milan milan milan milan-brasil milan milan milan
para o Banco de Dados Voltar para o Banco de Dados

CHAMPIONS LEAGUE 2000-2001

FINAL (Bayern de Munique Campeão)

MILÃO, Itália, 23 de Maio de 2001: Bayern de Munique  1 X 1  Valência (O Bayern de Munique ganha nos pênaltis)

O BAYERN DE MUNIQUE ganha a Champions League 2000/2001.

Semifinais

JOGOS DE IDA: 1 e 2 de Maio de 2001

Real Madrid         0 X 1  Bayern de Munique

Leeds               0 X 0  Valência

JOGOS DE VOLTA: 8 e 9 de Maio de 2001

Valência            3 X 0  Leeds

Bayern de Munique   2 X 1  Real Madrid

O Valência e o Bayern de Munique se classificam para a Final.

Quartas de Final

JOGOS DE IDA: 3 e 4 de Abril de 2001

Manchester United   0 X 1  Bayern Munique

Galatasaray         3 X 2  Real Madrid

Leeds               3 X 0  Dep. La Corunha

Arsenal             2 X 1  Valência

JOGOS DE VOLTA: 17 e 18 de Abril de 2001

Dep La Corunha      2 X 0  Leeds

Valência            1 X 0  Arsenal

Bayern Munique      2 X 1  Manchester United

Real Madrid         3 X 0  Galatasaray

O Leeds, o Valência, o Bayern de Munique e o Real Madrid se classificam para as Semifinais.

2a Fase

2a Fase - CHAVE A - Manchester United (Inglaterra), Panathinaikos (Grécia), Valência (Espanha) e Sturm Graz (Austria)

21 Novembro  2000:  Manchester United  3 X 1  Panathinaikos
                    Valência           2 X 0  Sturm Graz

 6 Dezembro  2000:  Sturm Graz         0 X 2  Manchester United
                    Panathinaikos      0 X 0  Valência

14 Fevereiro 2001:  Sturm Graz         2 X 0  Panathinaikos
                    Valência           0 X 0  Manchester United

20 Fevereiro 2001:  Panathinaikos      1 X 2  Sturm Graz
                    Manchester United  1 X 1  Valência

 7 Março     2001:  Panathinaikos      1 X 1  Manchester United
                    Sturm Graz         0 X 5  Valência

13 Março     2001:  Manchester United  3 X 0  Sturm Graz
                    Valência           2 X 1  Panathinaikos
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
MANCHESTER UNITED 12 10 - 3
VALÊNCIA 12 10 - 2
STURM GRAZ 6 4 - 13
PANATHINAIKOS 2 4 - 10

O Manchester United e o Valência se classificam para as Quartas de Final.


2a Fase - CHAVE B - Milan (Itália), Paris S. Germain (França), Deportivo La Corunha (Espanha) e Galatasaray (Turquia)

21 Novembro  2000:  Milan              2 X 2  Galatasaray
                    Paris S. Germain   1 X 3  Dep. La Corunha

 6 Dezembro  2000:  Dep. La Corunha    0 X 1  Milan
                    Galatasaray        1 X 0  Paris S. Germain

14 Fevereiro 2001:  Milan              1 X 1  Paris S. Germain
                    Galatasaray        1 X 0  Dep. La Corunha

20 Fevereiro 2001:  Paris S. Germain   1 X 1  Milan
                    Dep. La Corunha    2 X 0  Galatasaray

 7 Março     2001:  Galatasaray        2 X 0  Milan
                    Dep. La Corunha    4 X 3  Paris S. Germain

13 Março     2001:  Milan              1 X 1  Dep. La Corunha
                    Paris S. Germain   2 X 0  Galatasaray
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
GALATASARAY 10 6 - 6
DEPORTIVO LA CORUNHA 10 10 - 7
MILAN 7 6 - 7
PARIS SAINT GERMAIN 5 8 - 10

O Galatasaray e o Deportivo La Corunha se classificam para as Quartas de Final.


2a Fase - CHAVE C - Bayern Munique (Alemanha), Spartak Moscou (Russia), Lyon (França) e Arsenal (Inglaterra)

22 Novembro  2000:  Bayern Munique     1 X 0  Lyon
                    Spartak Moscou     4 X 1  Arsenal

 5 Dezembro  2000:  Arsenal            2 X 2  Bayern Munique
                    Lyon               3 X 0  Spartak Moscou

13 Fevereiro 2001:  Bayern Munique     1 X 0  Spartak Moscou
                    Lyon               0 X 1  Arsenal

21 Fevereiro 2001:  Spartak Moscou     0 X 3  Bayern Munique
                    Arsenal            1 X 1  Lyon

 6 Março     2001:  Arsenal            1 X 0  Spartak Moscou
                    Lyon               3 X 0  Bayern Munique

14 Março     2001:  Bayern Munique     1 X 0  Arsenal
                    Spartak Moscou     1 X 1  Lyon
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
BAYERN MUNIQUE 13 8 - 5
ARSENAL 8 6 - 8
LYON 8 8 - 4
SPARTAK MOSCOU 4 5 - 10

O Bayern de Munique e o Arsenal se classificam para as Quartas de Final.

