milan milan milan milan-brasil milan milan milan
para o Banco de Dados Voltar para o Banco de Dados

CHAMPIONS LEAGUE 2011/12 (CHELSEA Campeão)

FINAL

19 Maio 2012, Munique, Alemanha: CHELSEA  1 X 1  BAYERN DE MUNIQUE (O Chelsea ganha 4 a 3 nos pênaltis)

O Chelsea ganha a Champions League 2011/12.

Semifinais

JOGOS DE IDA:

17 Abril      2012:  Bayern de Munique   2 X 1    Real Madrid

18 Abril      2012:  Chelsea             1 X 0    Barcelona

JOGOS DE VOLTA:

24 Abril      2012:  Barcelona           2 X 2    Chelsea

25 Abril      2012:  Real Madrid         2 X 1    Bayern de Munique (O Bayern ganha 3 a 1 nos pênatis)

Chelsea e Bayern de Munique se classificam para a Final.

Quartas de Final

JOGOS DE IDA:

27 Março      2012:  Apoel               0 X 3    Real Madrid
                     Benfica             0 X 1    Chelsea

28 Março      2012:  MILAN               0 X 0    Barcelona
                     Olympique Marselha  0 X 2    Bayern de Munique

JOGOS DE VOLTA:

 3 Abril      2012:  Barcelona           3 X 1    MILAN
                     Bayern de Munique   2 X 0    Olympique Marselha

 4 Abril      2012:  Real Madrid         5 X 2    Apoel
                     Chelsea             2 X 1    Benfica

Barcelona, Real Madrid, Bayern de Munique e Chelsea se classificam para as Semifinais.

Oitavas-de-Final

JOGOS DE IDA:

14 Fevereiro  2012:  Lyon                1 X 0    Apoel Nicosia
                     Bayer Leverkusen    1 X 3    Barcelona

15 Fevereiro  2012:  MILAN               4 X 0    Arsenal
                     Zenit S Petersburgo 3 X 2    Benfica

21 Fevereiro  2012:  NAPOLI              3 X 1    Chelsea
                     CSKA Moscou         1 X 1    Real Madrid

22 Fevereiro  2012:  Basel               1 X 0    Bayern de Munique
                     Olympique Marselha  1 X 0    INTER

JOGOS DE VOLTA:

 6 Março      2012:  Arsenal             3 X 0    MILAN
                     Benfica             2 X 0    Zenit S Petersburgo

 7 Março      2012:  Apoel Nicosia       1 X 0    Lyon (O Apoel ganha 4 a 3 nos pênaltis)
                     Barcelona           7 X 1    Bayer Leverkusen

13 Março      2012:  Bayern de Munique   7 X 0    Basel
                     INTER               2 X 1    Olympique de Marselha

14 Março      2012:  Chelsea             4 X 1    NAPOLI (após prorrogação)
                     Real Madrid         4 X 1    CSKA Moscou

MILAN, Benfica, Barcelona, Apoel Nicosia, Bayern de Munique, Olympique de Marselha, Real Madrid e Chelsea se classificam para as Quartas-de-final.

1a Fase

1ª Fase - CHAVE A - Napoli (Itália), Bayern de Munique (Alemanha), Manchester City (Inglaterra) e Villarreal (Espanha)

14 Setembro 2011:  Manchester City      1 X 1  Napoli
                   Villarreal           0 X 2  Bayern Munique

27 Setembro 2011:  Bayern Munique       2 X 0  Manchester City
                   Napoli               2 X 0  Villarreal

18 Outubro  2011:  Manchester City      2 X 1  Villarreal
                   Napoli               1 X 1  Bayern Munique

 2 Novembro 2011:  Bayern Munique       3 X 2  Napoli
                   Villarreal           0 X 3  Manchester City

22 Novembro 2011:  Napoli               2 X 1  Manchester City
                   Bayern Munique       3 X 1  Villarreal

 7 Dezembro 2011:  Manchester City      2 X 0  Bayern Munique
                   Villarreal           0 X 2  Napoli
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
BAYERN DE MUNIQUE 13 11 - 6
NAPOLI 11 10 - 6
MANCHESTER CITY 10 9 - 6
VILLARREAL 0 2 - 14

O BAYERN DE MUNIQUE e o NAPOLI se classificam para as Oitavas-de-final.


