milan milan milan milan-brasil milan milan milan
para o Banco de Dados Voltar para o Banco de Dados

CHAMPIONS LEAGUE 2009/10 (INTER Campeã)

FINAL

22 Maio 2010, Madri, Espanha: INTER  2 X 0  BAYERN DE MUNIQUE

A INTER ganha a Champions League 2009/10.

Semifinais

JOGOS DE IDA:

20 Abril      2010:  Inter               3 X 1    Barcelona

21 Abril      2010:  Bayern de Munique   1 X 0    Lyon

JOGOS DE VOLTA:

27 Abril      2010:  Lyon                0 X 3    Bayern de Munique

28 Abril      2010:  Barcelona           1 X 0    Inter

INTER e BAYERN DE MUNIQUE se classificam para a Final.

Quartas de Final

JOGOS DE IDA:

30 Março      2010:  Lyon                3 X 1    Bordeaux
                     Bayern de Munique   2 X 1    Manchester United

31 Março      2010:  Inter               1 X 0    CSKA Moscou
                     Arsenal             2 X 2    Barcelona

JOGOS DE VOLTA:

 6 Abril      2010:  CSKA Moscou         0 X 1    Inter
                     Barcelona           4 X 1    Arsenal

 7 Abril      2010:  Bordeaux            1 X 0    Lyon
                     Manchester United   3 X 2    Bayern de Munique

BARCELONA, BAYERN DE MUNIQUE, INTER e LYON se classificam para as Semifinais.

Oitavas-de-Final

JOGOS DE IDA:

16 Fevereiro  2010:  Lyon                1 X 0    Real Madrid
                     MILAN               2 X 3    Manchester United

17 Fevereiro  2010:  Bayern de Munique   2 X 1    FIORENTINA
                     Porto               2 X 1    Arsenal

23 Fevereiro  2010:  Olimpiakos          0 X 1    Bordeaux
                     Stuttgart           1 X 1    Barcelona

24 Fevereiro  2010:  CSKA Moscou         1 X 1    Sevilha
                     INTER               2 X 1    Chelsea

JOGOS DE VOLTA:

 9 Março      2010:  FIORENTINA          3 X 2    Bayern de Munique
                     Arsenal             5 X 0    Porto

10 Março      2010:  Real Madrid         1 X 1    Lyon
                     Manchester United   4 X 0    MILAN

16 Março      2010:  Sevilha             1 X 2    CSKA Moscou
                     Chelsea             0 X 1    INTER

17 Março      2010:  Bordeaux            2 X 1    Olimpiakos
                     Barcelona           4 X 0    Stuttgart

BAYERN DE MUNIQUE, ARSENAL, MANCHESTER UNITED, INTER, BARCELONA, CSKA MOSCOU, BORDEAUX e LYON se classificam para as Quartas-de-final

1a Fase

1ª Fase - CHAVE A - Bayern de Munique (Alemanha), Juventus (Itália), Bordeaux (França) e Maccabi Haifa (Israel)

15 Setembro 2009:  Juventus             1 X 1  Bordeaux
                   Maccabi Haifa        0 X 3  Bayern de Munique

30 Setembro 2009:  Bayern de Munique    0 X 0  Juventus
                   Bordeaux             1 X 0  Maccabi Haifa

21 Outubro  2009:  Juventus             1 X 0  Maccabi Haifa
                   Bordeaux             2 X 1  Bayern de Munique

 3 Novembro 2009:  Bayern de Munique    0 X 2  Bordeaux
                   Maccabi Haifa        0 X 1  Juventus

25 Novembro 2009:  Bordeaux             2 X 0  Juventus
                   Bayern de Munique    1 X 0  Maccabi Haifa

 8 Dezembro 2009:  Juventus             1 X 4  Bayern de Munique
                   Maccabi Haifa        0 X 1  Bordeaux
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
BORDEAUX 16 9 - 2
BAYERN DE MUNIQUE 10 9 - 5
JUVENTUS 8 4 - 7
MACCABI HAIFA 0 0 - 8

O BORDEAUX e o BAYERN DE MUNIQUE se classificam para as Oitavas-de-final.