O Arsenal se classifica por ter ganhado mais pontos do que o Lyon nos confrontos diretos: Arsenal 4 pontos, Lyon 1 ponto.


2a Fase - CHAVE D - Lazio (Itália), Anderlecht (Bélgica), Real Madrid (Espanha) e Leeds (Inglaterra)

22 Novembro  2000:  Anderlecht         1 X 0  Lazio
                    Leeds              0 X 2  Real Madrid

 5 Dezembro  2000:  Lazio              0 X 1  Leeds
                    Real Madrid        4 X 1  Anderlecht

13 Fevereiro 2001:  Leeds              2 X 1  Anderlecht
                    Real Madrid        3 X 2  Lazio

21 Fevereiro 2001:  Anderlecht         1 X 4  Leeds
                    Lazio              2 X 2  Real Madrid

 6 Março     2001:  Lazio              2 X 1  Anderlecht
                    Real Madrid        3 X 2  Leeds

14 Março     2001:  Anderlecht         2 X 0  Real Madrid
                    Leeds              3 X 3  Lazio
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
REAL MADRID 13 14 - 9
LEEDS 10 12 - 10
ANDERLECHT 6 7 - 12
LAZIO 5 9 - 11

O Real Madrid e o Leeds se classificam para as Quartas de Final.

1a Fase

1a Fase - CHAVE A - Real Madrid (Espanha), Spartak Moscou (Russia), Bayer Leverkusen (Alemanha) e Sporting Lisboa (Portugal)

12 Setembro  2000:  Spartak Moscou     2 X 0  Bayer Leverkusen                  
                    Sporting Lisboa    2 X 2  Real Madrid

20 Setembro  2000:  Real Madrid        1 X 0  Spartak Moscou
                    Bayer Leverkusen   3 X 2  Sporting Lisboa

27 Setembro  2000:  Bayer Leverkusen   2 X 3  Real Madrid
                    Spartak Moscou     3 X 1  Sporting Lisboa

17 Outubro   2000:  Real Madrid        5 X 3  Bayer Leverkusen
                    Sporting Lisboa    0 X 3  Spartak Moscou

25 Outubro   2000:  Bayer Leverkusen   1 X 0  Spartak Moscou
                    Real Madrid        4 X 0  Sporting Lisboa

 7 Novembro  2000:  Spartak Moscou     1 X 0  Real Madrid
                    Sporting Lisboa    0 X 0  Bayer Leverkusen
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
REAL MADRID 13 15 - 8
SPARTAK MOSCOU 12 9 - 3
BAYER LEVERKUSEN 7 9 - 12
SPORTING LISBOA 2 5 - 15

O Real Madrid e o Spartak de Moscou se classificam para a 2a Fase.


1a Fase - CHAVE B - Sparta Praga (República Tcheca), Lazio (Itália), Arsenal (Inglaterra) e Shakhtar (Ucrânia)

12 Setembro  2000:  Sparta Praga       0 X 1  Arsenal
                    Shakhtar           0 X 3  Lazio
 
20 Setembro  2000:  Lazio              3 X 0  Sparta Praga
                    Arsenal            3 X 2  Shakhtar
 
27 Setembro  2000:  Arsenal            2 X 0  Lazio 
                    Sparta Praga       3 X 2  Shakhtar 

17 Outubro   2000:  Lazio              1 X 1  Arsenal 
                    Shakhtar           2 X 1  Sparta Praga 

25 Outubro   2000:  Arsenal            4 X 2  Sparta Praga 
                    Lazio              5 X 1  Shakhtar 

 7 Novembro  2000:  Sparta Praga       0 X 1  Lazio
                    Shakhtar           3 X 0  Arsenal
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
ARSENAL 13 11 - 8
LAZIO 13 13 - 4
SHAKHTAR 6 10 - 15
SPARTA PRAGA 3 6 - 13

O Arsenal e a Lazio se classificam para a 2a Fase.