1ª Fase - CHAVE B - Inter (Itália), Lille (França), CSKA Moscou (Rússia) e Trabzonspor (Turquia)

14 Setembro 2011:  Lille                2 X 2  CSKA Moscou
                   Inter                0 X 1  Trabzonspor

27 Setembro 2011:  Trabzonspor          1 X 1  Lille
                   CSKA Moscou          2 X 3  Inter

18 Outubro  2011:  Lille                0 X 1  Inter
                   CSKA Moscou          3 X 0  Trabzonspor

 2 Novembro 2011:  Trabzonspor          0 X 0  CSKA Moscou
                   Inter                2 X 1  Lille

22 Novembro 2011:  CSKA Moscou          0 X 2  Lille
                   Trabzonspor          1 X 1  Inter

 7 Dezembro 2011:  Lille                0 X 0  Trabzonspor
                   Inter                1 X 2  CSKA Moscou
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
INTER 10 8 - 7
CSKA MOSCOU 8 9 - 8
TRABZONSPOR 7 3 - 5
LILLE 6 6 - 6

A INTER e o CSKA MOSCOU se classificam para as Oitavas-de-final.


1ª Fase - CHAVE C - Manchester United (Inglaterra), Benfica (Portugal), Basel (Suíça) e Otelul Galati (Romênia)

14 Setembro 2011:  Basel                2 X 1  Otelul Galuti
                   Benfica              1 X 1  Manchester United

27 Setembro 2011:  Manchester United    3 X 3  Basel
                   Otelul Galuti        0 X 1  Benfica

18 Outubro  2011:  Basel                0 X 2  Benfica
                   Otelul Galuti        0 X 2  Manchester United

 2 Novembro 2011:  Manchester United    2 X 0  Otelul Galuti
                   Benfica              1 X 1  Basel

22 Novembro 2011:  Otelul Galuti        2 X 3  Basel
                   Manchester United    2 X 2  Benfica

 7 Dezembro 2011:  Basel                2 X 1  Manchester United
                   Benfica              1 X 0  Otelul Galuti
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
BENFICA 12 8 - 4
BASEL 11 11 - 10
MANCHESTER UNITED 9 11 - 8
OTELUL GALUTI 0 3 - 11

O BENFICA e o BASEL se classificam para as Oitavas-de-final.


1ª Fase - CHAVE D - Real Madrid (Espanha), Ajax (Holanda), Dínamo Zagreb (Croácia) e Lyon (França)

14 Setembro 2011:  Dínamo Zagreb        0 X 1  Real Madrid
                   Ajax                 0 X 0  Lyon

27 Setembro 2011:  Lyon                 2 X 0  Dínamo Zagreb
                   Real Madrid          3 X 0  Ajax

18 Outubro  2011:  Dínamo Zagreb        0 X 2  Ajax
                   Real Madrid          4 X 0  Lyon

 2 Novembro 2011:  Lyon                 0 X 2  Real Madrid
                   Ajax                 4 X 0  Dínamo Zagreb

22 Novembro 2011:  Real Madrid          6 X 2  Dínamo Zagreb
                   Lyon                 0 X 0  Ajax

 7 Dezembro 2011:  Dínamo Zagreb        1 X 7  Lyon
                   Ajax                 0 X 3  Real Madrid
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
REAL MADRID 18 19 - 2
LYON 8 9 - 7
AJAX 8 6 - 6
DÍNAMO ZAGREB 0 3 - 22

O REAL MADRID e o LYON se classificam para as Oitavas-de-final.

O LYON se classifica em segundo lugar por ter melhor diferença-gol. LYON: +2, AJAX: 0.


1ª Fase - CHAVE E - Chelsea (Inglaterra), Valência (Espanha), Bayer Leverkusen (Alemanha) e Genk (Bélgica)

13 Setembro 2011:  Chelsea              2 X 0  Bayer Leverkusen
                   Genk                 0 X 0  Valência

28 Setembro 2011:  Valência             1 X 1  Chelsea
                   Bayer Leverkusen     2 X 0  Genk

19 Outubro  2011:  Chelsea              5 X 0  Genk
                   Bayer Leverkusen     2 X 1  Valência

 1 Novembro 2011:  Valência             3 X 1  Bayer Leverkusen
                   Genk                 1 X 1  Chelsea

23 Novembro 2011:  Bayer Leverkusen     2 X 1  Chelsea
                   Valência             7 X 0  Genk

 6 Dezembro 2011:  Chelsea              3 X 0  Valência
                   Genk                 1 X 1  Bayer Leverkusen
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
CHELSEA 11 13 - 4
BAYER LEVERKUSEN 10 8 - 8
VALÊNCIA 8 12 - 7
GENK 3 2 - 16

O CHELSEA e o BAYER LEVERKUSEN se classificam para as Oitavas-de-final.