1ª Fase - CHAVE B - Manchester United (Inglaterra), Wolfsburg (Alemanha), Besiktas (Turquia) e CSKA Moscou (Rússia)

15 Setembro 2009:  Wolfsburg            3 X 1  CSKA Moscou
                   Besiktas             0 X 1  Manchester United

30 Setembro 2009:  Manchester United    2 X 1  Wolfsburg
                   CSKA Moscou          2 X 1  Besiktas

21 Outubro  2009:  Wolfsburg            0 X 0  Besiktas
                   CSKA Moscou          0 X 1  Manchester United

 3 Novembro 2009:  Manchester United    3 X 3  CSKA Moscou
                   Besiktas             0 X 3  Wolfsburg

25 Novembro 2009:  CSKA Moscou          2 X 1  Wolfsburg
                   Manchester United    0 X 1  Besiktas

 8 Dezembro 2009:  Wolfsburg            1 X 3  Manchester United
                   Besiktas             1 X 2  CSKA Moscou
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
MANCHESTER UNITED 13 10 - 6
CSKA MOSCOW 10 10 - 10
WOLFSBURG 7 9 - 8
BESIKTAS 4 3 - 8

O MANCHESTER UNITED e o CSKA MOSCOW se classificam para as Oitavas-de-final.


1ª Fase - CHAVE C - Milan (Itália), Real Madrid (Espanha), Olympique Marselha (França) e Zurique (Suíça)

15 Setembro 2009:  Zurique              2 X 5  Real Madrid
                   Olympique Marselha   1 X 2  Milan

30 Setembro 2009:  Milan                0 X 1  Zurique
                   Real Madrid          3 X 0  Olympique Marselha

21 Outubro  2009:  Zurique              0 X 1  Olympique Marselha
                   Real Madrid          2 X 3  Milan

 3 Novembro 2009:  Milan                1 X 1  Real Madrid
                   Olympique Marselha   6 X 1  Zurique

25 Novembro 2009:  Real Madrid          1 X 0  Zurique
                   Milan                1 X 1  Olympique Marselha

 8 Dezembro 2009:  Zurique              1 X 1  Milan
                   Olympique Marselha   1 X 3  Real Madrid
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
REAL MADRID 13 15 - 7
MILAN 9 8 - 7
OLYMPIQUE MARSELHA 7 10 - 10
ZURIQUE 4 5 - 14

O REAL MADRID e o MILAN se classificam para as Oitavas-de-final.


1ª Fase - CHAVE D - Chelsea (Inglaterra), Porto (Portugal), Atletico Madrid (Espanha) e Apoel Nicosia (Chipre)

15 Setembro 2009:  Chelsea              1 X 0  Porto
                   Atletico Madrid      0 X 0  Apoel Nicosia

30 Setembro 2009:  Apoel Nicosia        0 X 1  Chelsea
                   Porto                2 X 0  Atletico Madrid

21 Outubro  2009:  Chelsea              4 X 0  Atletico Madrid
                   Porto                2 X 1  Apoel Nicosia

 3 Novembro 2009:  Apoel Nicosia        0 X 1  Porto
                   Atletico Madrid      2 X 2  Chelsea

25 Novembro 2009:  Porto                0 X 1  Chelsea
                   Apoel Nicosia        1 X 1  Atletico Madrid

 8 Dezembro 2009:  Chelsea              2 X 2  Apoel Nicosia
                   Atletico Madrid      0 X 3  Porto
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
CHELSEA 14 11 - 4
PORTO 12 8 - 3
ATLETICO MADRID 3 3 - 12
APOEL NICOSIA 3 4 - 7

O CHELSEA e o PORTO se classificam para as Oitavas-de-final.