1a Fase - CHAVE C - Valência (Espanha), Lyon (França), Olympiakos (Grécia) e Heerenveen (Holanda)

12 Setembro  2000:  Valência           2 X 1  Olympiakos
                    Lyon               3 X 1  Heerenveen
 
20 Setembro  2000:  Heerenveen         0 X 1  Valência
                    Olympiakos         2 X 1  Lyon
 
27 Setembro  2000:  Olympiakos         2 X 0  Heerenveen 
                    Valência           1 X 0  Lyon
 
17 Outubro   2000:  Heerenveen         1 X 0  Olympiakos 
                    Lyon               1 X 2  Valência
 
25 Outubro   2000:  Olympiakos         1 X 0  Valência 
                    Heerenveen         0 X 2  Lyon
 
 7 Novembro  2000:  Valência           1 X 1  Heerenveen 
                    Lyon               1 X 0  Olympiakos
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
VALÊNCIA 13 7 - 4
LYON 9 8 - 6
OLYMPIAKOS 9 6 - 5
HEERENVEEN 4 3 - 9

O Valência e o Lyon se classificam para a 2a Fase.

O Lyon se classifica por ter marcado mais gols fora de casa do que o Olympiakos nos confrontos diretos: Lyon 1 gol, Olympiakos 0 gols.


1a Fase - CHAVE D - Monaco (França), Galatasaray (Turquia), Rangers (Escócia) e Sturm Graz (Austria)

12 Setembro  2000:  Galatasaray        3 X 2  Monaco
                    Rangers            5 X 0  Sturm Graz

20 Setembro  2000:  Sturm Graz         3 X 0  Galatasaray
                    Monaco             1 X 1  Rangers

27 Setembro  2000:  Monaco             5 X 0  Sturm Graz
                    Galatasaray        3 X 2  Rangers

17 Outubro   2000:  Sturm Graz         2 X 0  Monaco
                    Rangers            0 X 0  Galatasaray

25 Outubro   2000:  Monaco             4 X 2  Galatasaray
                    Sturm Graz         2 X 0  Rangers

 7 Novembro  2000:  Galatasaray        2 X 2  Sturm Graz
                    Rangers            2 X 2  Monaco
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
STURM GRAZ 10 9 - 12
GALATASARAY 8 10 - 13
RANGERS 8 10 - 7
MONACO 7 13 - 10

O Sturm Graz e o Galatasaray se classificam para a 2a Fase.

O Galatasaray se classifica por ter ganhado mais pontos do que o Rangers nos confrontos diretos: Galatasaray 4 pontos, Rangers 1 ponto.


1a Fase - CHAVE E - Juventus (Itália), Deportivo La Corunha (Espanha), Panathinaikos (Grécia) e Hamburgo (Alemanha)

13 Setembro  2000:  Hamburgo           4 X 4  Juventus
                    Panathinaikos      1 X 1  Dep. La Corunha

19 Setembro  2000:  Dep. La Corunha    2 X 1  Hamburgo
                    Juventus           2 X 1  Panathinaikos

26 Setembro  2000:  Juventus           0 X 0  Dep. La Corunha
                    Hamburgo           0 X 1  Panathinaikos

18 Outubro   2000:  Dep. La Corunha    1 X 1  Juventus
                    Panathinaikos      0 X 0  Hamburgo

24 Outubro   2000:  Juventus           1 X 3  Hamburgo
                    Dep. La Corunha    1 X 0  Panathinaikos

 8 Novembro  2000:  Hamburgo           1 X 1  Dep. La Corunha
                    Panathinaikos      3 X 1  Juventus
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
DEP. LA CORUNHA 10 6 - 4
PANATHINAIKOS 8 6 - 5
HAMBURGO 6 10 - 10
JUVENTUS 6 9 - 12

O Deportivo La Corunha e o Panathinaikos se classificam para a 2a Fase.


1a Fase - CHAVE F - Bayern Munique (Alemanha), Paris S. Germain (França), Rosemborg (Noruega) e Helsingborg (Suécia)

13 Setembro  2000:  Rosenborg          3 X 1  Paris S. Germain
                    Helsingborg        1 X 3  Bayern Munique

19 Setembro  2000:  Bayern Munique     3 X 1  Rosenborg
                    Paris S. Germain   4 X 1  Helsingborg

26 Setembro  2000:  Paris S. Germain   1 X 0  Bayern Munique
                    Rosenborg          6 X 1  Helsingborg

18 Outubro   2000:  Bayern Munique     2 X 0  Paris S. Germain
                    Helsingborg        2 X 0  Rosenborg

24 Outubro   2000:  Paris S. Germain   7 X 2  Rosenborg
                    Bayern Munique     0 X 0  Helsingborg

 8 Novembro  2000:  Rosenborg          1 X 1  Bayern Munique
                    Helsingborg        1 X 1  Paris S. Germain
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
BAYERN MUNIQUE 12 9 - 4
PARIS S. GERMAIN 10 14 - 9
ROSEMBORG 6 13 - 15
HELSINGBORG 5 6 - 14

O Bayern de Munique e o Paris Saint Germain se classificam para a 2a Fase.


