segundo tempo da prorrogação, quando parecia que o jogo ia para a disputa de pênaltis, em um contra-ataque puxado por Lemina, Cuadrado recebeu a bola pela ponta-direita e acertou um belíssimo cruzamento para o espanhol Morata que emendou de primeira, sem chances para Donnarumma.
Com esta derrota, o Milan não participará de nenhuma Copa Europeia pelo terceiro ano seguido. De fato, a última vaga para a Europa League será do Sassuolo que terminou o Campeonato Italiano na 6ª posição, na frente do Milan.

Escalação do Milan (4-3-3)
Donnarumma
Calabria, Zapata, Romagnoli, De Sciglio
Poli (Niang), Montolivo (José Mauri), Kucka (Balotelli)
Honda, Bacca, Bonaventura


Milão, Terça-feira 1° de Março de 2016: MILAN  5 X 0  ALESSANDRIA

Marcadores: Menez aos 20 pt, Romagnoli aos 24 pt, Menez aos 39 pt, Romagnoli aos 35 st e Balotelli aos 44 st.

Nessa terça-feira, Milan e Alessandria se enfrentaram no estádio San Siro em partida de volta das semifinais da Copa Itália e, após ter ganho o primeiro jogo por 1 a 0, o Milan voltou a vencer, mas desta vez em grande estilo. A equipe de Milão aplicou um sonoro 5 a 0, com dois gols de Menez, dois de Romagnoli e um de Balotelli, garantindo a classificação para a final do torneio que será disputada em Roma, no dia 21 de Maio, contra a Juventus.
Deve-se notar que Romagnoli marcou os seus primeiros com a camisa do Milan e que Menez não marcava um gol há quase 11 meses.

Escalação do Milan (4-4-2)
Abbiati
De Sciglio, Zapata, Romagnoli, Antonelli
Honda, Poli, Kucka (José Mauri), Bonaventura (Boateng)
Menez (Bacca), Balotelli


Turim, Terça-feira 26 de Janeiro de 2016: ALESSANDRIA  0 X 1  MILAN

Marcador: Balotelli de pênalti aos 43 pt.

O Milan não deu show, mas fez o suficiente para bater o Alessandria, time da terceira divisão do futebol italiano, e sair na frente no primeiro jogo da semifinal da Copa Itália, na noite desta terça-feira, em Turim. Com gol de Mario Balotelli, de pênalti, o Milan venceu por 1 a 0 e garantiu vantagem para o jogo decisivo, marcado para o dia 1° de março, no estádio San Siro.
A novidade da partida ficou por conta do retorno de Luiz Adriano ao time rubro-negro. O centroavante tinha acertado com o Jiangsu Suning, da China, mas acabou voltando para a Itália. O brasileiro tinha sido recebido pela torcida no aeroporto em Nanjing e tinha posado para fotos com o cachecol do clube, mas recusou a proposta na hora de assinar o contrato com os chineses.
O Milan abriu o placar aos 43 minutos do primeiro quando Morero cometeu pênalti em Antonelli e Balotelli converteu a cobrança, com um chute forte de perna direita. No segundo tempo o Milan dominou grande parte do jogo e poderia ter ampliado aos 35 minutos, quando Poli arriscou de fora da área e a bola balançou a rede, mas a arbitragem assinalou um impedimento e não convalidou. Alguns minutos mais tarde, o Milan teve outra chance de ampliar o placar mas Niang acertou a trave.

Escalação do Milan (4-4-2)
Abbiati
De Sciglio, Zapata, Romagnoli, Antonelli
Honda, Poli, José Mauri (Montolivo), Boateng (Kucka)
Balotelli (Niang), Luiz Adriano


Milão, Quarta-feira 13 de Janeiro de 2016: MILAN  2 X 1  CARPI

Marcadores: Bacca aos 14 pt, Niang aos 28 pt e Mancosu aos 5 st.

Nesta quarta-feira, o Milan bateu o Carpi por 2 a 1 no estádio San Siro e está nas semifinais da Copa Itália. O Milan tem grandes chances de alcançar a final dado que na semifinal encontrará o vencedor do confronto entre Spezia, time da Série B, e o Alessandria que milita na Terceira Divisão.
O primeiro gol do Milan saiu aos 14 minutos do primeiro tempo quando Honda passou em profundidade para Bacca que driblou o goleiro e, de letra, tocou para o fundo das redes (1 a 0). Mesmo com a vantagem no placar, o Milan seguiu em cima do Carpi que, por sua vez, não mostrava reação e dava muitos espaços. Aos 28 minutos, Bacca fez ótima jogada em velocidade e cruzou para a área onde Niang dominou e finalizou para o fundo do gol (2 a 0).
Na segunda etapa, aos 5 minutos, Lasagna fez jogada individual, passou por De Sciglio e rolou no meio da área para Mancosu que apenas empurrou para o gol na saída de Abbiati (2 a 1).
O Milan sentiu um pouco o gol, começou a cometer erros e o Carpi começou a acreditar num possível empate. Mas, aos poucos, o Milan recuperou o domínio do jogo e garantiu a vitória até o apito final do árbitro.