1ª Fase - CHAVE E - Liverpool (Inglaterra), Fiorentina (Itália), Lyon (França) e Debrecen (Hungria)

16 Setembro 2009:  Liverpool            1 X 0  Debrecen
                   Lyon                 1 X 0  Fiorentina

29 Setembro 2009:  Fiorentina           2 X 0  Liverpool
                   Debrecen             0 X 4  Lyon

20 Outubro  2009:  Liverpool            1 X 2  Lyon
                   Debrecen             3 X 4  Fiorentina

 4 Novembro 2009:  Fiorentina           5 X 2  Debrecen
                   Lyon                 1 X 1  Liverpool

24 Novembro 2009:  Debrecen             0 X 1  Liverpool
                   Fiorentina           1 X 0  Lyon

 9 Dezembro 2009:  Liverpool            1 X 2  Fiorentina
                   Lyon                 4 X 0  Debrecen
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
FIORENTINA 15 14 - 7
LYON 13 12 - 3
LIVERPOOL 7 5 - 7
DEBRECEN 0 5 - 19

A FIORENTINA e o LYON se classificam para as Oitavas-de-final.


1ª Fase - CHAVE F - Barcelona (Espanha), Inter (Itália), Dínamo Kiev (Ucrânia) e Rubin Kazan (Rússia)

16 Setembro 2009:  Inter                0 X 0  Barcelona
                   Dínamo Kiev          3 X 1  Rubin Kazan

29 Setembro 2009:  Rubin Kazan          1 X 1  Inter
                   Barcelona            2 X 0  Dínamo Kiev

20 Outubro  2009:  Inter                2 X 2  Dínamo Kiev
                   Barcelona            1 X 2  Rubin Kazan

 4 Novembro 2009:  Rubin Kazan          0 X 0  Barcelona
                   Dínamo Kiev          1 X 2  Inter

24 Novembro 2009:  Barcelona            2 X 0  Inter
                   Rubin Kazan          0 X 0  Dínamo Kiev

 9 Dezembro 2009:  Inter                2 X 0  Rubin Kazan
                   Dínamo Kiev          1 X 2  Barcelona
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
BARCELONA 11 7 - 3
INTER 9 7 - 6
RUBIN KAZAN 6 4 - 7
DÍNAMO KIEV 5 7 - 9

O BARCELONA e a INTER se classificam para as Oitavas-de-final.


1ª Fase - CHAVE G - Sevilha (Espanha), Glasgow Rangers (Escócia), Stuttgart (Alemanha) e Urziceni (Romênia)

16 Setembro 2009:  Stuttgart            1 X 1  Glasgow Rangers
                   Sevilha              2 X 0  Urziceni

29 Setembro 2009:  Urziceni             1 X 1  Stuttgart
                   Glasgow Rangers      1 X 4  Sevilha

20 Outubro  2009:  Stuttgart            1 X 3  Sevilha
                   Glasgow Rangers      1 X 4  Urziceni

 4 Novembro 2009:  Urziceni             1 X 1  Glasgow Rangers
                   Sevilha              1 X 1  Stuttgart

24 Novembro 2009:  Glasgow Rangers      0 X 2  Stuttgart
                   Urziceni             1 X 0  Sevilha

 9 Dezembro 2009:  Stuttgart            3 X 1  Urziceni
                   Sevilha              1 X 0  Glasgow Rangers
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
SEVILHA 13 11 - 4
STUTTGART 9 9 - 7
URZICENI 8 8 - 8
GLASGOW RANGERS 2 4 - 13

O SEVILHA e o STUTTGART se classificam para as Oitavas-de-final.


1ª Fase - CHAVE H - Arsenal (Inglaterra), Olimpiakos (Grécia), Standard Liege (Bélgica) e Alkmaar (Holanda)

16 Setembro 2009:  Olimpiakos           1 X 0  Alkmaar
                   Standard Liege       2 X 3  Arsenal

29 Setembro 2009:  Arsenal              2 X 0  Olimpiakos
                   Alkmaar              1 X 1  Standard Liege

20 Outubro  2009:  Olimpiakos           2 X 1  Standard Liege
                   Alkmaar              1 X 1  Arsenal

 4 Novembro 2009:  Arsenal              4 X 1  Alkmaar
                   Standard Liege       2 X 0  Olimpiakos

24 Novembro 2009:  Alkmaar              0 X 0  Olimpiakos
                   Arsenal              2 X 0  Standard Liege

 9 Dezembro 2009:  Olimpiakos           1 X 0  Arsenal
                   Standard Liege       1 X 1  Alkmaar
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
ARSENAL 13 12 - 5
OLIMPIAKOS 10 4 - 5
STANDARD LIEGE 5 7 - 9
ALKMAAR 4 4 - 8

O ARSENAL e o OLIMPIAKOS se classificam para as Oitavas-de-final.