1a Fase - CHAVE G - Manchester United (Inglaterra), PSV Eindhoven (Holanda), Dínamo Kiev (Ucrânia) e Anderlecht (Bélgica)

13 Setembro  2000:  PSV Eindhoven      2 X 1  Dínamo Kiev
                    Manchester United  5 X 1  Anderlecht

19 Setembro  2000:  Anderlecht         1 X 0  PSV Eindhoven
                    Dínamo Kiev        0 X 0  Manchester United

26 Setembro  2000:  Dínamo Kiev        4 X 0  Anderlecht
                    PSV Eindhoven      3 X 1  Manchester United

18 Outubro   2000:  Anderlecht         4 X 2  Dínamo Kiev
                    Manchester United  3 X 1  PSV Eindhoven

24 Outubro   2000:  Dínamo Kiev        0 X 1  PSV Eindhoven
                    Anderlecht         2 X 1  Manchester United

 8 Novembro  2000:  PSV Eindhoven      2 X 3  Anderlecht
                    Manchester United  1 X 0  Dínamo Kiev
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
ANDERLECHT 12 11 - 14
MANCHESTER UNITED 10 11 - 7
PSV EINDHOVEN 9 9 - 9
DÍNAMO KIEV 4 7 - 8

O Anderlecht e o Manchester United se classificam para a 2a Fase.


1a Fase - CHAVE H - Milan (Itália), Besiktas (Turquia), Leeds (Inglaterra) e Barcelona (Espanha)

13 Setembro  2000:  Milan              4 X 1  Besiktas
                    Barcelona          4 X 0  Leeds

19 Setembro  2000:  Leeds              1 X 0  Milan
                    Besiktas           3 X 0  Barcelona

26 Setembro  2000:  Barcelona          0 X 2  Milan
                    Leeds              6 X 0  Besiktas

18 Outubro   2000:  Milan              3 X 3  Barcelona
                    Besiktas           0 X 0  Leeds

24 Outubro   2000:  Besiktas           0 X 2  Milan
                    Leeds              1 X 1  Barcelona

 8 Novembro  2000:  Milan              1 X 1  Leeds
                    Barcelona          5 X 0  Besiktas
CLASSIFICAÇÃO
  PONTOS GOLS
MILAN 11 12 - 6
LEEDS 9 9 - 6
BARCELONA 8 13 - 9
BESIKTAS 4 4 - 17

O MILAN e o Leeds se classificam para a 2a Fase.

Turno Preliminar

 9 Agosto 2000:    Milan            3 X 1  Dínamo Zagábria

22 Agosto 2000:    Dínamo Zagábria  0 X 3 Milan 

Jogos do Milan

Milão, Terça Feira 13 de Março de 2001. MILAN  1 X 1  DEPORTIVO LA CORUNHA

O Milan empata em 1 a 1 com os espanhóis do Deportivo La Corunha e é eliminado da Copa dos Campeões da Europa. Passam para as Quartas de Final três times ingleses: o Arsenal, o Leeds e o Manchester United, três times espanhóis: o Deportivo La Corunha, o Real Madrid e o Valência, um time alemão: o Bayern de Munique e um time turco: o Galatasaray de Istambul.
Antes do jogo, Alberto Zaccheroni pede aos seus jogadores para não repetir o péssimo desempenho do jogo de Istambul da semana anterior, mas os rubro-negros não atendem o pedido do treinador, tanto que no primeiro tempo eles criam a primeira ação perigosa somente aos 45 minutos com Shevchenko. No segundo tempo o Milan melhora, mas infelizmente, quando parece que o gol da vantagem e da classificação esteja próximo para sair, o juiz escocês Dallas concede ao Deportivo, aos 29 minutos, um pênalti inexistente (falta (?) de Helveg sobre Capdevila). Djalminha transforma fazendo o gol do 0 a 1.
Aos 35 minutos o atacante adversário Makaay acerta o poste à esquerda de Sebastiano Rossi, em ação de contra-ataque, e aos 42 minutos Shevchenko empata o jogo cobrando um pênalti concedido por falta de Molina sobre Bierhoff.
A eliminação do Milan da Copa dos Campeões da Europa causa a demissão do treinador Zaccheroni.