1ª Fase - CHAVE F - Arsenal (Inglaterra), Olympique Marselha (França), Borussia Dortmund (Alemanha) e Olympiakos Pireus (Grécia)

13 Setembro 2011:  Olympiakos Pireus    0 X 1  Olympique Marselha
                   Borussia Dortmund    1 X 1  Arsenal

28 Setembro 2011:  Arsenal              2 X 1  Olympiakos Pireus
                   Olympique Marselha   3 X 0  Borussia Dortmund

19 Outubro  2011:  Olympiakos Pireus    3 X 1  Borussia Dortmund
                   Olympique Marselha   0 X 1  Arsenal

 1 Novembro 2011:  Arsenal              0 X 0  Olympique Marselha
                   Borussia Dortmund    1 X 0  Olympiakos Pireus

23 Novembro 2011:  Olympique Marselha   0 X 1  Olympiakos Pireus
                   Arsenal              2 X 1  Borussia Dortmund

 6 Dezembro 2011:  Olympiakos Pireus    3 X 1  Arsenal
                   Borussia Dortmund    2 X 3  Olympique Marselha
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
ARSENAL 11 7 - 6
OLYMPIQUE MARSELHA 10 7 - 4
OLYMPIAKOS PIREUS 9 8 - 6
BORUSSIA DORTMUND 4 6 - 12

O ARSENAL e o OLYMPIQUE MARSELHA se classificam para as Oitavas-de-final.


1ª Fase - CHAVE G - Porto (Portugal), Apoel Nicosia (Chipre), Shakhtar Donetsk (Ucrânia) e Zenit São Petersburgo (Rússia)

13 Setembro 2011:  Porto                2 X 1  Shakhtar Donetsk
                   Apoel Nicosia        2 X 1  Zenit S Petersburgo

28 Setembro 2011:  Zenit S Petersburgo  3 X 1  Porto
                   Shakhtar Donetsk     1 X 1  Apoel Nicosia

19 Outubro  2011:  Porto                1 X 1  Apoel Nicosia
                   Shakhtar Donetsk     2 X 2  Zenit S Petersburgo

 1 Novembro 2011:  Zenit S Petersburgo  1 X 0  Shakhtar Donetsk
                   Apoel Nicosia        2 X 1  Porto

23 Novembro 2011:  Shakhtar Donetsk     0 X 2  Porto
                   Zenit S Petersburgo  0 X 0  Apoel Nicosia

 6 Dezembro 2011:  Porto                0 X 0  Zenit S Petersburgo
                   Apoel Nicosia        0 X 2  Shakhtar Donetsk
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
APOEL NICOSIA 9 6 - 6
ZENIT SÃO PETERSBURGO 9 7 - 5
PORTO 8 7 - 7
SHAKHTAR DONETSK 5 6 - 8

O APOEL NICOSIA e o ZENIT SÃO PETERSBURGO se classificam para as Oitavas-de-final.

O APOEL NICOSIA se classifica em primeiro lugar por ganhar (2 a 1) nos confrontos diretos.


1ª Fase - CHAVE H - Milan (Itália), Barcelona (Espanha), Bate Borisov (Bielorrússia) e Viktoria Plzen (República Checa)

13 Setembro 2011:  Barcelona            2 X 2  Milan
                   Viktoria Plzen       1 X 1  Bate Borisov

28 Setembro 2011:  Bate Borisov         0 X 5  Barcelona
                   Milan                2 X 0  Viktoria Plzen

19 Outubro  2011:  Barcelona            2 X 0  Viktoria Plzen
                   Milan                2 X 0  Bate Borisov

 1 Novembro 2011:  Bate Borisov         1 X 1  Milan
                   Viktoria Plzen       0 X 4  Barcelona

23 Novembro 2011:  Milan                2 X 3  Barcelona
                   Bate Borisov         0 X 1  Viktoria Plzen

 6 Dezembro 2011:  Barcelona            4 X 0  Bate Borisov
                   Viktoria Plzen       2 X 2  Milan
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
BARCELONA 16 20 - 4
MILAN 9 11 - 8
VIKTORIA PLZEN 5 4 - 11
BATE BORISOV 2 2 - 14

MILAN e BARCELONA se classificam para as Oitavas-de-final.