Jogos do Milan

Manchester, Inglaterra, Quarta-feira 10 de Março de 2010: MANCHESTER UNITED  4 X 0  MILAN

Marcadores: Rooney aos 13 pt e ao 1° st, Park aos 14 st e Fletcher aos 43 st.

O Milan partiu para cima do Manchester United e logo no início teve duas boas chances para abrir o placar com Ronaldinho Gaúcho e Huntelaar. Mas a esperança de conseguir uma reviravolta durou somente 13 minutos.
De fato, na primeira vez que chegou ao ataque, o Manchester abriu o placar. Neville avançou pela direita e levantou a bola na área. Rooney, livre, subiu e cabeceou com estilo, no cantinho, sem chances para Abbiati (1 a 0).
No primeiro minuto da segunda etapa, Rooney fez 2 a 0, aproveitando um bom passe de Nani e tocando na saída de Abbiati.
O gol dinamitou o ímpeto do Milan, que levou o terceiro gol aos 14 minutos. Scholes tocou para Park, que entrou livre pelo lado direito da área. O sul-coreano bateu cruzado e fez o gol do 3 a 0, transformando a vitória em massacre.
A partir daí, o Milan jogou pela honra. Huntelaar, de cabeça, e Beckham, num chute de fora da área, estiveram perto de diminuir a desvantagem. Mas o Manchester deu o golpe de misericórdia aos 43 minutos. Rafael cruzou na área e Fletcher, de cabeça, encerrou o passeio (4 a 0).

Escalação do Milan (4-3-3)
Abbiati
Abate (Beckham), Bonera (Seedorf), Thiago Silva, Jankulovski
Flamini, Pirlo, Ambrosini
Huntelaar, Borriello (Inzaghi), Ronaldinho Gaúcho


Milão, Terça-feira 16 de Fevereiro de 2010: MILAN  2 X 3  MANCHESTER UNITED

Marcadores: Ronaldinho Gaúcho aos 3 pt, Scholes aos 36 pt, Rooney aos 21 st e aos 29 st, Seedorf aos 40 st.

O Milan saiu na frente logo aos 3 minutos do primeiro tempo. Após falta cobrada por Beckham, a bola sobrou para Ronaldinho Gaúcho, no lado esquerdo da área, que chutou de primeira. A bola desviou em um zagueiro e entrou no canto esquerdo do goleiro Van der Sar, que saiu para a direita (1 a 0).
Após o gol, o Milan seguiu dominando e teve ótimas chances de ampliar: aos 6 minutos com Ronaldinho; aos 9 minutos com Antonini; aos 33 minutos com Huntelaar. Mas os três erraram e o erro acabou custando caro ao Milan, que levou o castigo aos 36 minutos. Fletcher cruzou da direita para Scholes, que furou o chute com a perna direita, mas, com a canela esquerda, acertou o canto direito de Dida, que caiu atrasado e viu a bola bater no pé da trave e entrar no gol (1 a 1).
O Milan continuou pressionando no segundo tempo mas Wayne Rooney apareceu para marcar aos 21 minutos. Depois de cruzamento da direita, ele ganhou de Bonera pelo alto e cabeceou no canto esquerdo de Dida: 1 a 2.
O gol empolgou o Manchester e acuou o Milan, que acabou tomando o terceiro gol aos 29 minutos. Fletcher cruzou nas costas da zaga para Rooney receber livre e cabecear no canto direito alto de Dida: 1 a 3.
Com a boa vantagem no placar, o Manchester United tentou cozinhar a partida e se aproveitar do abatimento do Milan. No entanto, Ronaldinho Gaúcho fez boa jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para Seedorf. O holandês se antecipou ao zagueiro e, com um toque de letra magistral, marcou um golaço aos 40 minutos e pôs fogo na partida (2 a 3).
Logo no minuto seguinte, Ronaldinho deu ótimo passe para Inzaghi empatar, mas o atacante chutou por cima do gol, após receber na entrada da área.
No fim, o brasileiro Thiago Silva quase empatou de cabeça após escanteio cobrado pela direita. O placar ficou mesmo em 2 a 3.
Com este resultado, o Milan terá de ganhar por dois gols de diferença no confronto de volta, no próximo dia 10 de Março, em Manchester, na Inglaterra, para seguir vivo na competição.