Escalação do Milan (3-4-1-2)
Rossi
Roque Junior, Costacurta (Ba), Maldini
Helveg, Albertini, Gattuso, Coco (Serginho)
Boban (Bierhoff)
José Mari, Shevchenko


Istambul, Quarta Feira 7 de Março de 2001. GALATASARAY  2 X 0  MILAN

Os turcos do Galatasaray começam jogando melhor que o Milan e conseguem passar em vantagem aos 20 minutos do primeiro tempo com o romeno Hagi que encobre o goleiro rubro-negro Dida que tinha saído do gol até o limite da área sem conseguir pegar a bola. No início do segundo tempo o treinador Alberto Zaccheroni substitui Leonardo com Bierhoff para dar mais peso ao ataque mas, enquanto o Milan estava atacando mais, Jardel faz o gol do 2 a 0 para os turcos aos 40 minutos.
Após esta vitória, o Galatasaray está já matematicamente classificado para as quartas de final com 10 pontos. O Deportivo La Corunha está com 9 pontos e o Milan com apenas 6. O Milan se classificará somente se conseguir derrotar o Deportivo La Corunha na próxima Terça Feira em San Siro.

Escalação do Milan (3-4-1-2)
Dida
Chamot, Maldini, Sala
Ba (José Mari), Pablo Garcia, Giunti, Coco
Boban (Serginho)
Leonardo (Bierhoff), Shevchenko


Paris, Terça Feira 20 de Fevereiro de 2001. PARIS SAINT GERMAIN  1 X 1  MILAN

Empate justo em 1 a 1 no jogo entre o Paris Saint Germain (PSG) e o Milan em Paris. No Grupo B os turcos do Galatasaray continuam na primeira colocação com 7 pontos, o Milan e o Deportivo encontram-se juntos na segunda colocação com 6 pontos enquanto que o PSG com apenas 2 pontos parece já eliminado.
O primeiro tempo acaba com o placar de 0 a 0, com o Milan que ataca mais na primeira parte e o PSG na segunda parte. O Milan inicia também o segundo tempo atacando mais, mas é o PSG que passa em vantagem aos 30 minutos com Robert cobrando falta. Esta falta foi feita cobrar duas vezes pelo juiz holandês Wegereef.
No último minuto do jogo, quando tudo parecia perdido, José Mari que pouco mais de dez minutos antes acabara de substituir Serginho desvia fortunosamente no gol um chute de Albertini e fixa o placar em 1 a 1.

Escalação do Milan (4-4-2)
Abbiati
Helveg, Sala, Maldini, Coco
Ba (Chamot), Albertini, Gattuso, Serginho (José Mari)
Leonardo (Boban), Shevchenko


Milão, Quarta Feira 14 de Fevereiro de 2001. MILAN  1 X 1  PARIS SAINT GERMAIN

O treinador Alberto Zaccheroni sabe que ganhar o jogo em San Siro contra o Paris Saint Germain corresponde a ter quase assegurada a passagem para as quartas de final da Copa dos Campeões da Europa. Para isso usa o tridente no ataque fazendo jogar Leonardo, Bierhoff e Shevchenko. A tática do treinador rubro-negro parece dar certo por que aos 26 minutos do primeiro tempo Leonardo recebe um passe de Albertini no lado direito do ataque, salta um defensor francês e na saída do goleiro faz o gol do 1 a 0.
Mas a vantagem do Milan dura apenas 4 minutos por que aos 30 minutos capitão Maldini perde a bola no meio de campo, Benarbia a recupera e lança o veloz atacante Anelka que foge sozinho e faz o gol do 1 a 1.
Aos 40 minutos do primeiro tempo Roque Junior faz falta de último homem sobre o mesmo atacante Anelka lançado novamente para o gol. Roque Junior evita assim o provável gol do 1 a 2 mas é expulso pelo juiz sueco Frisk. Assim o Milan é obrigado a jogar todo o segundo tempo em inferioridade numérica e o jogo termina empatado.

Escalação do Milan (3-4-3)
Abbiati
Sala, Roque Junior, Maldini
Helveg, Albertini, Giunti, Serginho
Leonardo (Comandini), Shevchenko, Bierhoff (Ba)


La Corunha, Espanha, Quarta Feira 6 de Dezembro de 2000. DEPORTIVO  0 X 1  MILAN

O Milan continua se comportando muito bem na Copa dos Campeões da Europa e mantém uma alta probabilidade de se classificar para as quartas de final. Após ter derrotado fora de casa os espanhóis do Barcelona e os turcos do Besiktas durante a primeira fase, hoje o Milan derrota fora de casa também os espanhóis do Deportivo La Corunha com o placar de 0 a 1.
O Deportivo inicia o jogo com grande velocidade, mas Gattuso e Ambrosini são insuperáveis no meio de campo. Quando os espanhóis conseguem passar, a zaga comandada por Costacurta faz boa guarda. Também Roque Junior se sobressai rebatendo em cima da linha do gol um chute de Djalminha, o adversário mais perigoso. Depois o Milan começa a mandar no jogo, passa em vantagem com o danês Helveg no fim do primeiro tempo e controla o resultado no segundo tempo sem correr sérios riscos.

