milan milan milan milan-brasil milan milan milan

Informações para os Torcedores do Milan no Brasil

www.milanbrasil.com.br

felicianolumini@gmail.com

Este site é mantido por dois italianos, torcedores do MILAN, que vivem no Brasil, no Vale do Paraíba. É endereçado aos torcedores e admiradores deste grande time italiano, fornecendo-lhes as últimas notícias sobre o Campeonato Italiano, a Champions League, a Copa Itália, o Mundial de Clubes, a Copa UEFA, a Eurocopa e as Supercopas Européia e Italiana.

Últimos resultados do Milan

Sábado, 18 Novembro 2017, NAPOLI  2 X 1  MILAN

Quinta-feira, 23 Novembro 2017, MILAN  5 X 1  ÁUSTRIA VIENA

Domingo, 26 Novembro 2017, MILAN  0 X 0  TORINO

Domingo, 3 Dezembro 2017, BENEVENTO  2 X 2  MILAN

Quinta-feira, 7 Dezembro 2017, RIJEKA  2 X 0  MILAN

Domingo, 10 Dezembro 2017, MILAN  2 X 1  BOLOGNA

Kalinic Bonaventura Borini


NOTÍCIAS DE FUTEBOL

Cristiano Ronaldo

7 Dezembro 2017. Cristiano Ronaldo ganha a Bola de Ouro pela 5ª vez.

Cristiano Ronaldo faturou a Bola de Ouro pela quinta vez em sua carreira. O atacante do Real Madrid levou a premiação ao ser eleito o melhor jogador do ano pela revista francesa France Football. Com o resultado, ele se igualou a Leonel Messi no número de conquistas. O argentino do Barcelona ficou em segundo lugar e o brasileiro Neymar em terceiro. O goleiro italiano Buffon chegou em quarto e o milanista Bonucci em 21º.
O português brilhou neste ano ao liderar o Real Madrid na conquista do bicampeonato da Champions League e do Campeonato Espanhol. Também ajudou a seleção portuguesa a avançar diretamente para a Copa do Mundo, sem precisar disputar a repescagem.
"É algo que procuro todos os anos, todas as temporadas. No ano passado fizemos uma grande temporada, ganhamos a Champions League, o Campeonato Espanhol e, em termos individuais, fui o artilheiro da Champions League. É claro que os troféus ajudam a ganhar este prêmio. Tenho que agradecer aos meus companheiros no Real Madrid e na seleção", comemorou Cristiano Ronaldo ao exibir a sua quinta Bola de Ouro em uma cerimónia realizada na Torre Eiffel, em Paris.

Brignoli

3 Dezembro 2017. La primeira partida de Gattuso como treinador entra na história do futebol.

Na sua primeira partida como treinador do Milan, Gattuso não poderia enfrentar um adversário mais fácil: o recém-promovido Benevento, lanterna com zero pontos (14 derrotas em 14 jogos), pior ataque com 6 gols marcados e a pior defesa com 34 gols sofridos.
Quando faltavam 15 minutos para acabar o jogo, o Milan conduzia por 2 a 1 e os três pontos pareciam assegurados. Mas ...
Romagnoli foi expulso após receber o segundo cartão amarelo deixando o Milan em inferioridade numérica. Com um a mais em campo, o Benevento foi para cima, buscando o seu primeiro ponto na Série A e, aos 50 minutos, no último minuto dos acréscimos, em cobrança de falta, o goleiro Brignoli foi para a área e, com bela cabeceada, empatou o jogo e se tornou o herói da partida, para a festa da torcida no estádio Ciro Vigorito.
Portanto, no futuro, todo mundo se lembrará que, na primeira partida de Gattuso como treinador:
a) o Milan cedeu o empate ao Benevento, lanterna do Campeonato Italiano;
b) o Benevento tinha perdido todas as 14 partidas disputadas até então;
c) o empate aconteceu ao 50 minutos do segundo tempo, no último minuto dos acréscimos;
d) o gol do empate foi marcado pelo goleiro adversário Alberto Brignoli! (na foto ao lado)

Gattuso

27 Novembro 2017. O Milan demite Montella. Gattuso será o novo treinador.

O Milan anunciou, na manhã desta segunda-feira, a demissão de Vincenzo Montella do cargo de técnico do time. O ex-jogador Gennaro Gattuso, ídolo do clube e que estava treinando o time Primavera, assumirá o comando da equipe.
O empate sem gols com o Torino, no estádio San Siro, nesse domingo, foi a gota d'água para a saída de Montella. Em sua conta no Instagram, o treinador lamentou sua demissão e admitiu que fracassou no clube. "Deixar o Milan me faz muito mal. Eu tentei dar tudo por esse clube, mas aceito a decisão tomada. Quero agradecer os jogadores e os torcedores pelos momentos belos que passamos juntos, esperando que o Milan volte ao topo. Eu evidentemente falhei, mas continuarei a torcer por essas cores", escreveu.
O Milan investiu pesado na última janela de transferências e, embora tenha garantido a classificação antecipada ao mata-mata da UEFA Europa Legue, vem fazendo uma campanha bastante irregular no campeonato nacional. Ocupa o sétimo lugar, com apenas 20 pontos após 14 partidas, com 6 vitórias, 2 empates e 6 derrotas.
Montella estava à frente do comando técnico do Milan desde Julho 2016.