Escalação do Milan (4-3-3)
Dida
Bonera, Nesta, Thiago Silva, Antonini (Favalli)
Beckham (Seedorf), Pirlo, Ambrosini
Pato, Huntelaar (Inzaghi), Ronaldinho Gaúcho


Zurique, Suíça, Terça-feira 8 de Dezembro de 2009: ZURIQUE  1 X 1  MILAN

Marcadores: Gajic aos 30 pt e Ronaldinho Gaúcho de pênalti aos 19 st.

Precisando vencer para não depender do resultado do jogo entre o Olympique de Marselha e o Real Madrid, o Milan entrou em campo com Seedorf no setor de criação, municiando o trio ofensivo formado por Pato, Ronaldinho Gaúcho e Borriello.
O Milan começou apático e, aos 30 minutos, Gajic bateu falta no cantinho e colocou os suíços em vantagem (1 a 0). O Milan voltou melhor para o segundo tempo e chegou ao empate aos 19 minutos. Borriello sofreu pênalti de Rochat, que foi expulso no lance. Ronaldinho bateu bem, deslocando o goleiro, e deixou tudo igual (1 a 1).
Com um a mais, o Milan ficou mandando no jogo, mas, apesar de tentar muito, não conseguiu fazer o gol da vitória e o jogo terminou empatado em 1 a 1.
Por sorte do Milan, o Real Madrid derrotou o Olympique e os rubro-negros terminaram em segundo lugar na chave. Real Madrid 13, Milan 9, Olympique 7. Caso tivesse vencido, o Olympique teria roubado o segundo lugar do Milan.
O Milan aguarda agora o sorteio do próximo dia 18, quando conhecerá o adversário das Oitavas-de-final. Será um entre os seguintes 6 times, todos muito perigosos: Chelsea de Carlo Ancelotti, Arsenal, Manchester United, Barcelona, Sevilha e Bordeaux.

Escalação do Milan (4-2-1-3)
Dida
Abate, Nesta, Thiago Silva (Kaladze), Antonini
Pirlo, Ambrosini (Flamini)
Seedorf
Pato, Borriello (Inzaghi), Ronaldinho Gaúcho


Milão, Quarta-feira 25 de Novembro de 2009: MILAN  1 X 1  OLYMPIQUE MARSELHA

Marcadores: Borriello aos 10 pt e Lucho aos 16 pt.

A vitória contra o Olympique de Marselha, no estádio San Siro, significava para o Milan garantir a vaga nas Oitavas-de-final da Champions League. Mas o time jogou mal, cedeu o empate por 1 a 1, passou sufoco, com duas bolas na trave, e terá de ganhar do Zurique, na Suíça, para não depender do resultado da partida entre o Marselha e o Real Madrid.
O Milan começou o duelo com força máxima, passando a falsa impressão de que não deixaria escapar a classificação. Logo no começo o lateral Zambrotta perdeu chance incrível, ao chutar em cima do goleiro. Aos 10 minutos, o atacante Borriello mostrou tranquilidade e não desperdiçou. Após passe de Pato, entrou na área, driblou Heinze e tocou entre as pernas do goleiro Mandanda, abrindo o placar para o Milan (1 a 0).
Mas a festa rubro-negra só durou seis minutos. Aos 16 minutos, Niang passou como quis por Oddo e cruzou. Dida espalmou nos pés de Lucho que empatou, silenciando os torcedores rubro-negros (1 a 1).
No segundo tempo, o Olympique foi melhor mas os postes salvaram o Milan: aos 19 minutos Brandão acertou o travessão e aos 40 minutos Diwara acertou a trave à direita de Dida.