Jogos do Milan

Barcelona, Terça-feira 3 de Abril de 2012: BARCELONA 3  X  1 MILAN

Marcadores: Messi de pênalti aos 11 pt, Nocerino aos 33 pt, Messi de pênalti aos 41 pt e Iniesta aos 8 st.

O Barcelona abriu o placar logo aos 11 minutos do primeiro tempo quando Lionel Messi roubou a bola a Mexes, perto da linha central do campo. O argentino correu em direção ao gol de Abbiati, passou para trás para Xavi, Antonini conseguiu recuperar a bola, mas se atrapalhou e cometeu pênalti no mesmo Messi que converteu.
O Milan demorou a se encontrar no jogo e tentava os contra-ataques. Num desses, aos 33 minutos, Nocerino recebeu ótimo passe de Ibrahimovic e bateu rasteiro na saída do goleiro Valdés para deixar tudo igual. A este ponto o Milan estava classificado para as Semifinais.
O jogo ficou movimentado e nervoso com chances para as duas equipes, mas o árbitro holandês Kuipers, aos 41 minutos, acabou interferindo no duelo e marcou um pênalti muito duvidoso (ele viu um puxão de camisa de Nesta em Busquets dentro da área) que gerou muitas reclamações dos milanistas. Messi cobrou e colocou o Barcelona novamente na frente. No segundo tempo Iniesta fez o gol do 3 a 1.

Escalação do Milan (4-3-1-2)
Abbiati
Abate, Mexes, Nesta, Antonini
Nocerino, Ambrosini, Seedorf (Aquilani)
Boateng (Pato e depois Maxi Lopes)
Ibrahimovic, Robinho


Milão, Quarta-feira 28 de Março de 2012: MILAN 0  X  0 BARCELONA

O Milan jogou nesta quarta-feira com muitos desfalques contra o Barcelona, o melhor time do mundo, pelas quartas-de-final da Champions League 2011/12. Sem Thiago Silva que se machucou no jogo do último sábado contra a Roma, sem Abate lesionado, sem Pato que se encontra nos Estados Unidos por uma consulta com um especialista de lesões musculares, e sem Van Bommel suspenso. Além disso, Nesta, Robinho e Boateng voltavam ao time após ausências mais ou menos longas.
Em partida amarrada, principalmente no segundo tempo, italianos e espanhóis ficaram no 0 a 0 e os torcedores do Milan saíram do estádio comemorando, como se tivessem ganhado o jogo. De fato, a partida era considerada muito difícil para o Milan, tanto que as casas de apostas pagavam 4.45 a vitória do Milan, 3.75 o empate e 1.75 a vitória do Barcelona.
Agora o Milan espera em um milagre na Espanha, na próxima terça-feira, para se classificar para as semi-finais.

Escalação do Milan (4-3-1-2)
Abbiati
Bonera, Mexes, Nesta (Mesbah), Antonini
Nocerino, Ambrosini, Seedorf
Boateng (Emanuelson)
Ibrahimovic, Robinho (El Shaarawy)


Londres, Inglaterra, Terça-feira 6 de Março de 2012: ARSENAL 3  X  0 MILAN

Marcadores: Koscielny aos 7 pt, Rosicky aos 26 pt e Van Persie de pênalti aos 43 pt.

No primeiro tempo o Arsenal foi avassalador, atropelou o Milan e chegou ao intervalo com a vantagem de 3 a 0. Se o Milan levasse mais um, teria de disputar a prorrogação.
Koscielny abriu o placar logo aos 7 minutos. Após cobrança de escanteio, ele aproveitou cochilo de Abate para cabecear sozinho na pequena área e marcar o gol do 1 a 0.
Marcando forte no campo de ataque, o Arsenal não deixava o Milan sequer passar do meio-campo. Aos 26 minutos, Walcott fez o que quis com Mesbah pela direita e cruzou rasteiro. Thiago Silva cortou muito mal e deu a bola de presente para Rosicky marcar o gol do 2 a 0.
A postura agressiva do Arsenal somada ao apoio da torcida deixou o Milan nitidamente nervoso. Ibrahimovic e Robinho praticamente não participavam da partida, enquanto jogadores como Nocerino e Van Bommel não facilitavam em nada as ações da defesa. A virada histórica, que antes da partida era vista como impossível, parecia questão de tempo. Sensação que ficou ainda mais forte aos 43 minutos quando Chamberlain foi derrubado por Mesbah dentro da área. O árbitro demorou, mas marcou pênalti, cobrado com perfeição por Van Persie: 3 a 0 num primeiro tempo em que só uma equipe jogou: o Arsenal.
Na etapa final, o Milan melhorou, conseguiu segurar o adversário e garantiu a passagem para as quartas-de-final.