Escalação do Milan (4-4-2)
Abbiati
De Sciglio, Zapata, Romagnoli, Antonelli
Honda, Kucka (Bertolacci), Montolivo, Bonaventura
Niang (Boateng), Bacca


Genova, Quinta-feira 17 de Dezembro de 2015: SAMPDORIA  0 X 2  MILAN

Marcadores: Niang aos 5 st e Bacca aos 48 st.

O Milan está nas quartas-de-final da Copa Itália. A classificação veio com uma vitória sobre a Sampdoria, por 2 a 0, nesta quinta-feira, em Gênova. O Milan tem agora um caminho em teoria muito tranquilo para chegar até à final. O adversário das quartas será o Carpi que atualmente é o vice-lanterna da Série A. Se o Milan eliminar o Carpi em Janeiro, o rival da semifinal sairá do confronto entre o Spezia, da Série B, e o Alessandria, da Terceira Divisão.
Após um primeiro tempo com poucas chances claras de gol, na segunda etapa o panorama mudou quando o Milan forçou um pouco a marcação e passou em vantagem aos 5 minutos. Bertolacci recuperou bola no meio de campo e tocou para Bacca que dominou e deu belo passe para Niang, que só tocou na saída do goleiro Viviano.
Em seguida, as coisas se complicaram ainda mais para a Sampdoria, já que o zagueiro Zukanovic cometeu falta em Kucka, reclamou muito com o árbitro e foi expulso.
Já nos acréscimos, Honda fez boa jogada e tocou para Bacca que dominou, driblou um defensor e fez o segundo gol do Milan que selou a sua classificação.

Escalação do Milan (4-4-2)
Abbiati
Abate, Mexes, Romagnoli, De Sciglio
Cerci (Honda), Kucka, Bertolacci (José Mauri), Bonaventura (Poli)
Niang, Bacca


Milão, Terça-feira 1° de Dezembro de 2015: MILAN  3 X 1  CROTONE (após prorrogação)

Marcadores: Luiz Adriano aos 2 st, Budimir aos 23 st, Bonaventura aos 16 do pt da prorrogação e Niang aos 10 st da prorrogação.

Na partida desta Terça-feira, o treinador Mihajlovic não escalou nenhum titular. Utilizou onze reservas contra o Crotone, time da Segunda Divisão Italiana.
No primeiro tempo, o Milan encontrou muitas dificuldades mesmo jogando em casa e viu o Crotone se aproximar do gol. O veterano Abbiati precisou trabalhar para manter o gol intacto.
Na segunda etapa, logo aos 2 minutos, Luiz Adriano recebeu um passe em profundidade, driblou o goleiro e chutou para o fundo das redes (1 a 0). Mas aos 23 minutos o Crotone empatou com Budimir que driblou Zapata e chutou forte fazendo a alegria de mais de cinco mil torcedores do Crotone presentes no estádio San Siro (1 a 1).
A este ponto Mihajlovic percebeu que o Milan corria o risco de ser eliminado da Copa Itália e substituiu Nocerino, Suso e José Mauri com três titulares: Bonaventura, Montolivo e Niang. E foram estes três jogadores que deram a vitória ao Milan na prorrogação. Bonaventura marcou o gol do 2 a 1 em cobrança de falta e Niang fez o gol do 3 a 1 após passe de Montolivo.

Escalação do Milan (4-3-3)
Abbiati
Calabria, Mexes, Zapata, De Sciglio
Poli, José Mauri (Montolivo), Nocerino (Bonaventura)
Suso (Niang), Luiz Adriano, Honda


Milão, Segunda-feira 17 de Agosto de 2015: MILAN  2 X 0  PERUGIA

Marcadores: Honda aos 10 pt e Luiz Adriano aos 28 pt.

No primeiro jogo oficial desta temporada, o Milan não teve grandes dificuldades para derrotar o Perugia, por 2 a 0, no estádio San Siro, e avançar para a próxima fase da Copa Itália. Enfrentará mais um time da Série B, o Crotone, na primeira semana de Dezembro.
O recém-contratado brasileiro Luiz Adriano teve atuação destacada fazendo um gol e dando um belo corta-luz no outro. Ambos os gols foram marcados no primeiro tempo.
Atuando diante de sua torcida, o Milan partiu para cima do adversário e abriu o placar logo aos 10 minutos com Honda. Luiz Adriano fez um corta-luz na entrada da área e o japonês chutou sem chances para o goleiro.
Depois, aos 28 minutos, Honda retribuiu o favor e rolou a bola para o brasileiro na área: ele girou o corpo e chutou rasteiro para marcar o seu primeiro gol oficial.

Escalação do Milan (4-3-1-2)
Diego Lopez
De Sciglio, Ely, Romagnoli, Antonelli
Bertolacci, De Jong, Bonaventura (Poli)
Honda (Menez)
Luiz Adriano, Bacca


para o Banco de Dados Voltar para o Banco de Dados

logotipo do Milan
Valid XHTML 1.1!   Valid CSS!