Escalação do Milan (4-2-1-3)
Dida
Oddo (Abate), Nesta, Thiago Silva, Zambrotta
Pirlo, Ambrosini
Seedorf
Pato, Borriello, Ronaldinho Gaúcho


Milão, Terça-feira 3 de Novembro de 2009: MILAN  1 X 1  REAL MADRID

Marcadores: Benzema aos 29 pt e Ronaldinho Gaúcho de pênalti aos 35 pt.

No retorno de Kaká ao estádio San Siro, Milan e Real Madrid fizeram um duelo movimentado, com muitas emoções, mas que acabou sem um vencedor: 1 a 1. O craque brasileiro, ovacionado pela torcida rubro-negra antes do início do jogo, teve boa atuação, mas nem de longe lembrou o jogador que liderou o Milan no título da Champions League de 2007. Ronaldinho Gaúcho, por sua vez, mostrou desempenho melhor e ainda anotou, de pênalti, o gol do empate do Milan.
Apesar do estádio lotado, o Real Madrid não se incomodou com a pressão da torcida adversária e começou a partida sufocando o Milan. O time espanhol acabou sendo recompensado aos 29 minutos. Kaká recebeu pelo lado esquerdo, cortou para o meio, driblou Seedorf e chutou forte, rasteiro. A bola desviou em Thiago Silva e enganou Dida. O goleiro do Milan acabou espalmando nos pés de Benzema, que, mostrando faro de artilheiro, só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes (0 a 1).
O Milan conseguiu chegar ao empate 6 minutos depois. Ronaldinho Gaúcho achou Zambrotta na ponta esquerda. O lateral do Milan chegou na área e cruzou, mas a bola tocou no braço do zagueiro Pepe. Pênalti. Na cobrança, Ronaldinho acertou o ângulo e fez a festa dos quase 80 mil torcedores do Milan presentes ao estádio (1 a 1).
Alguns minutos depois, Pato ampliou. No entanto, o árbitro anulou o gol alegando que o milanista fizera falta (inexistente, como mostrado mais tarde pelo tira-teima). No decorrer do segundo tempo, as equipes não criaram muitas chances e o jogo acabou mesmo empatado em 1 a 1.

Escalação do Milan (4-2-1-3)
Dida
Oddo, Nesta, Thiago Silva, Zambrotta
Pirlo, Ambrosini
Seedorf
Pato, Borriello (Inzaghi), Ronaldinho Gaúcho


Madri, Espanha, Quarta-feira 21 de Outubro de 2009: REAL MADRID  2 X 3  MILAN

Marcadores: Raul aos 19 pt, Pirlo aos 17 st, Pato aos 21 st, Drenthe aos 31 st e Pato aos 43 st.

O Real Madrid abriu o placar, aos 19 minutos do primeiro tempo, graças a um frango de Dida: Granero recebeu na meia-lua e bateu sem muita força. Dida espalmou para baixo, para fazer a defesa em dois tempos, mas quando foi agarrar a bola, jogou-a contra o próprio joelho. A bola correu para frente, o suficiente para Raul apanhar, driblar o brasileiro e tocar para o gol vazio (1 a 0).
O Milan acusou o golpe e pouco fez até o intervalo. Na segunda etapa, aos poucos, o Milan equilibrou a partida, passou a ter mais posse de bola e surpreendeu o Real Madrid aos 17 minutos. Pirlo empatou com uma bomba de fora da área. A bola entrou no canto direito do goleiro Casillas, que pulou atrasado e não achou nada (1 a 1).
Quatro minutos mais tarde, aconteceu a virada milanista. Ambrosini fez lançamento para Pato. Casillas saiu da área e tentou cortar de cabeça, mas não achou nada. Pato passou como um foguete, alcançou a bola e tocou para a rede (1 a 2). Houve muita comemoração por parte dos jogadores do Milan após a virada.
O técnico do Real, Pellegrini, resolveu mexer na equipe e sacou Granero para dar lugar ao holandês Drenthe. O time espanhol melhorou e chegou ao empate com o próprio Drenthe (2 a 2).
O Milan desta vez não se abateu e voltou ao ataque. Após escanteio, Thiago Silva subiu no primeiro pau e tocou para a rede. O gol foi inexplicavelmente anulado, uma vez que não houve falta no lance. Na reclamação que se sucedeu, houve empurra-empurra entre os jogadores dos dois times.
O jogo foi decidido, enfim, aos 43 minutos. Ronaldinho serviu Seedorf no lado esquerdo da área. O holandês parou a bola, olhou a entrada de Pato pela direita e levantou com açúcar. O brasileiro escorou de primeira e correu para comemorar a vitória (2 a 3).
Após 3 rodadas, a classificação da Chave C é a seguinte: Milan e Real Madrid 6 pontos, Olympique de Marselha e Zurique 3 pontos.