Escalação do Milan (4-3-1-2)
Abbiati
Abate, Mexes, Thiago Silva, Mesbah (Bonera)
Nocerino, Van Bommel, Emanuelson
Robinho
Ibrahimovic, El Shaarawy (Aquilani)


Milão, Quarta-feira 15 de Fevereiro de 2012: MILAN 4  X  0 ARSENAL

Marcadores: Boateng aos 15 pt, Robinho aos 38 pt e aos 4 st, Ibrahimovic de pênalti aos 34 st.

Se nos últimos tempos Robinho ouviu mais críticas do que elogios pelas suas atuações, nesta quarta-feira ele se vingou de todas as críticas recebidas. Diante de um adversário de peso como o Arsenal, Robinho assumiu o papel de protagonista no Milan, balançou as redes duas vezes e ajudou o time a abrir uma excelente vantagem no jogo de ida das oitavas-de-final da Champions League.
O primeiro gol do Milan foi marcado aos 15 minutos do primeiro tempo pelo ganês Boateng que recebeu excelente lançamento de Nocerino, matou no peito e fuzilou. A bola bateu no travessão e morreu dentro da meta do goleiro Szczesny (1 a 0).
O Arsenal tinha muitas dificuldades para trocar passes no campo ofensivo e deixava muitos espaços ao Milan, tanto que, aos 38 minutos, Ibrahimovic recebeu passe na ponta-esquerda, fugiu da marcação de um adversário e cruzou na cabeça de Robinho. O brasileiro não perdoou e ampliou (2 a 0).
No segundo tempo, o Arsenal não resistiu ao forte ritmo do Milan e sofreu o terceiro gol logo aos 4 minutos. Ibrahimovic carregou a bola até a entrada da área e rolou para Robinho, que acertou bonita finalização no canto direito (3 a 0). O show ficou completo aos 34 minutos, quando Ibrahimovic marcou o dele convertendo pênalti (4 a 0).

Escalação do Milan (4-3-1-2)
Abbiati
Abate, Mexes, Thiago Silva, Antonini
Nocerino, Van Bommel, Seedorf (Emanuelson)
Boateng (Ambrosini)
Ibrahimovic, Robinho (Pato)


Praga, República Tcheca, Terça-feira 6 de Dezembro de 2011: VIKTORIA PLZEN 2  X  2 MILAN

Marcadores: Pato aos 2 st, Robinho aos 3 st, Bystron aos 44 st e Duris aos 48 st.

Nesta Terça-feira o Milan jogou contra o Viktoria Plzen uma partida que não valia mais nada. De fato, o primeiro lugar no Grupo não podia mais ser alcançado e o segundo lugar estava assegurado. Por isso o treinador Allegri fez descansar vários jogadores, escalando aqueles que até agora tinham jogado menos.
O Milan passou em vantagem aos 2 minutos do segundo tempo: Pato recebeu a bola de Robinho, invadiu a área, passou pelo goleiro e abriu o placar. No minuto seguinte, Pato retribuiu o presente, armando toda a jogada para Robinho concluir com tranquilidade dentro da área, marcando o segundo do Milan.
O Milan seguiu dominando, mas pouco a pouco foi relaxando e dando espaço aos donos da casa. Com isso o Viktoria marcou o primeiro gol aos 44 minutos e empatou nos acréscimos.
Deve-se notar que no segundo tempo o jovem Bryan Cristante, 16 anos, substituiu Robinho e tornou-se o mais jovem jogador do Milan a estrear na Champions League.
Agora o Milan espera que o sorteio para as Oitavas-de-final lhe seja favorável. O Milan pode pegar um entre esses seis times, listados em ordem de dificuldade: Real Madrid, Bayern de Munique, Chelsea, Arsenal, Benfica e Apoel de Chipre.