Escalação do Milan (3-4-1-2)
Abbiati
Roque Junior, Costacurta, Maldini
Helveg (Guglielminpietro), Gattuso, Ambrosini, Coco
Boban (Giunti)
José Mari (Serginho), Shevchenko


Milão, Terça Feira 21 de Novembro de 2000. MILAN  2 X 2  GALATASARAY

Na última Copa dos Campeões da Europa o Milan foi eliminado pelo Galatasaray após derrota em Instambul com o placar de 3 a 2 (3 de Novembro de 1999). Parece que o pesadelo turco continue durante a primeira rodada da segunda fase da Copa dos Campeões 2000-2001 uma vez que, quando faltam menos que 5 minutos para acabar o primeiro tempo, o Galatasaray encontra-se em vantagem de dois gols, com gols do brasileiro Jardel aos 39 minutos e de Hasan aos 41 minutos.
Felizmente desta vez o Milan sabe reagir, cria muitas ações de gol e consegue empatar o jogo.
- Aos 43 minutos do primeiro tempo capitão Maldini acerta o poste.
- Aos 2 minutos do segundo tempo José Mari faz o gol do 1 a 2 após passe de Roque Junior.
- Aos 22 minutos Bierhoff empata mas o juiz suíço Karen anula por impedimento.
- Aos 26 minutos Roque Junior cabeceia mas acerta o travessão.
- Finalmente aos 28 minutos o juiz concede um pênalti para o Milan por que o turco Vedat toca a bola com a mão em plena área do Galatasaray. Shevchenko bate o pênalti e empata.

Escalação do Milan (3-4-3)
Abbiati
Chamot (Sala), Roque Junior, Maldini
Gattuso, Giunti, Ambrosini, Serginho
José Mari, Bierhoff, Shevchenko


Milão, Quarta Feira 8 de Novembro de 2000. MILAN  1 X 1  LEEDS

O Milan e o Leeds empatam em 1 a 1 em Milão na última rodada da primeira fase da Copa dos Campeões da Europa e este empate elimina o Barcelona, apesar do time catalão ter derrotado os turcos do Besiktas com o placar de 5 a 0. O Milan termina a primeira fase em primeiro lugar com 11 pontos, seguido do Leeds com 9, do Barcelona com 8 e do Besiktas com 4.
O Milan tem a chance de passar em vantagem aos 25 minutos do primeiro tempo quando um pênalti é concedido ao time rubro-negro. Infelizmente Shevchenko desperdiça esta oportunidade acertando o poste à direita do goleiro inglês.
O Milan continua atacando mais, mas quem passa em vantagem é o Leeds aos 45 minutos do primeiro tempo, quando em ação de escanteio Matteo faz o gol do 0 a 1.
O Milan continua atacando também no segundo tempo e empata aos 22 minutos com Serginho que chuta a bola no gol após ação pessoal no lado esquerdo do ataque rubro-negro durante a qual dribla e salta vários adversários. Serginho tem feito dois gols nos últimos 4 dias (o outro gol foi contra a Atalanta na última rodada do campeonato italiano) e isto confirma o excelente estado de forma que ele está atravessando.

Escalação do Milan (3-4-3)
Dida
Chamot, Roque Junior, Maldini
Helveg, Albertini, Gattuso, Serginho
Leonardo (Boban), Bierhoff, Shevchenko


Istambul, Turquia, Terça Feira 24 de Outubro de 2000. BESIKTAS  0 X 2  MILAN

Grande jogo do Milan em Istambul, na Turquia, contra o Besiktas que é derrotado com o placar de 0 a 2. Ambos os gols acontecem no primeiro tempo: aos 38 minutos Albertini bate à perfeição uma falta do lado direito do ataque rubro-negro e Shevchenko de cabeça faz o gol do 0 a 1. Aos 43 minutos Albertini bate um escanteio do lado direito do goleiro turco e José Mari de cabeça faz o gol do 0 a 2.
Entre os jogadores do Milan se destacam Dida, Roque Junior, Albertini, Gattuso e Shevchenko. O Milan está matematicamente classificado para a segunda fase da Copa dos Campeões da Europa.