Escalação do Milan (4-3-3)
Dida
Oddo, Nesta, Thiago Silva, Zambrotta
Ambrosini, Pirlo, Seedorf
Pato, Inzaghi (Borriello), Ronaldinho Gaúcho (Flamini)


Milão, Quarta-feira 30 de Setembro de 2009: MILAN  0 X 1  ZURIQUE

Marcador: Tihinen aos 10 pt.

Ronaldinho Gaúcho, uma vez mais, começou o jogo no banco de reservas. Seedorf foi o responsável por fazer a armação das jogadas para a dupla de ataque formada por Pato e Inzaghi.
Jogando em casa, o Milan começou pressionando para abrir o marcador, mas foi surpreendido pelo Zurique em uma jogada de bola parada. Após cobrança de escanteio, aos 10 minutos, o zagueiro Tihinen desviou de calcanhar e fez 1 a 0 para os visitantes. Um golaço!
No intervalo, o técnico Leonardo lançou Ronaldinho no lugar de Seedorf e Zambrotta na vaga de Flamini. As mudanças melhoraram o time do Milan, que pressionou muito em busca do empate, mas não teve sucesso porque o goleiro adversário Leoni fez defesas milagrosas, os seus atacantes desperdiçaram fáceis oportunidades de gol, Ambrosini acertou a trave esquerda e Zambrotta acertou a trave direita.
A noite não era mesmo rubro-negra e o Zurique saiu vitorioso do estádio San Siro.

Escalação do Milan (4-3-1-2)
Storari
Abate, Nesta (Onyewu), Kaladze, Jankulovski
Flamini (Zambrotta), Pirlo, Ambrosini
Seedorf (Ronaldinho Gaúcho)
Inzaghi, Pato


Marselha, França, Terça-feira 15 de Setembro de 2009: OLYMPIQUE MARSELHA  1 X 2  MILAN

Marcadores: Inzaghi aos 28 pt, Heinze aos 4 st e Inzaghi aos 29 st.

O Milan começou com o pé direito sua participação no Grupo C da Champions League, considerado um dos mais difíceis.
O técnico Leonardo teve a coragem de deixar Ronaldinho Gaúcho, que não vinha jogando bem nos últimos jogos, no banco de reservas. Seedorf jogou no setor de criação e Pato e Inzaghi formaram a dupla de ataque.
Apesar de jogar fora de casa, o Milan foi melhor na primeira etapa e conseguiu ir para o intervalo em vantagem. O gol surgiu aos 28 minutos. Após boa tabela de Pato e Seedorf no bico esquerdo da grande área, o holandês levantou a bola no segundo pau onde Inzaghi apareceu livre para escorar para a rede (0 a 1).
No início do segundo tempo o Olympique de Marselha empatou com o argentino Heinze em uma jogada de bola parada (1 a 1) e em seguida pressionou em busca do gol da virada. O Milan, entretanto, soube se segurar e, aos 29 minutos, deu a estocada fatal. Seedorf uma vez mais serviu Inzaghi que mandou novamente para a rede (1 a 2).
O Olympique de Marselha não se entregou e tentou buscar o empate, mas o Milan se segurou e conseguiu uma vitória muito importante.

Escalação do Milan (4-3-1-2)
Storari
Oddo, Nesta, Thiago Silva, Zambrotta
Flamini, Pirlo, Ambrosini (Gattuso)
Seedorf (Abate)
Inzaghi (Huntelaar), Pato


para o Banco de Dados Voltar para o Banco de Dados

logotipo do Milan
Valid XHTML 1.1!   Valid CSS!