Escalação do Milan (4-3-1-2)
Amelia
De Sciglio, Bonera, Mexes, Taiwo (Zambrotta)
Emanuelson, Ambrosini, Nocerino (Thiago Silva)
Seedorf
Pato, Robinho (Cristante)


Milão, Quarta-feira 23 de Novembro de 2011: MILAN 2  X  3 BARCELONA

Marcadores: Van Bommel gol-contra aos 14 pt, Ibrahimovic aos 20 pt, Messi de pênalti aos 31 pt, Boateng aos 9 st e Xavi Hernandez aos 18 st.

Com uma grande exibição de Lionel Messi, o Barcelona bateu o Milan por 3 a 2 e garantiu o primeiro lugar no Grupo H da Champions League.
Apoiado pela sua torcida, o Milan começou dificultando o toque de bola do Barcelona. Aos poucos, porém, o time espanhol foi ganhando terreno, passou a controlar a partida e chegou ao gol aos 14 minutos. Messi mostrou ótima visão de jogo e achou Keita sem marcação, nas costas da defesa do Milan. O volante bateu cruzado para o meio da área e, antes que a bola chegasse a Xavi, Van Bommel tentou o corte e marcou gol-contra (0 a 1).
O Milan não se abateu e deu o troco aos 20 minutos. Aquilani lançou Seedorf, que rolou para Ibrahimovic bater na saída do goleiro Valdés (1 a 1).
O jogo continuou bastante movimentado. Melhor postado e mais organizado, o Barcelona fez o segundo gol aos 31 minutos com Messi cobrando pênalti. De acordo com os jornalistas, este pênalti foi um presente do juiz (1 a 2).
No intervalo Robinho foi substituído por Pato e o gol de empate saiu aos 9 minutos em uma jogada individual de Boateng que surpreendeu Abidal com um toque de calcanhar e em seguida bateu forte entre o goleiro e a trave (2 a 2).
A alegria dos italianos, no entanto, durou pouco. Aos 18 minutos, Messi voltou a fazer a diferença com um passe de precisão cirúrgica para Xavi no meio da defesa. Aí, foi só tocar na saída de Abbiati e correr para o abraço (2 a 3).
Após esta derrota, o Milan terá de se contentar com o segundo lugar no Grupo H e torcer por um sorteio amigável para não repetir o fiasco dos últimos anos quando foi sempre eliminado nas oitavas-de-final.

Escalação do Milan (4-3-1-2)
Abbiati
Abate, Nesta (Bonera), Thiago Silva, Zambrotta
Aquilani, Van Bommel (Nocerino), Seedorf
Boateng
Ibrahimovic, Robinho (Pato)


Minsk, Bielorrússia, Terça-feira 1° de Novembro de 2011: BATE BORISOV 1  X  1 MILAN

Marcadores: Ibrahimovic aos 22 pt e Bressan de pênalti aos 10 st.

Nesta Terça-feira, o Milan foi até a cidade de Minsk, na Bielorrússia, e empatou com o Bate Borisov, por 1 a 1. O sueco Ibrahimovic e o brasileiro Bressan, de pênalti, marcaram os gols do jogo, que não teve o atacante Cassano, internado em um hospital de Milão com suspeita de AVC, segundo a imprensa italiana.
Este empate deixa a equipe do técnico Allegri classificada de forma antecipada para as oitavas-de-final. O Milan deverá derrotar o Barcelona na próxima rodada se quiser chegar na primeira colocação no Grupo H e encontrar times mais fracos na próxima fase.

Escalação do Milan (4-3-1-2)
Abbiati
Abate, Nesta (Bonera), Thiago Silva, Taiwo
Aquilani (Seedorf), Ambrosini, Nocerino
Boateng
Ibrahimovic, Robinho (Ganz)


Milão, Quarta-feira 19 de Outubro de 2011: MILAN 2  X  0 BATE BORISOV

Marcadores: Ibrahimovic aos 33 pt e Boateng aos 25 st.

Nesta Quarta-feira o Milan não encontrou muitos problemas para derrotar o Bate Borisov, por 2 a 0, no estádio San Siro, pela terceira rodada da Champions League.
Os gols da partida foram marcados pelo centroavante sueco Ibrahimovic, aos 33 minutos do primeiro tempo, e pelo meia Boateng, aos 25 minutos da etapa final. O último, inclusive, foi um golaço: o ganês recebeu um lançamento, dominou com categoria e emendou uma bomba da entrada da área. A bola bateu no travessão e quicou já dentro do gol.