Escalação do Milan (3-4-3)
Dida
Roque Junior, Costacurta, Maldini
Gattuso (Helveg), Albertini, Ambrosini, Coco
José Mari (Serginho), Bierhoff (Boban), Shevchenko


Milão, Quarta Feira 18 de Outubro de 2000. MILAN  3 X 3  BARCELONA

Jogo emocionante em San Siro entre o Milan e o Barcelona, na frente de 80.000 pagantes, com o estádio completamente lotado. O resultado final é justo. Três gols são do brasileiro Rivaldo, dois de Albertini e um de José Mari.
- Aos 19 minutos do pt o Barcelona passa em vantagem com Rivaldo batendo falta. A barreira do Milan se levanta, a bola passa por baixo da barreira e entra à esquerda do goleiro Abbiati.
- Aos 25 minutos do pt Albertini empata para o Milan com um forte chute de uma distância de pelo menos 40 metros.
- Aos 39 minutos do pt Abelardo faz uma falta sobre Bierhoff. Albertini bate forte e faz o gol do 2 a 1.
- Aos 43 minutos do pt Rivaldo empata, novamente batendo falta (Maldini tinha feito falta sobre o mesmo Rivaldo). O goleiro Abbiati consegue desviar o forte chute de Rivaldo, mas a bola bate na trave, volta para o campo, bate nas costas do goleiro e entra no gol.
- Aos 45 minutos do pt Maldini cruza a bola na área do Barcelona e Bierhoff chuta em cima do goleiro. A bola chega nos pés de José Mari que facilmente faz o gol do 3 a 2.
- Aos 23 minutos do st o Barcelona empata, novamente com Rivaldo que, antecipando Maldini e Coco, consegue cabecear no gol um cruzamento de Sergi.

Escalação do Milan (3-4-3)
Abbiati
Roque Junior, Costacurta, Maldini
Gattuso, Albertini, Ambrosini, Coco
José Mari (Boban), Bierhoff, Shevchenko


Barcelona, Espanha, Terça Feira 26 de Setembro de 2000. BARCELONA  0 X 2  MILAN

Grande vitória do Milan, com o placar de 2 a 0, sobre o Barcelona, em pleno estádio Camp Nou, na frente de 90 000 torcedores do time catalão. Um dos melhores jogadores em campo é o rubro-negro Coco que faz o primeiro gol, de cabeça, aos 45 minutos do primeiro tempo, após falta cobrada perfeitamente por Giunti. De Coco é também a assistência do gol do 2 a 0 de Bierhoff, aos 26 minutos do segundo tempo.
O goleiro brasileiro Dida é confirmado no gol pelo treinador Alberto Zaccheroni, faz algumas ótimas defesas e faz esquecer o frango que causou a derrota de Leeds.
Após três jogos na chave H, o Milan encontra-se na liderança com 6 pontos junto com o Leeds. Besiktas e Barcelona estão com 3 pontos.

Escalação do Milan (3-5-2)
Dida
Chamot, Costacurta, Maldini
Gattuso (Guglielminpietro), Albertini, Giunti, Ambrosini (Helveg), Coco
Bierhoff (Comandini), Shevchenko


Leeds, Inglaterra, Terça Feira 19 de Setembro de 2000. LEEDS  1 X 0  MILAN

O jogo inteiro no estádio Elland Road de Leeds, na Inglaterra, é em baixo de uma chuva torrencial e o gramado é encharcado de água. Os ingleses pressionam durante os primeiros vinte minutos, mas o Milan sabe-se defender. Depois os rubro-negros começam a dominar o jogo e têm várias oportunidades de passar em vantagem, especialmente com Shevchenko, mas ....... quando faltam somente 2 minutos para acabar o jogo, o inglês Bowyer chuta de fora da área e Dida defende com facilidade; infelizmente a bola é muito molhada, lhe escapa das mãos, lhe passa entre as pernas e entra lentamente no gol. Frango clamoroso! O Milan perde assim um jogo que poderia ter ganhado facilmente.
Uma vez que também o Barcelona é derrotado pelos turcos do Besiktas, os quatro times da chave H encontram-se todos com três pontos, cada um com uma vitória e uma derrota.