Tavecchio

20 Novembro 2017. O Presidente da Federação Italiana de Futebol pede demissão após vexame da seleção.

Carlo Tavecchio não é mais o presidente da Federação Italiana de Futebol. Após reunião nesta segunda-feira, na sede da entidade, em Roma, o cartola renunciou ao cargo e se desculpou pelo recente vexame da Seleção Italiana que, depois de 60 anos, ficará fora de uma Copa do Mundo.
"Peço desculpas a todos os italianos. Eu vou embora porque falhei. Agora é o momento para o futebol italiano embarcar em uma nova era”, disse o cartola.
Após o fracasso diante da Suécia, na repescagem europeia para a Copa do Mundo de 2018, Tavecchio recebeu inúmeras críticas de todas as partes na Itália. O dirigente demitiu o técnico Giampiero Ventura, um dos principais culpados pela má fase da Seleção Italiana. No entanto, a exoneração do treinador não aliviou a barra de Tavecchio.
Ele estava à frente da Federação Italiana desde agosto de 2014. O cartola assumiu o cargo após a eliminação da Itália na fase de Grupos no Mundial do Brasil. Em março deste ano tinha sido reeleito por mais um mandato com cerca de 54% dos votos.

Ventura

15 Novembro 2017. O treinador Giampiero Ventura é demitido.

Giampiero Ventura não é mais o treinador da Seleção Italiana. O fracasso diante da Suécia na última segunda-feira foi a gota d'água na curta e controversa passagem do veterano treinador pelo comando da Azzurra. Após reunião na sede da Federação Italiana de Futebol, nesta quarta-feira, ficou acordada a demissão de Ventura.
Ele assumiu a Seleção Italiana em 2016, após a saída de Antonio Conte. A mudança de comando técnico, logo após a queda nas quartas-de-final da Eurocopa daquele ano, era vista com bons olhos pelos italianos, mas não trouxe os resultados esperados.
Apesar do bom começo nas Eliminatórias para o Mundial da Rússia, a derrota por 3 a 0 ante a Espanha tirou a Itália dos trilhos. A classificação à Copa do Mundo foi ficando mais distante a cada rodada e o futebol apresentado foi decaindo a cada partida. As inúmeras mudanças de esquemas táticos promovidas por Ventura, além de escalações questionáveis, já colocavam o experiente treinador em situação difícil antes mesmo do duelo diante da Suécia.
A tetracampeã Itália não ficava de fora de um Mundial desde o ano de 1958 e é a única campeã que não estará na Rússia 2018.

Buffon

14 Novembro 2017. Buffon anuncia aposentadoria da Seleção Italiana.

Gianluigi Buffon, lendário goleiro italiano, anunciou aposentadoria da Seleção Italiana depois do vexame de ontem quando o time de Giampiero Ventura não conseguiu se qualificar para a Copa do Mundo de 2018 na Rússia. Depois de empatar sem gols com a Suécia, no estádio San Siro lotado, o experiente goleiro lamentou a não classificação da Itália, mas também reconheceu que existem jogadores que poderão substituí-lo à altura.
"Fico triste não por mim, mas pelo futebol italiano no geral. Me deixa triste que a minha última partida tenha sido uma não classificação para o Mundial. Deixo a seleção em ótimas mãos. Donnarumma e Perin poderão me substituir perfeitamente bem", disse o atleta, muito emocionado durante entrevista ao canal televisivo RAI.
Buffon está com 39 anos, estreou em 1997 e, nestes 20 anos, disputou 175 partidas com a camisa da seleção italiana. Agora ele perdeu a oportunidade de se tornar o único jogador a disputar seis Mundiais. Assim ele seguirá empatado com cinco participações com o meia alemão Lothar Matthaus e o goleiro mexicano Antonio Carbajal.

Jogadores italianos

13 Novembro 2017. A Itália está fora da Copa do Mundo.

A tetracampeã Itália está fora da Copa da Rússia. Foi eliminada nesta segunda-feira ao empatar por 0 a 0 com a Suécia na segunda partida da repescagem, após perder o primeiro jogo por 1 a 0. Assim, após 60 anos, desde 1958, a Azzurra não disputará o Mundial.
A tragédia, definida como "Apocalipse" pelo jornal italiano La Gazzetta dello Sport, vinha sendo anunciada desde a Copa da África do Sul de 2010, quando os então campeões não passaram da primeira fase. Nem um novo fracasso no Mundial de 2014 no Brasil, quando a equipe igualmente foi eliminada na primeira fase, fez com que os dirigentes italianos abrissem os olhos para o empobrecimento da seleção.
O mau momento do futebol italiano pode ser explicado pelo excesso de jogadores estrangeiros no campeonato nacional, o que impediria um surgimento de jovens talentos italianos, que devem disputar espaço com atletas vindos de outras partes do mundo.
O treinador Giampiero Ventura, há menos de um ano e meio no cargo, não conseguiu transmitir para os jogadores as suas ideias táticas. O seu estilo calmo agora será alvo de muitas críticas da mídia italiana, a despeito de seus 40 anos de trabalho. A tendência, agora, é que o futebol italiano sofra uma profunda reestruturação, a partir das categorias de base dos times.

Clique aqui para ler mais notícias de futebol de 2017, 2016, 2015, 2014, 2013, 2012, 2011, 2010, 2009, 2008, 2007, 2006, 2005 e 2004.


Veja os quizes e os bolões organizados até agora por este site.


Valid XHTML 1.1!   Valid CSS!
eXTReMe Tracker