Escalação do Milan (4-3-1-2)
Abbiati
Abate, Nesta (Mexes), Bonera, Taiwo
Aquilani, Van Bommel, Nocerino
Boateng (Emanuelson)
Cassano (Robinho), Ibrahimovic


Milão, Quarta-feira 28 de Setembro de 2011: MILAN 2  X  0 VIKTORIA PLZEN

Marcadores: Ibrahimovic de pênalti aos 8 st e Cassano aos 21 st.

Com Ibrahimovic recuperado de lesão, o Milan derrotou o Viktoria Plsen da República Checa com o placar de 2 a 0, nesta quarta-feira, diante da sua torcida, no estádio San Siro. Com grande atuação, o atacante sueco marcou o primeiro gol e fez bela assistência para Cassano realizar o segundo.
Os checos não se intimidaram de frente ao Milan sete vezes campeão europeu e levaram perigo logo aos dois minutos de jogo. Abbiati foi obrigado a fazer uma defesa milagrosa para desviar em escanteio uma cabeceada de Bakos.
Refeito do susto, o Milan tratou de aumentar a posse de bola, na tentativa de surpreender o sólido sistema defensivo do Viktoria Pilsen, e finalmente conseguiu passar em vantagem aos 8 minutos do segundo tempo quando Cisovsky cometeu pênalti. Ibrahimovic cobrou e abriu o placar, deslocando o goleiro Cech.
Melhor jogador em campo, Ibrahimovic voltou a desequilibrar aos 21 minutos. Ele deixou Cassano cara a cara com o goleiro e o seu companheiro não perdoou, tocando na saída de Cech e fazendo Milan 2 a 0.

Escalação do Milan (4-3-1-2)
Abbiati
Abate (De Sciglio), Nesta, Thiago Silva, Antonini (Taiwo)
Nocerino, Van Bommel, Seedorf (Aquilani)
Emanuelson
Cassano, Ibrahimovic


Barcelona, Espanha, Terça-feira 13 de Setembro de 2011: BARCELONA 2  X  2 MILAN

Marcadores: Pato ao 1° pt, Pedro aos 36 pt, David Villa aos 5 st e Thiago Silva aos 47 st.

O Milan assustou o Barcelona após apenas 24 segundos de jogo. Os torcedores espanhóis mal se tinham acomodados nas cadeiras quando Pato se aproveitou de uma bobeira da defesa, viu uma avenida aberta, engatou a quinta marcha e tocou na saída do goleiro Valdéz para marcar o gol do 0 a 1.
A partir daí o Milan resolveu recuar: todo mundo na defesa esperando o adversário chegar. Os jogadores do Barcelona rolavam a bola de um lado para o outro, mas não encontravam uma brecha na sólida defesa milanista. O Milan resistiu até os 36 minutos, quando o craque Messi superou Abate e rolou para o meio onde Pedro, sozinho na pequena área, só teve o trabalho de tocar para o gol (1 a 1).
Aos 5 minutos do segundo tempo, o Barcelona passou em vantagem após cobrança de falta de David Villa (2 a 1).
O Milan não via a cor da bola, era acuado em seu campo defensivo, e só lhe restava lutar para não sofrer mais gols. Ultrapassar a linha do meio de campo era um esforço incrível. Messi levava a defesa rubro-negra à loucura com suas arrancadas.
Só que ter a posse de bola não significa que um time possa sair vencedor. O futebol é imprevisível, e o Barcelona foi castigado por subestimar o Milan. Aos 47 minutos, na sua última tentativa, o Milan ganhou um escanteio e Seedorf foi para a cobrança. A bola viajou pelo ar e encontrou a cabeça de Thiago Silva, que subiu mais alto que os defensores e com uma cabeceada fulminante empatou o jogo (2 a 2).
O empate foi justo, não pelo que o Milan criou, mas pelo fato do Barcelona ter subestimado um clube sete vezes campeão da Europa.

Escalação do Milan (4-3-1-2)
Abbiati
Abate, Nesta, Thiago Silva, Zambrotta
Nocerino, Van Bommel (Aquilani), Seedorf
Boateng (Ambrosini)
Pato, Cassano (Emanuelson)


para o Banco de Dados Voltar para o Banco de Dados

logotipo do Milan
Valid XHTML 1.1!   Valid CSS!