Escalação do Milan (3-4-3)
Dida
Chamot, Costacurta, Maldini
Helveg, Albertini, Giunti (Saudati), Coco
Guglielminpietro (De Ascentis), Bierhoff, Shevchenko


Milão, Quarta Feira 13 de Setembro de 2000. MILAN  4 X 1  BESIKTAS

No Milan faltam 5 jogadores que estão disputando as Olimpíadas em Sydney: Abbiati, Ambrosini, Gattuso e Comandini estão jogando pela seleção italiana e José Mari pela seleção espanhola. Devido a tais ausências, fazem a etréia na Copa dos Campeões da Europa o goleiro Dida e o jovem atacante Saudati.
Apesar de o Milan começar atacando, é o time turco do Besiktas que passa em vantagem aos 20 minutos do primeiro tempo com o capitão Tayfur cobrando um pênalti concedido pelo juiz polonês Wojcik por que Helveg toca a bola com a mão na área milanista.
Mas o Milan mostra a própria superioridade sobre os turcos e marca três gols antes do intervalo. O primeiro aos 36 minutos: Albertini bate escanteio e Coco de cabeça põe a bola no gol. O segundo é aos 44 minutos: Giunti bate falta e Bierhoff de cabeça faz o gol do 2 a 1. O terceiro é um minuto mais tarde e é marcado por Shevchenko cobrando pênalti.
Finalmente, aos 32 minutos do segundo tempo, Shevchenko fecha o placar em 4 a 1 com um ótimo gol após driblar vários adversários.
Agora o Milan se prepara para dois difíceis jogos fora de casa nas duas próximas Terças Feiras: na Inglaterra contra o Leeds e na Espanha contra o Barcelona.

Escalação do Milan (3-4-3)
Dida
Chamot, Costacurta, Maldini
Helveg, Albertini, Giunti (Brncic), Coco (Serginho)
Saudati (Guglielminpietro), Bierhoff, Shevchenko


Zagábria, Terça Feira 22 de Agosto de 2000. DÍNAMO ZAGÁBRIA  0 X 3  MILAN

Os croatas da Dínamo de Zagábria atacam durante os primeiros quinze minutos e o goleiro rubro-negro Abbiati é obrigado a fazer 3 defesas perigosas. Depois o Milan começa a mandar no jogo e aos 22 minutos passa em vantagem com Shevchenko que bate de maneira perfeita uma falta do limite da área adversária. O mesmo Shevchenko faz o gol do 0 a 2 no fim do primeiro tempo, aos 42 minutos. Logo em seguida o croata Agic é expulso por receber o segundo cartão amarelo, obrigando a Dínamo a jogar todo o segundo tempo em inferioridade numérica.
No segundo tempo o Milan faz o gol do 0 a 3 com José Mari que recebe uma assistência perfeita de Coco.
No Milan faz a estréia o ex-palmeirense Roque Junior que aos 24 minutos do segundo tempo substitui Costacurta. Agora o Milan espera a composição das oito chaves, cada uma formada por quatro times, que disputarão a próxima fase da Copa dos Campeões da Europa.

Escalação do Milan (3-4-3)
Abbiati
Chamot, Costacurta (Roque Junior), Maldini
Guglielminpietro (Serginho), Gattuso, Albertini, Coco
José Mari (Ambrosini), Comandini, Shevchenko


Milão, Quarta Feira 9 de Agosto de 2000. MILAN  3 X 1  DÍNAMO ZAGÁBRIA

O Milan classificou-se na terceira colocação no último Campeonato Italiano. Portanto é obrigado a jogar o turno preliminar da Copa dos Campeões da Europa. Se o Milan passar o turno, continuará na copa dos Campeões jogando em uma das oito chaves, cada uma formada por 4 times. Se não passar, o Milan jogará a Copa UEFA.
O turno preliminar é contra o time croata da Dínamo de Zagábria e o primeiro jogo é em San Siro. O jogo não começa bem para o Milan por que é a Dínamo que passa em vantagem aos 20 minutos do primeiro tempo com Pilipovic que põe a bola no gol de cabeça em ação de escanteio.
Mas o Milan tem Albertini em grande forma e consegue virar o placar. Aos 21 minutos, ainda do primeiro tempo, Shevchenko empata após assistência de Albertini. Aos 14 minutos do segundo tempo o Milan passa em vantagem, novamente com Shevchenko, após falta batida por Albertini. Finalmente aos 45 minutos Comandini, que acabara de substituir José Mari, faz o gol do 3 a 1, após assistência do mesmo Albertini.
O jogo de volta será Terça Feira dia 22 de Agosto de 2000, em Zagábria, e o Milan pode até perder com um gol de diferença.

Escalação do Milan (3-4-3)
Abbiati
Chamot, Costacurta, Maldini
Gattuso, Albertini, Ambrosini (Guglielminpietro), Serginho
Leonardo (Coco), José Mari (Comandini), Shevchenko


para o Banco de Dados Voltar para o Banco de Dados

logotipo do Milan
Valid XHTML 1.0!   Valid CSS!